Os advogados Rachel Magrini e André Xavier prometem fazer uma gestão diferente, participativa e assertiva, envolvendo as pessoas (Foto: Divulgação)

Pré-candidata de oposição, a advogada Rachel Magrini anunciou que o colega André Luis Xavier Machado vai compor sua chapa como vice na disputa pela presidência da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). No último levantamento do Itop (Instituto TopMídia de Pesquisa), Rachel aparece na liderança com 33% das intenções de voto; enquanto Luís Cláudio Alves Pereira, o Bitto, pré-candidato da situação, tem 31; e Giselle Marques, em terceiro, com 4%.

O anúncio da parceria diz que tanto Rachel quanto Xavier “pretendem fazer uma gestão diferente, participativa e assertiva, envolvendo as pessoas”. Caso seja eleita, a pré-candidata promete “ser a voz dos advogados, atuando com transparência e celeridade dos processos judiciais, além da inclusão dos advogados, os aproximando da entidade”.

André também acredita que a Ordem deve estar mais próxima dos advogados e viu na Rachel a vontade de fazer isso acontecer. “O objetivo dessa parceria é enfrentar todo e qualquer problema, representando o profissional em todos os assuntos pertinentes à carreira jurídica, fazendo assim, uma gestão diferente, participativa e assertiva, envolvendo as pessoas”, diz a nota divulgada pela chapa.

As campanhas dos pré-candidatos Luís Cláudio Alves Pereira, o Bitto, e Giselle Marques ainda não anunciaram os vices em suas chapas. 

Veja mais:

Rachel Magrini lidera pesquisa e pode ser a 2ª mulher a assumir OAB/MS, diz Itop

Candidato da situação lidera, mas mulheres têm chance de assumir OAB após 30 anos

OAB classifica como “absurdo” reajuste de 50% e diz que vereadores deveriam dar o exemplo

A pesquisa divulgada pelo TopMídiaNews mostrou que o índice de indecisos ainda é alto, a poucos meses do pleito, em novembro, 28% não sabem ou não decidiram em quem votar, enquanto 3% não votariam em nenhum dos três pré-candidatos. O levantamento foi realizado com 600 advogados nos dias 2 e 3 deste mês e com margem de erro de 4% para mais ou menos. O nível de confiança do levantamento é de 95%. A pergunta feita foi: “Se as eleições da OAB/MS fossem hoje, e os candidatos fossem estes, em quem você votaria para presidente?”

De acordo com o levantamento, Rachel também lidera na espontânea, com 21%, contra 18% de Bitto e 2% de Giselle. Já 56% ainda não definiram o candidato a presidente da OAB/MS que vai suceder o atual presidente, Elias Mansour Karmouche.

A pesquisa vai na contramão do levantamento feito pelo Instituto Ranking, que apontou Bitto com 38,43%, Rachel com 27,14% e Giselle com 9,57%. A margem de erro é de 5% para mais ou menos.

Bitto é conselheiro federal da OAB e vai para a eleição de novembro como o candidato de Mansour Elias Karmouche. Rachel Magrini foi secretária geral na gestão de Leonardo Avelino Duarte. Giselle corre por fora como pré-candidata independente.

Considerada um dos pilares da democracia, a OAB/MS só elegeu uma mulher presidente, Elenice Pereira Carille, em 1990. Desde então, nos últimos 30 anos, os advogados de Mato Grosso do Sul nunca elegeram uma mulher para comandar a entidade. Rachel tem chance de quebrar esse tabu após três décadas.

Perfil André Luis Xavier Machado

Corumbaense, nascido em 22 de março de 1975, André Luis Xavier Machado é advogado desde 1999, casado e tem dois filhos. Graduou-se pela Universidade Católica Dom Bosco e pós-graduado em Direito Civil e em Direito Processual INBRAPE – Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos.

É sócio do escritório André Xavier, Machado e Fernandes Advogados e atua no direito empresarial.
Foi Conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, secção de Mato Grosso do Sul por duas vezes, ocupando o cargo de Diretor-Tesoureiro da entidade (Gestão 2010 a 2012) e Vice-Presidente Estadual (2013-2014).

Atualmente é Secretário-Geral da ALAE (Aliança de Direito Empresarial), Gestão 2020-2022.
No ano de 2011 foi indicado pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para compor Lista Tríplice de Juristas a ocupar vaga de Juiz Eleitoral junto ao TRE/MS.