Tag: subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo

Em conversa no aplicativo, empresários revelam que sabiam de esquema e temiam ser presos

Empresário, que morreu em acidente, relatou em conversa que família não recebia nenhum centavo do suposto esquema da JBS (Foto: Arquivo)

Em conversas feitas em aplicativos, os donos da Buriti Comércio de Carnes, de Aquidauana, revelaram que sabiam do esquema de emissão de notas frias para legalizar o pagamento de propina ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Responsável pela emissão de R$ 12,9 milhões em notas fiscais falsas, eles temiam ser presos após a divulgação da delação da JBS, homologada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, em maio de 2017.

Ler mais

PGR pede a perda do cargo de Reinaldo e devolução de R$ 277,5 milhões; veja os 24 denunciados

Tucano foi denunciado 60 vezes por lavagem de dinheiro, três por corrupção e por chefiar organização criminosa (Foto: Divulgação)

Na denúncia encaminhada ao Superior Tribunal de Justiça, a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, pede a condenação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do filho, o advogado Rodrigo Souza e Silva, à prisão pelos crimes de líder de organização criminosa, três vezes por corrupção passiva e 60 vezes por lavagem de dinheiro. Além da perda do cargo, o Ministério Público Federal pede a devolução de R$ 277,541 milhões aos cofres públicos, referente a R$ 67,791 milhões da suposta propina e do prejuízo de R$ 209,750 milhões pelo tributo não pago pela JBS.

Ler mais

Denúncia de propina de R$ 500 mil a Delcídio na “Guerra dos Portos” deve ir à 1ª instância

MPF opinou pelo desmembramento de denúncia contra ex-senador (Foto: Arquivo)

A denúncia do suposto pagamento de propina de R$ 500 mil pela Odebrecht ao presidente regional do PTB, Delcídio do Amaral, deve ser encaminhada à primeira instância da Justiça Federal no Distrito Federal. O parecer é da coordenadora da Força Tarefa da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República, que defendeu a prorrogação do inquérito 4.382 por mais 60 dias para investigar o senador Renan Calheiros (MDB). (veja matéria)

Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑