Dono do Shopping China, Felipe Cogorno Alvarez, teve a prisão preventiva decretada na Operação Lava Jato (Foto: Arquivo)

A Justiça Federal do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva do empresário Felipe Cogorno Alvarez, dono do Shopping China, “meca das compras” dos sul-mato-grossense em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Ele é acusado de ter ocultado R$ 2,1 milhões para o doleiro Dario Messer, que teve a prisão decretada na Operação Câmbio Desligo e ficou foragido entre maio de 2018 e julho deste ano.

Ler mais