Escola foi alvo de vândalos no ano passado em Maracaju (Foto: Arquivo)

Falta policiamento para inibir a ação de traficantes nas imediações de metade das escolas de Mato Grosso do Sul. Em 49,4% dos estabelecimentos já houve agressão de estudantes a professores ou funcionários. A maioria apresenta muitos sinais de depredação. E o percentual de estudantes sob efeito de drogas frequentando as aulas é o dobro em relação ao álcool. Ler mais