Governador fez duas mudanças em lei, sancionada em 20 de setembro de 2016, mas que reatrogiu a agosto para beneficiar filho de ministro do STJ (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) editou lei estadual em 2016 sob medida para beneficiar o advogado Leonardo Campos Soares da Fonseca, na época com 25 anos. Sortudo, para continuar morando no Distrito Federal, o jovem funcionário foi nomeado pelo tucano na representação da PGE (Procuradoria Geral do Estado) em Brasília.

Ler mais