Tag: reinaldo azambuja (page 1 of 77)

Servidores administrativos da educação terão reajuste salarial de 14% a 23% a partir de 2022

Riedel comandou reunião com representantes da Fetems e da Feserp para fechar acordo sobre reajuste dos administrativos da educação (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado deverá promover reajuste salarial de 14% a 23% nos salários dos cerca de 6 mil servidores administrativas da educação a partir de janeiro de 2022. A categoria será uma das principais a ser beneficiada pelo pacote previsto para ser encaminhado na próxima semana à Assembleia Legislativa pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Os salários dos 75 mil funcionários estaduais estão congelados desde 2018.

Ler mais

Gasolina sobe mais que 20 centavos e bolsonaristas culpam todo mundo, menos Bolsonaro

Posto vende litro da gasolina a R$ 6,279 à vista na Capital, enquanto a prazo já cobra R$ 6,429 (Foto: O Jacaré)

Postos de combustíveis aproveitaram apenas o anúncio da Petrobras e promoveram aumento superior a R$ 0,20 no preço da gasolina em Campo Grande, que já custa entre R$ 6 e R$ 6,50 na bomba. Apesar deste ser o 10º do reajuste e da alta acumulada chegar a 61,95% nas refinarias, os bolsonaristas culpam todo mundo pela disparidade nos preços, que vai dos governadores ao PT, menos Jair Bolsonaro (sem partido).

Ler mais

Após 2º adiamento, Reinaldo e vereador vão ficar frente a frente em audiência sobre vídeo

Governador foi a segunda audiência, mas foi adiada porque vereador não havia sido notificado (Foto: Arquivo/GovernoMS)

Em decorrência da falta de notificação do vereador Tiago Vargas (PSD), a audiência na 3ª Vara Criminal sobre o polêmico vídeo, em que o ex-policial civil chama o governador de “corrupto, bandido e canalha”, foi adiada pela 2ª vez. Com o retorno das atividades presenciais na Justiça, o parlamentar e Reinaldo Azambuja (PSDB) vão ficar frente a frente no dia 5 de novembro deste ano, a partir das 14h.

Ler mais

Soraya lança Rose para disputar pela União Brasil; deputada pode ter apoio do Governo do Estado

Rose teria acertado com a União Brasil para ser a candidata a governadora e pode conseguir até o apoio de Puccinelli (Foto: Arquivo)

Cotada para assumir a União Brasil em Mato Grosso do Sul, resultado da fusão do PSL e do DEM, a senadora Soraya Thronicke desistiu de disputar as eleições de 2022. Em entrevista nesta segunda-feira (11), aniversário de criação de Mato Grosso do Sul, ela anunciou que a candidata a governadora do grupo será Rose Modesto. Além de deixar o PSDB na janela partidária, a deputada federal poderá contar com o apoio da máquina do Governo do Estado.

Ler mais

Reinaldo reduz em 13,2% gasto com educação apesar do aumento no ICMS, diz pesquisa

Governador e a secretária estadual de Educação, Maria Cecília: redução de investimento em educação durante a pandemia apesar do aumento nos impostos (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reduziu em 13,2% os gastos com educação na pandemia, apesar do aumento de 17,8% na arrecadação com o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que tem pesado no bolso na bomba de gasolina. A queda no investimento no ensino é o 5º maior do País, segundo estudo divulgado neste domingo pelo jornal Folha de São Paulo. (veja aqui)

Ler mais

Relator nega censura e mantém vídeo de vereador com críticas a Reinaldo

Governador Reinaldo Azambuja tenta tirar vídeo de rede social, mas já são três meses no ar. (Foto: Chico Ribeiro)

O desembargador Marcelo Câmara Rasslan votou contra o pedido do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para tirar do ar vídeo do vereador Tiago Vargas (PSD). Ao criticar blitz no período da manhã, o parlamentar chamou o tucano de “corrupto, bandido e canalha”. Rasslan é relator do agravo de instrumento em que o governador tenta remover a gravação das redes sociais.

Ler mais

A um ano da votação, eleição em MS tem sete dilemas e três pré-candidatos definidos

Marquinhos Trad pode deixar prefeitura nas mãos de Adriane Lopes caso decida disputar o Governo (Foto: Arquivo/Marcos Miatelo)

Faltando exatamente um ano para o primeiro turno, as eleições de 2022 contam com sete dilemas, que vão definir o futuro da política regional, e dois pré-candidatos em campanha para o Governo. Cinco decisões podem bagunçar a disputa pela sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB), que já conta com três nomes confirmados: o ex-governador André Puccinelli (MDB), o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, e o ex-vereador Vinícius Siqueira (PROS).

Ler mais

Reinaldo adia audiência com Tiago Vargas; TJ decide sobre censura de vídeo no dia 5

Governador alegou compromisso para não adiar a primeira audiência com Tiago Vargas, um dos principais críticos do seu Governo e da sua conduta (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) alegou compromisso em Brasília para adiar a primeira audiência de conciliação com um dos seus principais críticos em Mato Grosso do Sul, o vereador Tiago Vargas (PSD). Já o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decide, na próxima terça-feira (5), se acata o pedido do tucano e censura o vídeo no qual o parlamentar o chama de “corrupto, bandido e canalha”.

Ler mais

Após manter bloqueio, próximo passo é STJ levar a julgamento denúncia contra Reinaldo

Governador vai ser o único a ir a julgamento no STJ (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

Sem recurso por parte dos réus e do Ministério Público Federal, o próximo passo da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça será analisar a Ação Penal 980 contra Reinaldo Azambuja (PSDB). O governador foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva, chefiar organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Ler mais

Réu por apoiar grupos de extermínio, investigador é promovido à classe especial

Operação Omertà prendeu policial, que foi promovido à classe especial nesta sexta, em junho do ano passado (Foto: Arquivo)

Por determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado foi obrigado a promover o investigador Célio Rodrigues Monteiro, o “Manga Rosa”, de 1ª para classe especial da Polícia Civil. Ele foi preso na Operação Omertà, deflagrada pelo Garras e Gaeco, e virou réu por ajudar os supostos grupos de extermínio comandados pelos empresários Jamil Name (morto), Jamil Name Filho, Fahd Jamil e Flávio Georges Corrêa, o Flavinho.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑