Tag: tráfico internacional de drogas

Garagista vira réu por usar contas da mãe e ex para ocultar R$ 17 milhões do tráfico e contrabando

Juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira negou pedido de acusado para anular denúncia e marcou julgamento (Foto: Arquivo)

A Justiça Federal aceitou denúncia contra um garagista que usou as contas bancárias da mãe e da ex-namorada para movimentar R$ 17,3 milhões supostamente oriundos do tráfico internacional de drogas e do contrabando de cigarros em Mundo Novo (MS) e Guaíra (PR). Conforme despacho do juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal, publicado hoje (21), ainda há a suspeita de que Inácio Batista Mello tenha ligação com a Máfia da Fronteira, desbaratada na Operação Laços de Família.

Ler mais

PF apura negócios milionários de Osmar Jeronymo com sócio de Beira-mar e preso por tráfico

Indicado ao TCE por André Puccinelli e salário base de R$ 39 mil, Osmar Jeronymo é um dos principais alvos da Operação Mineração de Ouro (Foto: Arquivo)

Ex-secretário estadual de Governo e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Osmar Domingues Jeronymo, é investigado pela Polícia Federal por usar envolvidos com o tráfico internacional de drogas para lavar dinheiro supostamente proveniente de corrupção. De acordo com despacho do ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça, em transação imobiliária com o braço direito do narcotraficante Fernandinho Beira-mar, ele teria ganho 81,06% em quatro meses.

Ler mais

Alvo de ação da PF que bloqueou R$ 1 bilhão, major da PM tem aposentadoria de R$ 11 mil

Condenado duas vezes por tráfico de drogas, Carvalho recebe aposentadoria de R$ 11,3 mil como major da PM de MS (Foto: Arquivo)

Alvo da Operação Enterprise, que bloqueou R$ 1 bilhão e é considerada a maior ofensiva da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas, o major aposentado da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Sérgio Roberto de Carvalho, recebe R$ 11.305,64 por mês. Ele já foi condenado duas vezes por tráfico, sendo a última a 15 anos, três meses e 21 dias.

Ler mais

Por unanimidade, 2ª Turma do STF mantém regime semiaberto para prefeito do PSDB

Gilmar Mendes votou contra pedido do MPF para prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia, cumprir pena em regime fechado (Foto: Arquivo)

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal negou, por unanimidade, pedido do Ministério Público Federal para o prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Árevalo Garcia (PSDB), cumprir a pena de quatro anos e oito meses em regime fechado. Condenado por tráfico internacional de drogas pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região, o tucano vai cumprir a sentença no regime semiaberto, no qual poderá sair de dia para administrar a cidade e dormir atrás das grades.

Ler mais

Condenado por tráfico de drogas, prefeito tucano vai disputar reeleição com apoio do DEM e PTB

Livra de cumprir pena graças a habaes corpus de Gilmar Mendes, Garcia e a vice – apoio de três grandes partidos na reeleição (Foto: Reprodução)

Condenado a quatro anos e oito meses por tráfico internacional de drogas, o prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Arévalo Garcia, 45 anos, do PSDB, é candidato à reeleição com o apoio do PTB e do DEM. Conforme declaração à Justiça Eleitoral, ao registrar a candidatura, ele ficou 43% mais pobre em quatro anos, considerando-se o atual mandato.

Ler mais

Preso com R$ 12,7 milhões em cocaína, ex-vereador só estava solto porque tinha sorte no STF

Nélio Alves de Oliveira foi preso com meia tonelada de cocaína e estava solto graças ao STF (Foto: Jornal da Nova)

Preso no domingo com 519 quilos de cocaína, após a aeronave ser interceptada por caças da FAB (Força Aérea Brasileira), o ex-vereador e ex-vice-prefeito de Ponta Porã, Nélio Alves de Oliveira, 70 anos, é homem de muita sorte no Supremo Tribunal Federal. Condenado em segunda instância a 14 anos de prisão por tráfico de drogas, ele só estava livre graças a habeas corpus da mais alta corte do Poder Judiciário brasileiro.

Ler mais

Condenado por tráfico internacional de drogas, prefeito vai cumprir pena no semiaberto

Alexandrino Garcia, do PSDB, conseguiu uma vitória no STF: trocou o regime fechado pelo semiaberto (Foto: Divulgação)

O prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Arévalo Garcia (PSDB), vai iniciar o cumprimento da pena por tráfico internacional de drogas no regime semiaberto. O benefício foi concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, conforme despacho publicado nesta quarta-feira (1º), que manteve a sentença de quatro anos e oito meses.

Ler mais

STF nega HC e mantém sentença de 4 anos e 8 meses de prisão a prefeito condenado por tráfico

Prefeito de Aral Moreira continua condenado por tráfico internacional de drogas: ele ganhou eleição por apenas um voto em 2016 (Foto: Arquivo)

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, negou habeas corpus e manteve a condenação do prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Árevalo Garcia (PSDB), a quatro anos e oito meses de prisão por tráfico internacional de drogas. Ele também negou o pedido para suspender o início do cumprimento da pena no sistema mais gravoso (veja aqui).

Ler mais

Vereadora de Aquidauana é condenada por furto de gado. O que mais falta na política de MS?

Lenilda Damasceno se elegeu vereadora em Aquidauana após ser acusada de receptação de gado furtado (Foto: Arquivo)

A Justiça condenou a vereadora de Aquidauana, Lenilda Maria Damasceno, 48 anos e do PDT, por envolvimento com quadrilha especializada no furto de gado. A parlamentar comprou 43 bezerros furtados em 2012. A sentença é do juiz Ronaldo Gonçalves Onofri, da Vara Criminal, Infância e Juventude de Aquidauana.

Ler mais

Juiz condena três irmãos, barões do tráfico que ostentavam luxo e fortuna, a 82 anos de prisão

Mansão em rua que deu nome à operação da PF estava avaliada em R$ 2 milhões: traficantes perdem casa para a União (Foto: Arquivo)

Presos na Operação Nevada, 14 integrantes de três quadrilhas foram condenados a 223 anos de prisão por tráfico transnacional, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Só os três irmãos Corrêa, que ostentavam vida de milionários com carros de luxo, mansões e festas e movimentando uma fortuna por meio de laranjas foram condenados  a 82 anos de reclusão em regime fechado. Ler mais

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑