Igrejas e templos religiosos conseguiram aprovar o funcionamento até 1h30 do dia 1.º de janeiro de 2021. A decisão foi publicada nesta quarta-feira, no Diário Oficial do município. Além de maior tempo abertos, os templos e igrejas também poderão receber acima do limite de 80 pessoas imposto pela prefeitura de Campo Grande, quando decidiu impor medidas restritivas vigentes até 6 de janeiro.

A lotação não poderá ultrapassar 40% da capacidade, mas não existe o limite de 80 pessoas. Assim, a presença de pessoas em um mesmo templo pode variar conforme as dimensões do local. Um templo que comporte até 150 pessoas só poderá receber 100, mas se forem 1 mil, estará apto a abrigar 400 e, se forem 2 mil, 800 pessoas.

Veja mais:

Advogado sugere que brasileiro vá à Justiça para ter vacina contra covid-19, aplicada em 47 países

Boletim Covid-19 – O Jacaré: 25 pessoas em MS perderam a batalha para a covid-19 em 24h

Ignorância e incompetência expõem pobres a maior risco de morte pela covid-19, diz médico

Governo de Mato Grosso do Sul formaliza intensão de comprar 1,7 mi de doses da vacina do Butantan

O objetivo, segundo nota da assessoria de imprensa do governo, é garantir um “Plano B” para o caso de o Ministério da Saúde não apresentar um plano emergencial. O produto seria o suficiente para imunizar 850 mil pessoas nos 79 municípios. A expectativa é de que a vacinação no Estado seja iniciada entre 10 e 20 de janeiro, se for seguida a agenda ministerial anunciada na terça-feira, dia 29. Além do governo estadual, a prefeitura de Campo Grande também já manifestou interesse em comprar as vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, que fica em São Paulo. Com hospitais lotados, as autoridades sanitárias esperam que a imunização ajude a frear as perdas para a doença. Desde março, 2,3 mil pessoas morreram em consequências das complicações da covid-19.

Bolívia acerta a compra de 5,2 milhões de doses da vacina Sputnik V, produzida na Rússia

O governo boliviano formalizou nesta quarta-feira a compra de 5,2 milhões de doses da vacina russa Sputnik V e marcou para janeiro a aplicação das primeiras 6 mil doses. No início do ano serão vacinados os profissionais de saúde e idosos e, a partir de março, o restante da população. Também em março será entregue a maior parte das doses, conforme informação do Ministério da Saúde da Bolívia. No país, a vacinação será gratuita e voluntária. Além do imunizante russo, serão utilizadas, também, vacinas entregues pela OMS (Organização Mundial de Saúde) por meio do programa de cooperação Covax.

Reino Unido adia retorno das férias escolares de fim de ano devido à alta de casos de covid-19

As autoridades inglesas decidiram adiar em até quatro semanas a retomada das aulas, prevista para o dia 4 de janeiro, como forma de quebrar as cadeias de transmissão do Sars-CoV-2. As aulas, agora, serão retomadas em 11 de janeiro em tempo parcial e em tempo integral no dia 18 do próximo mês. O governo também planeja realizar testes em massa como forma de evitar a propagação do coronavírus.

Fazemos o boletim covid-19 porque:

Em dezembro de 2019, as autoridades de chinesas de informaram a OMS (Organização mundial de Saúde) sobre o surto de uma nova doença, que foi nomeada posteriormente de covid-19. Em 11 de março, a OMS anunciou que as infecções atingiam proporções epidêmicas. Os dados sobre casos e mortes são fornecidos pela Universidade Johns Hopkins, mas podem não representar a totalidade por conta da subnotificação registrada em muitos países, como o Brasil, que mudou a sistemática de divulgação dos indicadores relativos à covid-19.

Quer ajudar a fazer o boletim covid-19 do Jacaré? Mande sua dúvida que vamos responder

Há muitas dúvidas sobre a pandemia e vamos buscar respostas oficiais para os leitores de O Jacaré. Para participar basta mandar uma mensagem para o  e-mail: sandraluz.ojacare@gmail.com que vamos buscar os canais competentes para oferecer a resposta. As perguntas podem ser enviadas até a manhã de quinta-feira. Alertamos que não serão consideradas ofensas aos nossos colaboradores e jornalistas. Ameaças serão devidamente reportadas às autoridades.