Tag: propina (page 1 of 4)

Em meio a escândalos do lixo, TJ pode suspender bloqueio de Nelsinho e ex-secretário

1ª Câmara Cível do TJMS conclui amanhã julgamento de recurso e pode liberar totalmente bens de senador em ação de improbidade na coleta do lixo (Foto: Arquivo)

Em meio aos escândalos de corrupção envolvendo o contrato bilionário da coleta do lixo, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul deve suspender, nesta terça-feira, o bloqueio de R$ 101,5 milhões do senador Nelsinho Trad (PSD), do ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Marcos Antônio de Moura Cristaldo, e da Financial Construtora, detentora de 50% da Solurb. Os acusados estão com bens e contas bancárias sequestradas há quase dois anos, desde 26 de junho de 2019.

Ler mais

MPF recorre para manter inquérito contra filho de Reinaldo por desvio na Justiça Federal

Richelieu de Carlo
Policiais federais durante cumprimento de mandados da Operação Motor de Lama (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Federal recorreu ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região para manter na Justiça Federal a investigação contra o advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), pelo suposto desvio milionário no Detran. Sob pressão dos réus, o juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal, já encaminhou todo o inquérito policial 523/2017 para a 1ª Vara Criminal de Campo Grande.

Ler mais

Grupo cobrava de R$ 2,5 mil a R$ 3,5 mil para excluir multas no sistema do Detran

MPE investiga exclusão de multas do sistema do Detran em troca de propina (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Estadual investiga um grupo que cobrava de R$ 2,5 mil a R$ 3,5 mil para excluir multas do sistema do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Um dos alvos da Operação Recurso Privilegiado, deflagrada nesta terça-feira (11) com o apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), seria Juliana Cardoso de Moraes, ex-diretora do setor de multas e atualmente lotada na Segov (Secretaria Estadual de Governo e Gestão Estratégica).

Ler mais

Detran dispensa licitação e dá contrato de R$ 10,6 mi a empresa acusada de pagar propina

Detran ignorou investigação da PF, que mirou empresa em duas das sete fases da Lama Asfáltica, para contratá-la sem licitação e em regime de emergência (Foto: Arquivo)

O Departamento Estadual de Trânsito ignorou a investigação feita pela Polícia Federal na Operação Lama Asfáltica e dispensou licitação para firmar contrato de R$ 10,681 milhões por seis meses com a Ice Cartões Especiais. A empresa é investigada por pagar propina ao ex-secretário-adjunto estadual de Fazenda, André Cance, e ao advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Ler mais

Vander não sabia que cunhado usou empréstimo para quitar dívidas de campanha, diz defesa

Edson Fachin negou pedido da defesa para adiar julgamento marcado após cinco anos (Foto: Rosinei Coutinho/STF)

Nas alegações finais, distribuídas em 198 páginas, a defesa afirmou que não há provas robustos do pagamento de R$ 1,028 milhão em propinas para Vander Loubet (PT). O deputado alegou que não teve conhecimento da utilização de empréstimos pelo cunhado, o advogado Ademar Chagas da Cruz, para pagar dívidas da campanha a prefeito de Campo Grande em 2012. Ele será julgado hoje, a partir das 14h de Brasília, pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal.

Ler mais

Vostok: Reinaldo diz que não foi citado por nenhuma das 96 testemunhas ouvidas pela PF

Governador diz que teve acesso aos depoimentos em inquérito sigiloso e que não foi citado nem pela mãe (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou, na manhã deste sábado (7), que não foi citado por nenhuma das 96 pessoas ouvidas pela Polícia Federal na Operação Vostok. Apesar de o inquérito 1.190 tramitar em sigilo, o tucano garantiu que teve acesso aos depoimentos colhidos na terça e quarta-feira em cinco estados.

Ler mais

MPE denuncia prefeito do PSDB por corrupção e cobrar “sorvete”, propina de até R$ 55 mil

Piti, prefeito do PSDB, teve pedido de afastamento do cargo negado pelo TJMS (Foto: Arquivo)

Nova denúncia do Ministério Público Estadual mostra que propina ganhou novo apelido, sorvete. Na ação criminal, protocolada no dia 17 de junho deste ano, o procurador geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos, denuncia o prefeito de Bela Vista, Reinaldo Miranda Benites, o Piti (PSDB), e mais 11 pessoas, por corrupção ativa, associação criminosa, fraude em licitação e dispensa indevida de licitação.

Ler mais

Empresas criaram patrimônio fictício de R$ 131 mi para ganhar licitação do lixo, diz PF

Solurb declarou patrimônio de R$ 53,8 milhões, mas R$ 50,2 milhões só existiam no pape, segundo PF (Foto: Arquivo)

As empresas e o consórcio criaram patrimônio fictício de R$ 131,2 milhões para serem habilitados e ganharem o contrato bilionário da coleta do lixo de Campo Grande em outubro de 2012. A constatação é de perícia da Polícia Federal, que somente se tornou pública graças a ação civil pública por improbidade, que levou ao bloqueio de R$ 101,5 milhões do senador Nelsinho Trad (PSD), de dois ex-secretários municipais, quatro empresários e de três empresas.

Ler mais

Ex-presidentes do TCE reforçam defesa de tenente-coronel condenado a 10 anos na Oiketicus

Em depoimento por escrito no dia 14 deste mês, Neves diz ser amigo de militar e destaque que ele tinha excelente relacionamento no TCE (Foto: Arquivo)

Dois ex-presidentes do Tribunal de Contas do Estado reforçaram a defesa do tenente-coronel Admilson Cristaldo Barbosa, 44 anos, condenado a 10 anos na Operação Oiketicus, que denunciou o envolvimento de policiais militares com a Máfia do Cigarro. Na terceira ação, o oficial é acusado de corrupção passiva e ter recebido R$ 200 mil em propinas no período em que atuou na corte fiscal.

Ler mais

Fazenda de R$ 12 milhões e festa de 15 anos de R$ 600 mil põe delação de Delcídio na berlinda

Descobertas de supostos crimes pelo fisco podem melar delação premiada e comprometer sonhos de ex-senador voltar à política (Foto: Arquivo)

A Receita Federal identificou sete supostos crimes que ameaçam a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral (PTC). Entre os fatos listados pelo G1, destacam-se a compra de uma fazenda por R$ 12 milhões e a festa de arromba de R$ 600 mil para comemorar os 15 anos da filha. Ler mais

« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑