Tag: sérgio de paula (page 1 of 3)

Sem habilitação, assessor do Governo causa acidente de barco, mata um e fere dois em rio

Com salário de R$ 15,8 mil na Secretaria Estadual de Governo e Gestão Estratégica: Nivaldo causou morte e fugiu sem prestar socorro (Foto: Reprodução)

Sem habilitação para pilotar barco e supostamente embriagado, o assessor especial do Governo do Estado, Nivaldo Tiago Filho de Souza causou acidente no início da tarde de sábado (1º) na região do Touro Morto, no encontro dos rios Miranda e Aquidauana. Ao atropelar outra embarcação, ele causou a morte de Carlos Américo Dutra, o Carlão, 59 anos, e feriu outros dois homens.

Ler mais

Tucanos barram volta de Miglioli e trocas de Reinaldo querem perpetuar PSDB no poder

Projeto de poder: Sérgio de Paula, Reinaldo e Riedel articulam para fortalecer o PSDB em 2022 (Foto: Arquivo)

Os caciques tucanos vetaram o retorno do engenheiro Marcelo Miglioli (SD) ao comando da Secretaria Estadual de Infraestrutura. A reforma no secretariado, em estudo por Reinaldo Azambuja, visa fortalecer o projeto do PSDB se perpetuar no poder em Mato Grosso do Sul. Acusado por três crimes no Superior Tribunal de Justiça, ele trabalha para ser o primeiro governador a fazer o sucessor na história do Estado.

Ler mais

Sérgio de Paula diz que houve “reconhecimento” e nega confissão de funcionário fantasma

Secretário especial, com salário de R$ 28 mil, Sérgio de Paula diz que só concordou com os termos da ação, que denunciou pagamento de salário a funcionário fantasma (Foto: Arquivo)

O chefe do Escritório de Relações Institucionais e presidente regional do PSDB, Sérgio de Paula, divulgou nota, no final da tarde desta quarta-feira (19), para rebater reportagem de O Jacaré. Ele negou que “confessou” o pagamento de salário de R$ 4,1 mil por mês a um funcionário fantasma, o empresário Bruno Gattas Fabi.

Ler mais

Secretário confessa que filho de ex-deputado era fantasma, faz acordo e fica livre de punição

Sérgio de Paula contratou empresário de Corumbá, que recebia R$ 4,1 mil por mês sem cumprir expediente na Casa Civil. Só filho de ex-deputado perderá a função e ficará proibido de contratar por dez anos com poder público (Foto: Arquivo)

Presidente regional do PSDB e secretário especial estadual, Sérgio de Paula, confessou que o empresário Bruno Gattas Fabi foi funcionário fantasma por nove meses, com salário de R$ 4,1 mil, na Casa Civil. Ele e o filho do ex-deputado estadual Sandro Fabi firmaram acordo para devolver o dinheiro e pagar multa, mas só o segundo renuncia a eventual cargo e ficará proibido de contratar com o poder público por 10 anos.

Ler mais

Operação apura sobrepreço de 992% e prejuízo de R$ 1,6 mi na 1ª gestão tucana

Policiais federais deixam delegacia para cumprir mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (Foto: Campo Grande News/ Henrique Kawaminami)

 A Operação Aprendiz, deflagrada nesta manhã pela Polícia Federal, Ministério Público Estadual e CGU (Controladoria-Geral da União) apuram desvio de R$ 1,6 milhão no contrato com agência de publicidade no primeiro mandato de Reinaldo Azambuja (PSDB). O sobrepreço chegou a 992% na confecção de cartilhas para a Caravana da Saúde, principal vitrine da gestão tucana.

Ler mais

Reinaldo nomeia na Segov condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por estelionato

Qual a capacidade da Secretaria de Governo para ter tantos comissionados? Mais uma nomeação deve causar polêmica (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nomeou na segunda-feira (4) o motorista Cleber Augusto Segóvia, 51 anos, para cargo comissionado na Segov (Secretaria Estadual de Governo e Gestão Estratégica). O mais novo funcionário de confiança tucano foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão em regime fechado por estelionato, conforme acórdão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ler mais

Com gasto com pessoal estourado, Reinaldo já nomeou mais de 2 mil comissionados

No segundo mandato de Reinaldo, Assis vai continuar como secretário, mas para chefiar gabinete do governador. Oficialmente, número de secretarias caiu de 10 para nove (Foto: Arquivo)

O Governo de Mato Grosso do Sul superou o limite do gasto com pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal no ano passado. No entanto, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) já nomeou mais de 2 mil comissionados, aumento de 7,2% em relação ao número oficial e contrariando a promessa de reduzir cargos de confiança no segundo mandato. Ler mais

PPS menor, político na saúde e duas supersecretarias, o 2º mandato de Reinaldo

Athayde deixa primeiro escalão, enquanto Sérgio de Paula deve retornar ao Governo estadual em 2019 (Foto: Arquivo)

O PPS vai perder vaga no primeiro escalão e um político deve substituir um técnico na Secretaria de Saúde. Além disso, o segundo mandato de Reinaldo Azambuja (PSDB) contará com duas supersecretarias. Só o DEM, do vice-governador eleito Murilo Zauith, deve ganhar espaço no primeiro escalão, que será iminentemente tucano e integrado por pessoas de confiança do chefe do Poder Executivo. Ler mais

Sérgio de Paula pagava R$ 4,1 mil por cargo fantasma ao filho de ex-deputado, diz MPE

Sérgio de Paula, principal articular político do PSDB e da reeleição de Reinaldo, é denunciado por improbidade por pagar salário de R$ 4,1 mil a filho de ex-deputado que era funcionário fantasma (Foto: Arquivo)

O ex-chefe da Casa Civil, Sérgio de Paula, e o empresário Bruno Gatass Fabi, filho do ex-deputado Sandro Fabi, foram denunciados por improbidade administrativa. Conforme ação do Ministério Público Estadual, protocolada nesta quarta-feira (21), Fabi foi funcionário fantasma do Governo estadual com salário de R$ 4,1 mil. Ler mais

STJ transfere julgamento de Reinaldo sobre propina de R$ 500 mil para o dia 24

Em campanha pela reeleição, governador pode ter uma boa notícia no STJ: o arquivamento de um dos três inqueritos (

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça transferiu de hoje para a próxima quarta-feira, 24, a análise do primeiro dos três inquéritos contra o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ele é acusado de integrar esquema de cobrança de até R$ 500 mil em propina em troca da manutenção dos incentivos fiscais. Ler mais

« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑