Tag: tráfico de drogas (page 2 of 4)

Breno vê discriminação e cita doença de desembargadora para não retornar ao presídio

Breno pede para TJ suspender decisão de juiz que mandou retornar à prisão em 48h (Foto: Arquivo)

Condenado a 21 anos de prisão por organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e porte ilegal de arma, o empresário Breno Fernando Solon Borges recorreu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para não retornar nesta sexta-feira (10) ao presídio em Três Lagoas. Ele alegou discriminação do magistrado, já que a medida não foi estendida aos outros detentos, e cita doença da mãe, a desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, para permanecer em prisão domiciliar.

Ler mais

Turma mantém sentença e ainda pode ampliar condenação de filho de desembargadora

Solto, filho de desembargadora vê sentença ser mantido em segunda instância (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul manteve a sentença do empresário Breno Fernando Solon Borges, filho da ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges. No entanto, a sentença de oito anos e dez meses de prisão pode ser ampliada com a inclusão do agravante dele ter promovido e organizado o tráfico dos 129 quilos de maconha e as 270 munições, sendo 199 de fuzil calibre 762.

Ler mais

MPE pede ao TJ que filho de desembargadora volte a cumprir pena de 21 anos na prisão

Breno Fernando está em prisão domiciliar desde março por causa da Covid-19 (Foto: Reprodução)

O Ministério Público Estadual recorreu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul contra a progressão para o regime semiaberto do empresário Breno Fernando Solon Borges, condenado a 21 anos e quatro meses de reclusão por porte ilegal de arma, tráfico de drogas e organização criminosa. Como ele está em casa devido à pandemia da Covid-19, a promotoria pede que o filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges volte a cumprir pena em regime fechado.

Ler mais

Jovem chefe do tráfico na fronteira é condenado a 42 anos de prisão e perde 18 veículos

Condenado a 42 anos, Thales foi monitorado pela PF durante as investigações (Foto: Reprodução)

Acusado de ser um dos mais jovens chefes do narcotráfico na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, o “empresário” Thales Antunes Cordeiro, 26 anos, foi condenado a 42 anos e 8 dias de prisão em regime fechado e perdeu 18 veículos, sendo oito caminhões, oito automóveis de luxo e duas motocicletas.

Ler mais

Condenado três vezes, filho de ex-presidente do TRE deixa presídio e vai ao semiaberto

Após ficar preso por dois anos e sete meses, Breno ganha direito a deixar o prisão durante o dia para trabalhar (Foto; Arquivo)

Condenado três vezes a 21 anos e quatro meses, o empresário Breno Fernando Solon Borges obteve direito à progressão de regime para o semiaberto. O filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, vai deixar o Presídio de Segurança Média de Três Lagoas, onde permaneceu detido por dois anos e sete meses.

Ler mais

Justiça mantém jovem milionário preso, mas revoga prisão de “baixo clero” na Laços de Família

Prisão dos ‘cabeças’ do grupo e não participação dos três envolvidos nas decisões tomadas por eles fizeram Justiça revogar as prisões preventivas dos mesmos

O juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal de Campo Grande, manteve a prisão preventiva do jovem, que movimentou R$ 3,374 milhões aos 21 anos para a quadrilha investigada na Operação Laços de Família. Por outro lado, ele revogou a prisão de três integrantes do baixo clero da suposta organização criminosa, que seria chefiada pelo subtenente Silvio Cezar Molina Azevedo e daria apoio ao PCC (Primeiro Comando da Capital) na fronteira com o Paraguai.


Ler mais

Líder de movimento contra corrupção, assessor da prefeitura de Três Lagoas é preso por tráfico

Guilherme Leles usou a tribuna da Câmara para criticar a corrupção e o gasto dos vereadores com diárias (Foto: Arquivo/Rádio Caçula)

Assessor superior da Prefeitura Municipal de Três Lagoas, o professor Guilherme Barbosa Leles, 35 anos, foi preso na noite de Natal por tráfico de drogas em Bauru (SP). Ele e um amigo estavam a caminho de festa rave na Bahia. É o segundo integrante da equipe do atual prefeito, Ângelo Guerreiro (PSDB), acusado pelo mesmo crime. Em 2013,  ele chegou a se apresentar como líder do movimento “Vem Pra Rua” e liderou as marchas contra a corrupção na cidade.

Ler mais

Promotor pede pena maior a filho de desembargadora condenado por tráfico de drogas

Promotor vê erro na dosimetria da pena e pede ampliação do tempo de Breno Fernando na prisão (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Estadual recorreu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para ampliar a pena do empresário Breno Fernando Solon Borges, 40 anos, condenado a oito anos e dez meses por tráfico de drogas. O recurso será julgado pela 2ª Câmara Criminal e pode manter o filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges por mais tempo atrás das grades.

Ler mais

Juíza não devolve à desembargadora carro de luxo usado para levar drogas e armas pelo filho

Inicialmente, veículo levava 51 dos 129 quilos apreendidos em 2017. Um ano depois, PF descobriu mais 10 quilos escondidos em outras partes (Foto: Arquivo)

A Justiça não devolveu o veículo de luxo, usado no tráfico de drogas e armas, à desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ela alegou ser a proprietária do Jeep Renegade em que o fiho, o empresário Breno Fernando Solon Borges, foi preso na madrugada do dia 8 de abril de 2017 na BR-262.

Ler mais

Desembargadora diz que passou a ter proteção após prisão do filho e obtém vitória no STJ

Tânia Garcia diz que passou a ter proteção especial após veículo suspeito rondar casa após prisão do filho com drogas (Foto: Arquivo)

A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges passou a ter proteção policial após a prisão do filho, o empresário Breno Fernando Solon Borges, com 129 quilos de maconha, uma pistola nove milímetros e 271 munições até de fuzil 762. Esta informação foi fundamental na decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça, negar recurso do Ministério Público Estadual e livrá-la da ação por improbidade administrativa.

Ler mais
« Older posts Newer posts »

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑