Tag: presídio federal de mossoró

Com covid, Jamil Name é entubado no RN e defesa pede prisão domiciliar ao STJ

Família suspeita que empresário contraiu covid-19 durante a perícia para avaliar sanidade mental (Foto: Arquivo)

Em estado grave em decorrência das complicações causadas pela covid-19, o empresário Jamil Name, 82 anos, foi transferido para hospital particular de Mossoró (RN) e entubado. Em decorrência do agravamento da situação do chefe do dono do jogo do bicho em Campo Grande, os advogados ingressaram com pedido de prisão domiciliar no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Ler mais

Para acabar com ações ilícitas, juiz aceita manter Jamil Name por mais um ano em Mossoró

Jamil Name vai continuar em presídio federal, mas juiz corregedor reduziu o prazo de três para um ano (Foto: Arquivo)

Apesar da idade avançada e dos graves problemas de saúde, o juiz federal Walter Nunes da Silva Júnior, aceitou manter Jamil Name, 81 anos, por mais 360 dias no Presídio Federal de Mossoró (RN). Para o magistrado, só a unidade federal a 3,2 mil quilômetros de Campo Grande pode impedir o poderoso empresário, acusado de chefiar a maior e mais estruturada organização criminosa de Mato Grosso do Sul, de continuar “arquitetando ações ilícitas”.

Ler mais

Preso há um ano, Jamil tem depressão e está incapacitado para vida civil, diz psiquiatra

Preso há um ano, empresário emagreceu mais de 20 quilos e sofre crises de choro (Foto: Arquivo)

Preso há praticamente um ano, desde 27 de setembro de 2019, Jamil Name, 81 anos, tem crises de choro e sofre de depressão na Penitenciária Federal de Mossoró (RN). Além disso, laudo do psiquiatra Ernane Pinheiro aponta que o poderoso empresário, acusado de chefiar grupo de extermínio, está “incapacitado para os atos da vida civil”.

Ler mais

MPE cita dois homicídios de Name e pede para juiz manter “coronel de MS” no RN

Jamil Name pode voltar para a Capital em outubro, mas MPE recorre contra decisão (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Estadual solicitou, nesta quarta-feira (9), a prorrogação da estadia do empresário Jamil Name, 81 anos, por mais um ano no Presídio Federal de Mossoró (RN). Para justificar o pedido, as promotoras destacaram a decisão do Supremo Tribunal Federal, mais duas denúncias de homicídio e o fato do octogenário se comportar como “coronel de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul”.

Ler mais

Por risco à sociedade e segurança de MS, Jamil Name vai ficar em Mossoró por dois anos

Empresário vai ser obrigado a mudar estratégia de defesa após juiz acatar pedido para mantê-lo preso por dois anos em Mossoró (Foto: Arquivo)

Réu em cinco ações criminais e acusado de chefiar grupo de extermínio, Jamil Name, 81 anos, representa grave risco à segurança pública e à sociedade de Mato Grosso do Sul. A conclusão é do juiz corregedor Walter Nunes da Silva Júnior, que aceitou o pedido para manter o empresário por dois anos, até outubro de 2021, no Presídio Federal de Mossoró, a mais de 3,2 mil quilômetros de Campo Grande.

Ler mais

Augusto Aras cita plano para matar autoridades para impedir volta de Jamil Name a MS

Chefe do MPF, Augusto Aras, tenta melar transferência de Jamil Name a Campo Grande (Foto: MPF/Divulgação)

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recorreu, nesta sexta-feira (12), contra o retorno do empresário Jamil Name, 81 anos, a um presídio estadual de Mato Grosso do Sul. Além de apontar duas irregularidades no habeas corpus, ele cita o suposto plano do octogenário para matar autoridades da segurança pública como vingança pela prisão ocorrida na Operação Omertà, deflagrada no dia 27 de setembro do ano passado.

Ler mais

Oito meses depois, Jamil Name obtém liminar no STF para deixar isolamento e voltar a MS

Marco Aurélio concede liminar e manda Jamil Name de volta a Campo Grande (Foto: Nelson Jr/STF)

Após oito meses, o empresário Jamil Name, 81 anos, vai deixar o isolamento no Presídio Federal de Mossoró (RN) e retornar ao Centro de Triagem Anísio Lima, em Campo Grande. A decisão, publicada nesta sexta-feira (5), é do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal. Com a decisão, o suposto chefe do grupo de extermínio voltará à unidade onde teria planejado a execução do delegado Fábio Peró, do Garras.

Ler mais

Apesar de surto de coronavírus em Mossoró, juiz mantém Jamil Name isolado em presídio

Defesa diz que Jamil Name acabou se tornando o preso mais velho e doente do sistema penitenciário brasileiro (Foto: Arquivo)

Apesar do surto do coronavírus em Mossoró (RN), que contabiliza 63 pacientes e cinco mortes, o juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, manteve a prisão preventiva do empresário Jamil Name, 80 anos. Nos últimos dias, ele já teve os pedidos de habeas corpus negados pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, pelo Superior Tribunal de Justiça e até pelo Supremo Tribunal Federal.

Ler mais

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑