Tag: rose modesto (page 1 of 6)

Apesar do apoio de Bia, Dr. Ovando e Vander, Câmara rejeita “PEC da Vingança” contra MP

Bia Cavassa foi a única deputada do PSDB a votar a favor da PEC que ameaça a autonomia do Ministério Público (Foto: Arquivo)

O apoio de três dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul – Bia Cavassa (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PSL) e Vander Loubet (PT) – não foi suficiente para impedir a derrota da “PEC da Vingança”, como ficou conhecida a Emenda à Constituição que ampliava a interferência dos políticos no Ministério Público. Cinco parlamentares sul-mato-grossenses foram contra e ajudaram a impor uma derrota ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP).

Ler mais

Filiação de Rose ao União Brasil para disputar Governo divide eleitores nas redes sociais

Rose, ao lado de Soraya Thronicke, participou da reunião para discutir a implantação da União Brasil em MS (Foto: Divulgação)

A deputada federal Rose Modesto (PSDB) se reuniu com os integrantes da União Brasil, partido a ser criado da fusão do PSL com o DEM, e deu o primeiro passo para confirmar a intenção de disputar o Governo do Estado pela nova sigla. No entanto, os eleitores ficaram divididos sobre a “novidade” e até contestaram o projeto nas redes sociais da senadora Soraya Thronicke.

Ler mais

Beto Pereira, Dagoberto e Vander votam contra projeto que reduz ICMS sobre combustíveis

Bia Cavassa, Rose, Trutis, Ovando e Fábio votaram a favor da mudança que pode reduzir o preço dos combustíveis (Foto: Arquivo)

Os deputados federais Beto Pereira (PSDB), Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT) votaram contra o projeto que define valor fixo para a cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). A proposta pode reduzir em até 8% o valor da gasolina. Cinco parlamentares votaram a favor do substitutivo do relator, deputado Dr. Jaziel (PL), do Ceará.

Ler mais

Soraya lança Rose para disputar pela União Brasil; deputada pode ter apoio do Governo do Estado

Rose teria acertado com a União Brasil para ser a candidata a governadora e pode conseguir até o apoio de Puccinelli (Foto: Arquivo)

Cotada para assumir a União Brasil em Mato Grosso do Sul, resultado da fusão do PSL e do DEM, a senadora Soraya Thronicke desistiu de disputar as eleições de 2022. Em entrevista nesta segunda-feira (11), aniversário de criação de Mato Grosso do Sul, ela anunciou que a candidata a governadora do grupo será Rose Modesto. Além de deixar o PSDB na janela partidária, a deputada federal poderá contar com o apoio da máquina do Governo do Estado.

Ler mais

A um ano da votação, eleição em MS tem sete dilemas e três pré-candidatos definidos

Marquinhos Trad pode deixar prefeitura nas mãos de Adriane Lopes caso decida disputar o Governo (Foto: Arquivo/Marcos Miatelo)

Faltando exatamente um ano para o primeiro turno, as eleições de 2022 contam com sete dilemas, que vão definir o futuro da política regional, e dois pré-candidatos em campanha para o Governo. Cinco decisões podem bagunçar a disputa pela sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB), que já conta com três nomes confirmados: o ex-governador André Puccinelli (MDB), o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, e o ex-vereador Vinícius Siqueira (PROS).

Ler mais

Rose lidera para o Senado e derrotaria Tereza Cristina, Reinaldo e Simone, diz Ranking

Preferida pelo PSDB na disputa pela prefeitura em 2020, Rose deve deixar a sigla e teria 21,3% contra 12,25% de Reinaldo (Foto: Arquivo)

A deputada federal Rose Modesto, que deve trocar o PSDB pelo Podemos, lidera a pesquisa do Senado em 2022 no Mato Grosso do Sul. A tucana derrotaria a ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (DEM), e teria quase o dobro das intenções de voto do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), segundo pesquisa do Instituto Ranking.

Ler mais

Nelsinho votou a favor 48h após anunciar ser contra fim do 13º e férias a trabalhadores jovens

Um político brasileiro: Nelsinho anunciou que é contra, mas acabou votando a favor da minirreforma trabalhista (Foto: Reprodução)

O senador Nelsinho Trad (PSD) votou a favor da MP 1045, conhecida como minirreforma trabalhista, 48 horas após anunciar, em vídeo, que era contra o fim do pagamento de 13º, férias e FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) aos trabalhadores jovens de 18 a 29 anos. “Foi uma facada nas costas dos trabalhadores”, afirmou Vilson Gimenes, presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores) em Mato Grosso do Sul.

Ler mais

Beto, Bia, Rose, Ovando e Trutis aprovam fim do 13º, férias e FGTS a trabalhadores jovens

Rose, Ovando, Bia e Beto Pereira aprovaram a MP 1045, que tira férias e 13º para incentivar a contratação de jovens no mercado de trabalho (Foto: Reprodução/Campo Grande News)

Cinco dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul aprovaram a MP 1045, conhecida como minirreforma trabalhista, que cria programas para contratar jovens de 18 a 29 anos sem o pagamento de direitos consagrados no Brasil, como férias remuneradas, 13º e FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Apenas Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD) e Vander Loubet (PT) foram contra a Medida Provisória 1045.

Ler mais

Deputados de MS foram contra “distritão” e se dividiram sobre volta das coligações em 2022

Oito deputados federais votaram contra o distritão, que garantia a eleição dos mais votados no parlamento (Foto: Arquivo)

Os oito deputados federais de Mato Grosso do Sul rejeitaram a adoção do “distritão”, que permitia a eleição automática dos parlamentares mais votados. Por outro lado, quatro votaram a favor da volta das coligações partidárias nas eleições proporcionais, que tinham sido proibidas em 2017.

Ler mais

Doria chama de “deplorável” Rose e Bia pelo voto impresso e PSDB estuda punir deputadas

João Doria detonou tucanos favoráveis ao voto impresso: “deplorável”. Ele disse que a urna eletrônica é inviolável (Foto: Arquivo)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou os 14 deputados tucanos que votaram a favor da PEC do Voto Impresso nesta terça-feira (10). Ele classificou como “deplorável” a posição das tucanas Bia Cavassa e Rose Modesto. Além das críticas, o PSDB estuda punir os infiéis, como reduzir o dinheiro destinado para a campanha pela reeleição em 2022.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑