Tag: tce-ms (page 1 of 4)

Presidente do TCE vira parte em ação contra contrato milionário de empresa da esposa

Advogado pediu que presidente do TCE, conselheiro Iran Coelho das Neves, seja um dos réus em ação contra contrato milionário firmado pela prefeitura de Selvíria com a empresa de sua esposa (Foto: Arquivo)

A Justiça aceitou a inclusão do conselheiro Iran Coelho das Neves, presidente do Tribunal de Contas do Estado, na ação popular contra a contratação sem licitação da empresa da sua esposa, Maria Francisca Silva Neves. Mesmo sem experiência e com capital de apenas R$ 200 mil, a Prosperitate Consultoria Ltda foi contratada por R$ 4,685 milhões pela Prefeitura de Selvíria.

Ler mais

Oficial da PM vai para o semiaberto para cumprir pena pela propina de R$ 200 mil

Cristaldo iniciou o cumprimento da pena por corrupção no dia 26 de abril deste ano (Foto: Arquivo)

O tenente-coronel Admilson Cristaldo Barbosa, 47 anos, iniciou, no dia 26 de abril deste ano, o cumprimento da pena de quatro anos, nove meses e 18 dias no semiaberto por corrupção passiva. A sentença, que transitou em julgado em fevereiro deste ano, refere-se a propina de R$ 200 mil, que ele teria recebido no período em que foi assessor do Tribunal de Contas do Estado.

Ler mais

Manobra falha e juíza suspende contrato de R$ 4,6 mi de empresa da esposa de Iran das Neves

Com o segundo contrato suspenso pela Justiça, Maria Francisca, esposa de Iran Coelho das Neves, pode perder R$ 8,873 milhões em contratos com duas prefeituras (Foto: Arquivo)

Fracassou a manobra do prefeito de Selvíria, José Fernando Barbosa dos Santos (PSDB) para se livrar da ação popular que questionava a contratação sem licitação da Prosperitate Consultoria Ltda. A juíza Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, da Vara de Fazenda Pública de Três Lagoas, concedeu tutela de urgência para suspender o contrato do município com a empresa de Maria Francisca Silva Neves e do auditor fiscal Adnan Silva Coelho das Neves, esposa e filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Iran Coelho das Neves.

Ler mais

TJ não vê notória especialização de empresa de mulher do presidente do TCE e nega liminar

Desembargador Dorival Renato Pavan vê risco de sangria dos cofres públicos com contrato suspeito e manteve liminar que suspendeu contrato milionário com empresa de Adnan e Maria Francisca (Foto: Arquivo)

O desembargador Dorival Renato Pavan, da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, negou, nesta sexta-feira (18), liminar para retomar o contrato de R$ 4,188 milhões entre a Prosperitate Consultoria Ltda e a Prefeitura Municipal de Corumbá. Conforme despacho, o magistrado não vê “notória especialização” para a contratação sem licitação da empresa da esposa e do filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Iran Coelho das Neves.

Ler mais

Ação pede anulação de contrato de R$ 4,6 mi com empresa de esposa de presidente do TCE

Prefeito de Selvíria, Fernando Barbosa, e o conselheiro Iran Coelho das Neves em 2017. Ação quer anular contrato milionário firmado entre a prefeitura e a empresa da esposa e filho do presidente do TCE (Foto: Arquivo)

O advogado Ênio Martins Murad entrou com ação popular na Justiça estadual para anular o contrato de R$ 4,685 milhões entre a Prefeitura de Selvíria e a Prosperitate Consultoria Ltda, empresa em nome da esposa e filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Iran Coelho das Neves. O prefeito José Fernando Barbosa dos Santos (PSDB) dispensou licitação e contratou a consultoria, apesar da constituição ter ocorrido há oito meses e capital social de R$ 200 mil.

Ler mais

Superfaturamento de empresa de esposa do presidente do TCE pode chegar a 604%, diz MPE

Marcelo Iunes, de Corumbá, vai pagar R$ 3,5 milhões a mais por regularização fundiária a empresa de esposa e filho do presidente do TCE em relação a cidade mineira, que fez licitação (Foto: Arquivo)

O superfaturamento no contrato firmado entre a Prefeitura de Corumbá e a Prosperitate Consultoria Ltda pode chegar a 604% e causar um prejuízo de R$ 3,593 milhões aos cofres públicos, conforme o Ministério Público Estadual. A esposa e o filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Iran Coelho das Neves, são sócios da empresa, que foi contratada em licitação para regularização fundiária na Cidade Branca e pelo município Selvíria.

Ler mais

Empresa de esposa do presidente do TCE ganhou outro contrato de R$ 4,6 mi sem licitação

Dr. Fernando, do PSDB, dispensou licitação para contratar empresa criada há oito meses por R$ 4.685.000,00 (Foto: Arquivo)

Com capital social de R$ 200 mil e constituída em janeiro de 2021, a Prosperitate Consultoria Ltda ganhou outro contrato milionário sem participar de licitação por ter “notória especialização”. A empresa da esposa e do filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Iran Coelho das Neves, deve receber R$ 4,685 milhões da Prefeitura de Selvíria.

Ler mais

TJ anula sentença e livra Osmar Jeronymo da perda do cargo no TCE e de pagar R$ 1,2 milhão

Conselheiro do TCE foi absolvido com os votos dos desembargadores João Maria Lós, Divoncir Maran e Sérgio Martins (Foto: Arquivo)

Por unanimidade, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul deu provimento aos recursos e anulou a sentença que condenou por improbidade administrativa o ex-secretário estadual de Governo, Osmar Domingues Jeronymo. “Inocentado”, ele ficou livre de pagar R$ 1,258 milhão pelo desvio ocorrido na Prefeitura de Campo Grande e não corre mais risco de perder o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Ler mais

TJ julga terça pedido para livrar Osmar Jeronymo da perda do cargo no TCE e pagar R$ 1,2 mi

Osmar Jeronymo tenta se livrar da condenação para pagar R$ 1,2 mihão e ainda a perda do cargo de conselheiro com supersalário no TCE (Foto: Arquivo)

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul julga nesta terça-feira recurso dos ex-secretários municipais de Governo, Wilson Cabral Tavares e Osmar Domingues Jeronymo, condenados por improbidade administrativa. Eles tentam anular a sentença, que pode levar a perda do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e ao pagamento de R$ 7 milhões, que inclui multa e o ressarcimento de R$ 1,6 milhão desviados da Prefeitura de Campo Grande.

Ler mais

Justiça manda TCE informar lista de comissionados para MPE analisar nepotismo cruzado

TCE deverá informar à Justiça a relação de todos os ocupantes de cargos comissionados (Foto: Arquivo)

A Justiça determinou que o Tribunal de Contas do Estado forneça a lista completa dos servidores comissionados para o Ministério Público Estadual confirmar denúncia da existência de nepotismo. O despacho ocorreu em ação popular que denunciou a contratação de 13 parentes, entre ex-mulheres de conselheiros, esposas de desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e filhos de secretários estaduais.

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑