Categoria: Opinião (page 1 of 5)

Em crítica ácida, economista vê bolsonaristas construírem mundo paralelo como Miguelito

Bolsonaro e o milionário dono da Havan andam de moto sem capacete (Foto: Arquivo)

O economista e ensaísta Albertino Riberto compara, de forma crítica e ácida, os seguidores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Miguelite, personagem das tirinhas em quadrinho de Malfada, personagem do cartunista argentino Quino. “Na turma de Bolsonaro existem muitos Miguelitos, porém eles não andam na pontinha dos pés, mas fazem muito barulho, inclusive, buzinam em frente a hospitais”, diz.

Ler mais

Em artigo, filósofo lamenta o silêncio e a indiferença com a dor causada pela pandemia

No artigo deste sábado, “Silêncio e indiferença com a desgraça alheia”, o filósofo e jornalista Mário Pinheiro analisa a indiferença com a dor e o luto alheio diante da maior pandemia em um século. “É o discurso do inominável. O silêncio e a indiferença abraçam o absurdo”, ressalta, fazendo paralelo com a 2ª Guerra Mundial causada por Hitler.

Ler mais

Brasil deveria se espelhar na Coreia para ser muito mais do que “agro é pop”, diz economista

No artigo “Coreia: do arroz ao protagonismo tecnológico. E o Brasil?”, o economista Albertino Ribeiro, critica a política de destruição da indústria brasileira, enquanto se comemora o sucesso do agronegócio. A participação do segundo setor no PIB brasileiro despencou de 24% em 1956 para 11,3% hoje.

Ler mais

Revolução dos Cravos deveria servir de inspiração aos militares brasileiros, propõe economista

Braga Neto e Bolsonaro ameaçam usar o Exército e elevam insegurança diante do frágil sistema democrático brasileiro (Foto: Arquivo)

No artigo especial para O Jacaré, o economista Albertino Ribeiro fala sobre as ameaças feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e integrantes do Governo de usar o Exército para “cumprir a vontade popular”. No ensaio, ele propõe um paralelo com a Revolução dos Cravos, em que os militares portugueses lideraram insurreição e acabaram com ditadura de 48 anos em Portugal.

Ler mais

Filósofo traça parelelo entre a tragédia de Edipo e a crise de Governo e da justiça no Brasil

No artigo “A peste o e impeachment”, o jornalista e filósofo Mário Pinheiro, de Paris, na França, tenta decifrar o atual momento da política ao fazer paralelo com a tragédia grega de Édipo, que matou o pai e casou-se com a mãe. “Na trágica passagem de Édipo que descobriu a grande besteira que havia feito com seu pai, depois com a mãe, ele oferece o impeachment a si mesmo, considerando-se maldito, amaldiçoado. Nem foi preciso passar pela razão alheia para expulsá-lo do clã familiar. O fato é citado por Aristóteles na Poética”, pontua.

Ler mais

Marco temporal é ficção mal construída para defender o agronegócio, diz advogado

Em artigo especial alusivo ao Dia do Índio, o advogado Tiago Resende Botelho critica o marco temporal, usado pelo Supremo Tribunal Federal, para delimitar a discussão sobre as demarcações de terras indígenas. “O marco temporal, portanto, consiste em uma ficção mal construída de defesa dos interesses do agronegócio”, argumenta.

Ler mais

Para sair do absurdo e da idiocracia é necessário encontrar valores, propõe filósofo em artigo

Em artigo sobre “Reação, ação e astúcia”, o filósolo e jornalista Mário Pinheiro faz paralelo entre o atual momento da política brasileira e a mitologia grega. “O homem deve reinventar os valores que perdeu com as promessas vazias de quem fugiu de todos os debates, surfa na falsidade, vive como príncipe, embora passe a imagem de simples asno de presépio”, afirma, sem citar nomes.

Ler mais

Giselle critica Xuxa por defender presos como cobaias e aponta banalização do mal no Brasil

Xuxa está no meio de uma polêmica ao defender que presos substituam animais como cobaias da indústria (Foto: Arquivo)

Em artigo especial para O Jacaré, a advogada Giselle Marques critica a declaração da apresentadora Xuxa Menegel, que defendeu a substituição de animais por presos como cobaias em experimentos da indústria. “No caso de Xuxa, no entanto, ao assistir as declarações que sugerem a utilização de uma ‘raça inferior’, a dos presos, para a produção de vacinas e remédios para a ‘raça superior’, a dos donos das leis, dos meios de produção, eu pensei: ‘Sra. Xuxa, seu pedido de desculpas foi muito pouco’”, analisa.

Ler mais

“Bolsolemmings e o falso messias”, a decepção de suplente de senador com Bolsonaro

Posse de Jair Bolsonaro: da esperança a frustração de desgoverno, segundo advogado e suplente de senador (Foto: Arquivo)

Em artigo especial para O Jacaré, o advogado e suplente de senador, Danny Fabrício Cabral Gomes, fala do arrependimento de ter trabalhado pela eleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “A todos eu dizia e escrevia que a mudança era necessária e que o ‘messias’ estava chegando para impedir o apocalipse causado pela esquerda”, afirma. Relembrando frase de Fernando Henrique Cardoso, pede que “esqueçam o que eu escrevi”.

Ler mais

Filósofo fala das nuances do mal ao fazer um retrospecto da humanidade e a política brasileira

Mario Doraci, de Paris, França

Em artigo especial para O Jacaré, o jornalista, professor e filósofo Mario Doraci fala sobre as nuances e subterfúgios do mal ao longo da história da humanidade. Ele faz um retrospecto desde Nero e Calígula até os dias atuais, na política brasileira.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑