Vereador corta a grama durante mutirão para limpar praça em bairro de Campo Grande (Foto: Divulgação)

Vereador mais votado de Campo Grande, Tiago Vargas (PSD) decidiu inovar mais uma vez e mudou a estratégia de atuação e, literalmente, pôr a mão na massa. Nos últimos meses, o parlamentar não só comanda os mutirões de limpeza de áreas públicas, como praças, parquinhos, pontos de ônibus e rotatórias, como corta a grama, capina, pinta meio fio e ajudar a juntar o lixo.

De acordo com Vargas, ele passou a realizar o serviço nos finais de semana e nos horários de folga. O vereador decidiu tomar a iniciativa após cansar de esperar pelo poder público, a quem envia requerimentos com as reivindicações da população. “Eu pedi para o poder público tomar a providência, mas como não toma com a maior celeridade”, lamentou.

Veja mais:
Derrotados e corruptos cogitam “cassar” mandato de vereador mais votado antes da posse

Filho de diarista e 1º vereador do Los Angeles, campeão de votos quer combater à corrupção

Desembargador mandou tirar vídeo porque não havia motivo para xingar Reinaldo de corrupto

Tribunal manda tirar do ar vídeo em que vereador chama Reinaldo de “bandido, canalha e corrupto”

“Não vou ficar de braços cruzados apenas criticando e apontando os erros, se eu posso estar contribuindo”, explicou. “É inadmissível ter praças tomadas pelo matagal”, criticou. Com a participação de cinco a 10 voluntários, Tiago Vargas realizou a limpeza das praças dos bairros Monte Carlo e Santo Antônio. Em uma, o próprio vereador pegou a roçadeira para cortar o mato.

Além das praças, ele pegou na enxada para limpar vários pontos de ônibus e cinco rotatórias. Também realiza a pintura do meio fio para deixar o espaço público mais apresentável para a população. A partir da próxima semana, o vereador vai começar a tapar os buracos nos pontos que considerar mais críticos, em que fez o pedido, mas a operação para acabar com os transtornos dos motoristas ainda não chegou.

“Sempre fiz isso na região na qual moro (Los Angeles). Mas depois de eleito, senti a necessidade de expandir para outras regiões de Campo Grande ainda mais quando faço solicitações e o poder público não faz o seu papel”, contou. Os materiais usados nos mutirões são emprestados por amigos e voluntários. A previsão de Vargas é comprar os equipamentos para reforçar os mutirões.

Tiago reconhece que este não é papel do vereador, mas que passou a adotar por sentir necessidade da população. “Vou continuar fazendo o meu trabalho de limpeza como cidadão, como contribuinte brasileiro”, promete.

A iniciativa passou a receber elogios nas redes sociais. “O fato que estamos tão acostumados a ser esquecidos pelo poder público que coisas assim dá até uma sensação de que o pobre tem vez pelo menos uma vez na vida. Tão simples limpeza. Parabéns”, afirmou Ludmila Regiane da Silva.

“Parabéns garoto você é incrível, um tapa na cara de muitos que deveriam ter a mesma atitude que você. Está de parabéns”, congratulou Nice Alves. “Parabéns que Deus continue te dando muita saúde e felicidades Deus abençoe grandemente sua vida”, postou Mari Vilalva.

“Tiago precisamos de muitos políticos como você aí sim podemos mudar o Brasil. Parabéns guri você vai longe com essa disposição de fazer diferente e fazer a diferença. Ótima semana para você e sua galera de ajudantes”, reconheceu Teresinha Metz.

A iniciativa não é unanimidade, já que alguns criticaram a iniciativa do parlamentar. “Eu acho que você tem que manda um projeto pra manter as praça limpa. Você ir limpar as praça isso e chover no molhado”, criticou Marcos Cláudio.

“Você tem caneta de 6.202 votos em seu favor para em uma só caneta sua pedir pra órgãos, Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) competência da prefeitura fazer esse serviço eles ganham pra isso, no meu ver. Sr teria mais proveito transformando leis para melhorar nossa cidade está desviando sua função amigo poderia fazer muito mais com ajuda do prefeito do sistema mas parece que sistema o travou complicado dentro da política é uma visão mas na prática uma citação para prefeitura fazer o serviço não está conseguindo?”, ponderou Peter Marques.

Tiago pinta meio fio em bairro da Capital e recebe elogios nas redes sociais (Foto: Divulgação)

A iniciativa lembra o ex-prefeito de Colatina (ES), Sérgio Menegueli (Republicanos), que viralizou no País ao não ficar apenas no gabinete na prefeitura. Ele ganhou fama nacional ao participar de mutirões de limpeza, cultivar a hora do município e ajudar os moradores do município capixaba.

Tiago Vargas foi eleito após causar barulho e polêmica com vídeos nas redes sociais nas quais criticava os políticos corruptos. Ele acabou comprando briga com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que o puniu, quando era agente da Polícia Civil, transferindo-o de Campo Grande para Pedro Gomes.

Ele não se calou e manteve o tom crítico. O Governo abriu 10 sindicâncias contra Tiago. Ele acabou demitido após o médico Lívio Leite, o Dr. Lívio (PSDB), registrar boletim de ocorrência por agressão e ameaças durante uma perícia médica psiquiátrica na Ageprev. Como Dr. Lívio era vereador tucano na época, o então policial se revoltou e acabou sendo denunciado por ameaça. O processo tramita na 4ª Vara Criminal de Campo Grande.

Eleito vereador nas eleições de 2020, o mais votado da Capital com mais de 6 mil votos, Vargas manteve as críticas e acabou sendo alvo de dois processo de Reinaldo. O governador quer indemnização de R$ 50 mil por danos morais, conseguiu remover um vídeo em que o vereador o chama de “corrupto e bandido” e ainda quer a sua condenação por calúnia, injúria e difamação.

Antes de colocar a mão na massa para limpar praças e pontos de ônibus, Tiago passou a fiscalizar os órgãos públicos. Ele chegou a acionar a polícia contra a coordenadora da UPA do Bairro Universitário e levou para a delegacia um morador por despejar lixo em terreno baldio.

A nova fase mudou o slogan do vereador e vem causando polêmica nas redes sociais. Agora, se alguém desejar o mutirão para limpar a praça, ponto de ônibus, parquinho, centro de educação infantil, escola ou rotatória, pode ligar ou mandar um WhatsApp para o vereador (67) 99665-6384.

De bermuda e chinelos, vereador capina ponto de ônibus (Foto: Divulgação)

O vereador quase enfrentou processo de cassação do mandato por quebra de decoro porque dançou no plenário da Câmara Municipal e irritou alguns colegas de plenário. O presidente da Câmara, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), mudou o regimento para prever a punição do parlamentar que desrespeitasse o legislativo com “dancinhas”.

Agora é esperar a reação dos nobres vereadores, acostumados a ganhar fama apenas vivendo nos gabinetes.