MS

Mandetta estaciona em 3% e Simone fica com 0% em pesquisa nacional, informa Ipec

Simone e Mandetta participaram de ato pelo impeachment de Bolsonaro na Paulista (Foto; Arquivo)

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), estacionou em 3% entre os meses de junho e setembro deste ano. A senadora Simone Tebet (MDB) não pontuou e ficou com 0% a ser incluída pela primeira vez no levantamento do Ipec, fundado pelos ex-executivos do Ibope Inteligência, que encerrou as atividades.

Realizada com 2.002 eleitores em 141 municípios entre os dias 16 e 20 de setembro deste ano, a pesquisa simulou dois cenários. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança absoluta, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes (PDT).

Veja mais:

Simone surge com 2% e Mandetta oscila no Datafolha com Lula na frente e Bolsonaro em 2º

Simone chega 2% e empata com Mandetta em nova pesquisa sobre sucessão presidencial

Bolsonaro lidera com folga e Doria bate Mandetta em MS, diz 1ª pesquisa para presidente

“Inimigos” do PT e Bolsonaro, Mandetta e Simone não empolgam MS com candidatura

No primeiro cenário, com cinco candidatos, Lula oscilou de 49% para 48%, entre junho e este mês, enquanto Bolsonaro se manteve estável com 23%. Ciro passou de 7% para 8%, enquanto o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), caiu de 5% para 3%. Em três meses, Mandetta ficou estável e não saiu dos 3%.

No segundo cenário, com um número maior de pré-candidatos, Lula aparece com 45%, contra 22% do presidente da República. Ciro tem 6%, contra 5% do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (sem partido). O apresentado da TV Bandeirantes, José Luiz Datena (PSL) tem 3%, contra 2% de Doria.

Os dois nomes sul-mato-grossenses na disputa não aparecem bem neste cenário. Mandetta fica com apenas 1%, mesmo índice do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM). Simone e o senador Alessandro Vieira (Cidadania) não foram citados e ficaram com 0%. De acordo como Ipec, 9% pretendem votar nulo ou branco, enquanto 5% estão indecisos.

A sondagem mostra que Mandetta não conseguiu conquistar mais eleitores com as críticas contundentes feitas a Bolsonaro no combate à pandemia da covid-19. Ele também não se destacou ao repisar as críticas contra Lula.

O barulho nas redes sociais e o destaque dado pelos jornais nacionais ainda não se transformaram em votos para Simone, que segue cotada como pré-candidata a presidente da República pelo MDB. Ela ainda avalia disputar a reeleição.

A pesquisa do Ipec foi divulgada nesta quarta-feira (22) pelo Jornal Nacional, da TV Globo, e pelo G1.

Os números a um ano da eleição não são definitivo. Um exemplo sempre lembrado pelos bolsonaristas é o levantamento divulgado em 2017, quando Bolsonaro sempre perdia para todos os candidatos nas simulações de segundo turno e acabou revertendo para chegar à presidência. O caso também serve de alento para Simone e Mandetta, que seguem batendo na tecla de que o melhor para o Brasil é a 3ª via.

Compartilhar
Publicado por
Edivaldo Bitencourt

Posts recentes

  • MS

Após Bolsonaro lamentar alta, Petrobras anuncia 11º reajuste e gasolina deve superar R$ 7,50

Em Campo Grande, gasolina é encontrada a R$ 6,33 no preço à vista e pode… Ler mais

25/10/2021
  • MS

Esquema de notas frias uniu empresários e ex-comando da Agepen para desviar R$ 13,7 mi

Coronel Deusdete de Oliveira foi diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário, O… Ler mais

25/10/2021
  • MS

Ao ser atingido por cerveja, prefeito é acusado de reagir e derrubar dona de casa com soco

Prefeito de Camapuã entrou em briga de assessora e teria agredido mulher com um soco… Ler mais

25/10/2021
  • MS

Além de confirmar Pacheco, Kasssab lança Marquinhos para disputar o Governo de MS

Evento no PSD no Rio de Janeiro contou com a presença do senador Nelsinho Trad… Ler mais

24/10/2021
  • MS

Ensaísta cita ministra alemã para criticar elite brasileira que é contra ajudar os mais pobres

No artigo “7 a 1: Angela Merkel e sua lição para a elite brasileira”, o… Ler mais

24/10/2021
  • Campo Grande

Entidades afirmam que exame toxicológico é “inconcebível, absurdo e criminaliza” professor

Presidente da Fetems, Jaime Teixeira, cutuca e diz que vereador deveria ser o primeiro a… Ler mais

23/10/2021

This website uses cookies.