Ex-ministro teve queda do prestígio, de 73% para 35%, mas ainda segue atrás apenas de Lula e na frente de Bolsonaro, Ciro, Doria, Huck e Moro (Foto: Arquivo)

Pesquisa da XP/Ipesp mostra que a avaliação positiva do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) caiu pela metade em um ano, de 73% para 35%. Apesar disso, o campo-grandense fica em 2º lugar no ranking nacional, atrás apenas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com avaliação positiva feita por 39% dos eleitores ouvidos entre os dias 29 e 31 de março em todo o País.

Ler mais