Blogueira de MS deu graças a Deus de ter testado positivo para covid-19 e faz propaganda de kit (Foto: Reprodução)

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou mais 264 casos e sete óbitos pelo coronavírus em Mato Grosso do Sul. Foram 14 mortes no sábado e domingo. O terror causado pela pandemia nas autoridades, médicos, pesquisadores e parte da população não atinge todo mundo. A blogueira sul-mato-grossense Lívia Tosta ganhou destaque nacional ao festejar o teste positivo para a covid-19.

Com 24,9 mil seguidores no Instagram, a campo-grandense comemorou o teste positivo na família. “Linda, plena em casa. Gente, confirmado, eu estou com covid. Eu, marido, provavelmente Teodorinha também. Estamos aqui, era suspeita e agora é oficial”, afirmou, aos risos.

Veja mais:

Capital tem 961 infectados em quatro dias; MS tem 2º maior pico de novos casos e mais sete óbitos

Boletim Covid O Jacaré: Covid matou 25 pessoas que não tinham doenças pré-existentes em MS

Com alta em internações e mortes, Capital pode restringir bares e antecipar toque de recolher

Em seguida, ela aproveita o resultado do teste para fazer propaganda do produto manipulado, que vem sendo recomendado por um grupo de médicos de Campo Grande e até pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Olha o que chegou aqui em casa, manipuladinho Lunia e vamos começar os coquetéis”, afirma, sempre sorrindo.

Lívia conta que não apresentou sintomas graves, mas decidiu fazer o exame após perder o olfato. Ela conta que teve rinite bem forte e dor de cabeça. “Eu fiz o teste e deu positivo”, contou, sempre sorrindo. “Quer saber que eu estou aliviada, em mim, pelo menos, foi leve”, disse. “Graças a Deus a gente não teve nada sério”, agradeceu. “A gente vai ficar livre, graças a Deus”, afirmou.

Veja a repercussão:

Revista Fórum

Catraca livre

Nem todo mundo está tendo a mesma sorte da blogueira. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, de sexta-feira até hoje, o número de casos passou de 12.969 para 13.461 em Mato Grosso do Sul. Novo epicentro da doença, Campo Grande lidera o ranking com 4.640, seguido por Dourados, com 3.446.

Nas últimas 48 horas, a secretaria confirmou 14 óbitos no Estado, com o número total de mortes passando de 153 para 167. Em apenas 13 dias, julho contabiliza 77 óbitos, 10% acima do registrado em todo o mês de junho (70).

Conforme a secretária-adjunta de Saúde, Christinne Maymone, 276 pessoas estão internadas no Estado. O número de pacientes em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) continua crescendo a cada dia. Atualmente, 134 estão internados em estado grave.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, repetiu, pela enésima vez, ao pelo para que a população adote o distanciamento social, fique em casa, use máscara e higienize as mãos. Por enquanto as medidas são as mais recomendadas para frear o avanço da pandemia.

Campo Grande poderá adotar lockdown para frear o avanço da doença. Desde quarta-feira, o toque de recolher começa às 20h, mas a medida ainda não foi considerada suficiente para conter o avanço do coronavírus na Capital.

🔴 Live – Boletim Coronavírus em Mato Grosso do Sul 13/07

🔴 Live – Boletim Coronavírus em Mato Grosso do Sul 13/07

Posted by Governo de Mato Grosso do Sul on Monday, July 13, 2020