Prefeito vistoriou obra de restauração do Monumento do Carro de Boi, o marco zero de Campo Grande (Foto: Divulgação)

Pesquisa do IPR (Instituto de Pesquisa Resultado) aponta que a administração do prefeito Marquinhos Trad (PSD) é considerada ótima ou boa por 65,88% dos campo-grandenses. As ações de combate à pandemia da covid-19 também foram aprovadas, com destaque para a campanha de vacinação da população, aprovada por 87,34% dos eleitores.

Os números divulgados nesta segunda-feira (30) voltam a dar musculatura política para Marquinhos voltar a ser apontado como forte candidato à sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB) em 2022. Com a desistência do irmão, o senador Nelsinho Trad, enrolado em denúncias e até condenado por improbidade administrativa no caso do escândalo do lixo, ele volta a ser o principal nome do PSD para chegar ao comando de Mato Grosso do Sul.

Veja mais:

Nelsinho sinaliza desistência e lança Marquinhos Trad para disputar o Governo em 2022

Com 100% dos votos apurados, Marquinhos Trad é reeleito com 52% em Campo Grande

Juiz manda rede social excluir montagens ofensivas e com críticas a Marquinhos Trad

Conforme o levantamento feito com 2,4 mil eleitores entre os dias 10 e 17 deste mês, com margem de erro de 2% para mais ou menos, a gestão atual é considerada ótima por 17,88%, boa para 48%, regular para 24,04%, e ruim/péssima por apenas 8,75%. Somente 1,33% dos eleitores não quiseram ou não souberam responder. No geral, 79% aprovam a administração de Marquinhos, enquanto 17,2% a desaprovam.

O destaque na atuação de Marquinhos é na imunização dos moradores contra a covid-19. De acordo com o IPR, 87,34% dos campo-grandenses consideram a vacinação da população como ótima ou boa, enquanto 9,21% avaliam como regular e 2,3% a classificam como ruim ou péssimo.

A alta taxa de aprovação reflete o alto índice de pessoas imunizadas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 616,6 mil pessoas (68,06% da população total) tomaram a primeira dose, enquanto 413,7 mil (45,67%) estão totalmente imunizados contra a doença. O índice é um dos maiores do País e está próximo dos 70%, índice apontado como ideal.

O esforço para garantir leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) também foi apontado como positivo pelos eleitores. Conforme a pesquisa, o atendimento nas unidades de saúde foi considerado ótimo por 11,17%, bom por 49,46%, regular por 20,67%, ruim para 4,46% e péssimo por 3,25%.

Para 78,13% dos campo-grandenses, Marquinhos vem realizando obras importantes para a cidade. O levantamento pode refletir o pacote de R$ 1,3 bilhão em investimentos na Capital. No primeiro mandato, Marquinhos inaugurou a revitalização da Rua 14 de Julho e agora vem ampliando o Reviva Centro para outras vias públicas na região Central. Outro destaque é a pavimentação nos bairros e o recapeamento das principais ruas e avenidas.

Divulgada a pouco mais de um ano e um mês das eleições gerais, a sondagem do IPR mantém Marquinhos como alternativa à sucessão de Reinaldo. Por enquanto, os pré-candidatos são o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel (PSDB), a senadora Soraya Thronicke (PSL), a deputada federal Rose Modesto, que deve trocar o PSDB pelo Podemos, o ex-governador André Puccinelli (MDB), o ex-vereador Vinícius Siqueira (PROS) e o ex-governador Zeca do PT.

Sobre a possível renúncia ao cargo de prefeito para disputar o Governo, Marquinhos disse que não teria receio nenhum caso recebesse um sinal divino. “Eu não teria receio nenhum de renunciar, caso eu tenha ouvido a voz de Deus, eu procuro, eu oro muito. Todas as decisões que a gente tem tomado na nossa gestão são de joelhos dobrados, por isso tenho dito e muitas vezes as pessoas não conseguem entender, mas talvez com embranquecer dos cabelos e as maturidades que a vida lhe dá ela vai se aproximar cada vez mais de uma religião. Pode ter certeza Ele não erra, se ele der o sinal como eu recebi das outras duas vezes, porque quem me colocou na prefeitura foi Deus. Ele tocou o coração das pessoas, Deus coloca e Deus tira, se ele entender que eu não devo renunciar eu vou receber o sinal e eu tenho certeza que ele fala comigo porque quando você se relaciona com o Pai ele não deixa você sem resposta”, afirmou o prefeito.