Categoria: Campo Grande (page 1 of 97)

Condenadas por peculato, Magali e “noras” podem ser sentenciadas por improbidade administrativa

MP pede que ex-vereadora Magali, nora e ex-nora sejam condenadas a pagar indenização. (Foto: Arquivo)

Condenadas a prisão por crime de peculato, a ex-vereadora Magali Picarelli (MDB), a nora Kamila de Sousa Matos e a ex-nora Aline Palma Padilha seguem na mira do Ministério Público de Mato Grosso do Sul por enriquecimento ilícito e nepotismo. Na versão cível da operação Urutau, que na esfera criminal já resultou na pena de peculato, a promotoria pede pagamento de R$ 100 mil de danos morais à coletividade, além da devolução de R$ 17.879,35, quantia correspondente aos salários pagos a Kamila e Aline.

Ler mais

Juiz multa e exclui ex-vereador por má-fé em ação contra despejo irregular de esgoto

Juiz vistoriou os locais indicados pelo ex-vereador Vinicius Siqueira, que teria abusado da boa fé do magistrado na perícia (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

O juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, concluiu que houve má-fé e falta de ética do ex-vereador Vinicius Siqueira (PROS) e o excluiu da ação sobre o despejo irregular de esgoto em córregos e áreas de preservação ambiental em Campo Grande. O político caiu em desgraça ao ser esperto para levar a Justiça a aplicar a multa de R$ 20 milhões na Águas Guariroba.

Ler mais

Juiz bloqueia R$ 1,6 milhão de ex-vereador e filho por desvios na 2ª etapa da Orla Morena

Ciclovia etve desvio de R$ 120 mil com a implantação de material mais barato e não previsto no projeto (Foto: Reprodução)

O juiz Ariovaldo Nantes Corrêa, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, determinou o bloqueio de até R$ 1,628 milhão do ex-vereador Pércio Andrade Filho, do filho Leonardo, de uma engenheira da prefeitura e da empresa GT Serviços e Engenharia. Eles são acusados de fraude, superfaturamento e desvios na obra da 2ª etapa da Orla Morena, realizada na gestão de Gilmar Olarte (sem partido), que está preso para cumprir a pena de oito anos e quatro meses por corrupção passiva.

Ler mais

Pesquisa revela que 70% apoiam criação da CPI para investigar o transporte coletivo

Usuários são quase unânime em considerar o transporte coletivo ruim ou péssimo (73,3%) e caro (88,17%) ( Foto: Arquivo)

Levantamento do Instituto Ranking mostra que 70,33% dos moradores de Campo Grande apoiam a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o transporte coletivo. Até o momento, apenas 12 dos 29 vereadores assinaram o requerimento proposto por Marcos Tabosa (PDT) para apurar as denúncias contra o Consórcio Guaicurus, vencedor da licitação em 2012.

Ler mais

Águas Guariroba realiza limpeza de reservatórios de água com equipes de mergulhadores

Publi O Jacaré
Reservatórios passam por serviços de limpeza e manutenção (Foto: Divulgação)

Com o auxílio de mergulhadores especializados, a Águas Guariroba iniciou um cronograma de limpeza e manutenção de reservatórios em Campo Grande durante os próximos 15 dias. A ação é uma das medidas de preparação da concessionária para os períodos de altas temperaturas. Com um procedimento inovador, a limpeza está sendo executada com os reservatórios cheios e em plena operação, evitando desperdícios, sem impacto no sistema de abastecimento de água da Capital.

Ler mais

Thaís Helena fecha Coffee Break, critica modo Bernal e lamenta: “era o próximo governador”

Alcides Bernal e Thaís Helena em 15 de maio de 2014, quando liminar, que durou pouco, devolveu prefeitura ao progressista. (Foto: Arquivo)

Ex-secretária na gestão do prefeito Alcides Bernal (Progressistas) e ex-vereadora, Thaís Helena encerrou a maratona de audiências da Coffee Break. Num depoimento de quase duas horas, lamentou o fracasso do estilo Bernal de administrar, lembrando que ele era o marco do nascimento de um novo grupo político e deveria  ser o próximo governador de Mato Grosso do Sul.

Ler mais

TRF mantém “prisão preventiva” de João Amorim no inquérito sobre desvios no Detran

Dinheiro apreendido durante a Operação Motor de Lama, 7ª fase da Lama Asfáltica (Foto: Arquivo)

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região manteve, por maioria, a prisão preventiva de João Amorim, decretada na Operação Motor de Lama, denominação da 7ª fase da Lama Asfáltica. No entanto, o poderoso empresário segue solto porque o juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal, considerou a pandemia da covid-19 e a substituiu por medidas cautelares.

Ler mais

CPI do Consórcio Guaicurus vira “teste de fogo” da renovação na Câmara de Campo Grande

Richelieu de Carlo
Renovada, Câmara vai ouvir os anseios da população ou vai repetir velhos hábitos de fazer ouvidos moucos para reclamações e denúncias de corrupção (Foto: Arquivo/Izaías Medeiros)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande têm o primeiro teste para mostrar que estão dispostos a atender o desejo de mudança demonstrado pelos eleitores da Capital no pleito de 2020, quando renovaram 18 das 29 cadeiras do Legislativo. A abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o Consórcio Guaicurus pode ser o primeiro passo para expor que omissão em relação a denúncias graves de corrupção ficaram no passado.

Ler mais

Ex-líder de Bernal vai ao ataque: paranoia, gabinete do ódio e extremismo

Alcides Bernal e Marcos Alex (centro) nos velhos tempos de parceria no poder. (Foto: Arquivo)

O tripé de sustentação do ex-prefeito Alcides Bernal (Progressista) sofreu mais uma baixa na fase de audiências da operação Coffee Break. Depois dos ex-vereadores Paulo Pedra e Luiza Ribeiro, foi a vez de Marcos Alex, que durante a cassação era líder do prefeito, protagonizar reviravolta. A tal ponto de a promotoria destacar que seis anos depois o politico parecia outra pessoa.

Ler mais

Jamal Salem culpa “serviço secreto” do MP e atribui depósitos suspeitos a “erros”

Réu na Coffee Break e por enriquecimento ilícito, Jamal Salem está no quinto mandato de vereador. (Foto: Izaias Medeiros)

O vereador Jamal Salem (MDB) não poupou críticas ao Ministério Público durante audiência da Coffee Break, que denunciou à Justiça conluio entre parlamentares e empresários para cassação do prefeito Alcides Bernal (Progressistas) em 2014. Além desta ação, Jamal também é réu por enriquecimento ilícito.  

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑