Tag: rodrigo souza e silva (page 1 of 8)

Ministra do STJ nega HC para anular provas em inquérito sobre desvio milionário no Detran

Cance tentou habeas corpus para juiz estadual não ratificar as decisões da 3ª Vara Federal e usar provas colhidas na Operação Motor de Lama (Foto: Arquivo)

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça, negou, em despacho publicado nesta sexta-feira (1º), habeas corpus para anular as provas e a quebra do sigilo bancário por sete anos do ex-secretário-adjunto de Fazenda, André Luiz Cance, na Operação Motor de Lama, denominação da 7ª fase da Lama Asfáltica. Ele e o advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), são investigados de receber propina em suposto esquema de desvio no Detran.

Ler mais

Mulher de promotor que absolveu filho de Reinado tem cargo comissionado com salário de R$ 16 mil

Promotor Fábio Ianni Goldfinger não se manifestou sobre se havia suspeição entre conduzir processo contra filho do governador e a esposa ocupar cargo com salário de R$ 16 mil (Foto: Arquivo)

Esposa do promotor Fábio Ianni Goldfinger, Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger ocupa cargo comissionado na administração de Reinaldo Azambuja (PSDB) desde maio de 2019 e ganha salário de R$ 16.039, conforme o Portal da Transparência. Funcionária de carreira da Secretaria Estadual de Saúde, ela teve aumento de 269% no subsídio ao assumir o cargo de coordenadora de Vigilância Epidemiológica.

Ler mais

Promotor negou ajuda de colegas e não viu lógica em filho de Reinaldo roubar a própria propina

Promotor Fábio Ianni Goldfinger dispensou ajuda de dois promotores que tinham assinado a denúncia contra o filho de Reinaldo junto com Marcos Alex (Foto: Arquivo)

Substituto de Marcos Alex Vera de Oliveira, conhecido como “xerife do MPE”, o promotor Fábio Ianni Goldfinger dispensou a ajuda de dois colegas na ação por roubo contra o advogado Rodrigo Souza e Silva. No parecer em que pediu a absolvição por falta de provas, ele destacou que não via “lógica” o filho de Reinaldo Azambuja (PSDB) encomendar o roubo da própria propina.

Ler mais

Juíza alega falta de provas e absolve filho de governador do roubo da propina de Polaco

Filho de Reinaldo teve uma importante vitória na Justiça ao ser absolvido da acusação de que mandou roubar a propina de Polaco (Foto; Arquivo)

A juíza May Melke Amaral Penteado Siravegna, da 4ª Vara Criminal de Campo Grande, apontou falta de provas e absolveu o advogado Rodrigo Souza e Silva da acusação de ser o mandante do roubo. O filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi acusado pelo Ministério Público Estadual de ter contratado um grupo para roubar a propina de R$ 300 mil destinada ao corretor de gado José Ricardo Guitti Guímaro, o Polaco, no dia 27 de novembro de 2017.

Ler mais

Problema de saúde de líder de grupo que roubou propina de Polaco atrasa julgamento

Vareiro alegou problemas de saúde e será interrogado amanhã, concluindo a fase do julgamento dos acusados de roubar a propina de Polaco (Foto: Arquivo)

Líder do grupo contratado para roubar a propina de R$ 300 mil destinada a comprar o silêncio do corretor de gado José Ricardo Guitti Guímaro, o Polaco, o pedreiro aposentado Luiz Carlos Vareiro, o Véio, alegou problemas de saúde e não compareceu na audiência de instrução e julgamento. Último dos sete réus, ele será interrogado nesta quinta-feira (17).

Ler mais

Filho de Reinaldo tem 5 dias para alegações finais na ação por roubo de propina de Polaco

Apresentação das alegações finais é a última fase antes da sentença e Rodrigo é acusado de mandar roubar R$ 300 mil (Foto: Arquivo)

O advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), tem cinco dias para apresentar os memoriais na ação por roubo majorado. Após as alegações finais do Ministério Público Estadual e dos réus, o processo estará concluso para a sentença da juíza May Melke Amaral Penteado Siravegna, da 4ª Vara Criminal de Campo Grande.

Ler mais

Único político preso entre muitos escândalos, Olarte apela ao TJ para tratar pedra nos rins em casa

Preso desde maio deste ano, Olarte tenta o benefício de cumprir a pena em casa: único político preso em meio aos vários escândalos de corrupção (Foto: Arquivo)

Único político sul-mato-grossense condenado e preso em meio aos vários escândalos de corrupção, o ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Antunes Olarte (sem partido), apelou ao Tribunal de Justiça para tratar de pedras nos rins em casa. O pedido será analisado pelo desembargador Emerson Cafure, da 1ª Câmara Criminal, que não analisou o pedido de liminar e manteve o pastor evangélico preso durante as festas de fim de ano.

Ler mais

Com R$ 277,5 mi bloqueados há três anos, ação contra Reinaldo por propina empaca no STJ

Governador e primeira dama estão com os bens bloqueados desde setembro de 2018: STJ manteve o bloqueio em julgamento realizado no dia 15 de setembro deste ano (Foto: Arquivo)

O ano de 2021 foi marcado pela manutenção do bloqueio de R$ 277,541 milhões da família de Reinaldo Azambuja (PSDB), decretado pela primeira vez em setembro de 2018, e pelo desmembramento da Ação Penal 980. Sem ter o mesmo azar que outros governadores, o tucano teve mais sorte, já que a denúncia por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e chefiar organização criminosa empacou e está parada na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça.

Ler mais

Sob sigilo por 180 dias, PF retoma investigação desvio no Detran e propina a filho de Reinaldo

Investigação ficou suspensa e foi retomada com aval da Justiça estadual (Foto: Arquivo)

A Polícia Federal retomou a investigação do esquema milionário de desvio no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e do pagamento de propinas ao ex-secretário-adjunto de Fazenda, André Luiz Cance, e ao advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). No entanto, o inquérito vai tramitar em sigilo por 180 dias, conforme determinou o juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande.

Ler mais

STJ não vê suspeição do MPE e nega HC para anular ação por roubo contra filho de Reinaldo

Rodrigo alegou que promotor tinha desavença contra seu pai, o governador, e não respeitou foro privilegiado (Foto: ArquviO)

O Superior Tribunal de Justiça concluiu que não há suspeição do promotor Marcos Alex Vera de Oliveira na condução da investigação do roubo da propina de R$ 300 mil do corretor de gado José Ricardo Guitti Guímaro, o Polaco. O ministro Olindo Menezes, em despacho publicado nesta terça-feira (16), negou habeas corpus para anular a ação criminal por roubo contra o advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑