Procurador-geral de Justiça pede que prefeitos anulem reajustes no próprio salário (Foto: Arquivo) O procurador-geral de Justiça, Romão Avila Júnior, recomendou a suspensão dos reajustes salariais ilegais de prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e vereadores nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Caso a recomendação não seja cumprida, ele ameaça ir à Justiça para acabar com a farra e tentar…

    Brasil

    Opinião