Ao contrário de outras sondagens, levantamento do Midiamax garante reeleição tranquila de Marquinhos, fora da margem de erro (Foto: O Jacaré)

Na pesquisa mais favorável ao prefeito de Campo Grande, o Datamax apontou que Marquinhos Trad (PSD) seria reeleito no primeiro turno com o apoio de 52% dos eleitores. Conforme o levantamento divulgado pelo Midiamax, 12 candidatos estão empatados em segundo lugar, com ligeira vantagem para o deputado estadual Pedro Kemp (PT), com 6%.

Com margem de erro de 3,5% para mais ou menos, o instituto do Midiamax crava a vitória de Marquinhos em etapa única, caso a eleição fosse entre os dias 24 e 25 deste mês. Ele tem mais que o dobro da soma dos adversários (25%).

Veja mais:

Marquinhos tem 43%, enquanto quatro candidatos disputam segundo lugar, diz Ranking

Ibope aponta Marquinhos com 41%, seguido por Harfouche, Kemp e delegada Sidnéia

IPR aponta Marquinhos com 46,46% e seis candidatos na disputa do segundo lugar

É o maior percentual do prefeito, considerando-se que o IPR/Correio do Estado apontou 46,6%, o Ranking 43% e o Ibope, 41%. Novos levantamentos estão previstos para sexta-feira (Ibope/TV Morena) e domingo (Ibrape).

As duas últimas pesquisas e o indeferimento da candidatura do Promotor Harfouche (Avante) pelo juiz Roberto Ferreira Filho, da 053ª Zona Eleitoral, devolveram o otimismo ao comitê de Trad. A expectativa é de vitória no primeiro turno.

De acordo com o Midiamax, Kemp está em segundo, com 6%, contrariando outros levantamentos que apontam Harfouche (Ibope e IPR) e de Marcio Fernandes (MDB), como é o caso da Ranking. O promotor tem 5% no Datamax. Dagoberto fica com 4%. Vinicius Siqueira (PSL) tem 2%.

Devido à margem de erro de 3,8%, a situação é de empate técnico até com os oito candidatos que integram o pelotão de 1%: delegada Sidnéia (Pode), Marcelo Miglioli (SD), Márcio Fernandes (MDB), Marcelo Bluma (PV), Esacheu Nascimento (Progressistas), João Henrique (PL), Loester Trutis (PSL) e Cris Duare (PSOL).

Apenas Guto Scarpanti (Novo), Paulo Matos (PSC) e Thiago Assad (PC) não pontuaram. Outros 12% dos eleitores não souberam responder ou estão em indecisos, enquanto 8% não votarão em nenhum e 3% pretendem votar em branco ou nulo.

Marquinhos também é o mais rejeitado, com 14%, na sondagem divulgada ontem pelo Midiamax. Kemp e Dagoberto estão com 11%, Bluma e Trutis (3%), João Henrique (2%), Vinicius Siqueira (2%), Marcio Fernandes (2%), Cris Duarte (1%), Delegada Sidnéia Tobias (1%), Guto Scarpanti (1%), Marcelo Miglioli (1%), Paulo Matos (1%), Sergio Harfouche (1%), Esacheu Nascimento (1%) e Thiago de Carvalho (1%).

O Datamax registrou a pesquisa com o número MS-02584/2020 e ouviu 800 eleitores entre os dias 24 e 25 deste mês na Capital. O nível de confiança é de 95%.