O governo do Paraguai avançou para a chamada fase 3 de retomada da atividade econômica, mas ainda não há previsão para permitir a maior participação de fiéis em cerimônias religiosas. A reivindicação foi feita pela Igreja Católica, que tenta aumentar a presença nos cultos de adoração. Em resposta, o governo paraguaio apontou que a prioridade é salvar vidas e evitar novas contaminações.

Na estratégia denominada quarentena inteligente, o Paraguai fechou fronteiras, manteve atividades não essenciais interrompidas e, agora, planeja o enfrentamento para uma possível segunda onda de infecções por covid-19. Doze pessoas morreram no Paraguai em consequência da infecção pelo Sars-Cov-2 e 1.303 foram contaminadas no país, que tem 6,7 milhões de habitantes.

Veja mais:

Com avanço do coronavíurs, Saúde já admite falta de leitos de UTI e atrasa resultado de testes

Coronavírus é mais uma ameaça. Epidemia de dengue mata 28 e H1N1 chega antes do inverno

Coronavírus infecta 9 por hora em MS e mata mais três, enquanto parte do povo é só festa

Boletim Covid O Jacaré: Maskne é o novo termo para definir a acne agravada pela máscara facial

Itália abre fronteiras para europeus e espera por turistas

O governo italiano avançou hoje com a chamada fase três de reabertura das atividades, o que inclui voos comerciais, cinemas, circo e teatros. As praias não têm restrições, desde que seja obedecido o uso contínuo de uma máscara facial em público.

Os voos para a comunidade europeia também foram retomados como forma de tentar estimular a circulação e atrair turistas aos famosos pontos de visitação italianos. Com a quantidade de casos caindo aos níveis de fevereiro, a Itália inicia os trabalhos para enfrentar a segunda onda de covid-19.

Detergente russo elimina vírus e pode ajudar a poupar EPI

Uma solução com nanopartículas à base de polímeros e nanopartículas de prata é a nova esperança para higienizar roupas de maneira eficiente. O material antimicrobiano começou a ser fabricado na Rússia e consegue eliminar e impedir a impregnação de vírus e bactérias em diversos tecidos, como algodão e malhas. A expectativa é de que o material reduza custos com equipamentos de proteção individual e melhorem a segurança para trabalhadores na saúde no manejo de doentes de covid-19.

China ainda avalia contaminação por coronavírus em salmão importado

O peixe, comprado pela China da Austrália, Chile, Dinamarca e Noruega e não está descartada a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus. O microorganismo foi encontrado em tábuas de cortar o peixe em um mercado atacadista de Pequim. Esse tipo de contaminação, do peixe para o ser humano, é praticamente descartada, mas as autoridades de saúde decidiram pelo encerramento das atividades como medida protetiva. Foram identificados 79 novos casos de covid-19 em Pequim, onde foram fechados 11 bairros residenciais como forma de evitar a propagação do vírus causador da doença.

Fazemos o boletim covid-19 porque:

O boletim Covid-19 de O Jacaré tem como objetivo ajudar a compreender a extensão da emergência sanitária no Brasil e no mundo. Em dezembro de 2019, as autoridades de saúde chinesa informaram a OMS (Organização mundial de Saúde) sobre o surto de uma nova doença, que foi nomeada posteriormente de covid-19.

Desde então foram registrados casos em 216 países. Os dados sobre casos e mortes são fornecidos pela Universidade Johns Hopkins, mas podem não representar a totalidade por conta da subnotificação registrada em muitos países, como o Brasil, que mudou a sistemática de divulgação dos indicadores relativos à covid-19.