Tag: organização criminosa (page 2 of 7)

Advogado da Lava Jato é o 15º integrante da equipe de defesa de Reinaldo na Vostok

Advogado de Curitiba, Renato Andrade reforça o batalhão de advogados contratado por Reinaldo para defendê-lo no STJ (Foto: Arquivo)

O batalhão de 14 advogados não foi considerado suficiente pelo governador de Mato Grosso do Sul, denunciado por receber R$ 67,791 milhões em propinas da JBS e por três crimes: corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Neste mês, Reinaldo Azambuja (PSDB) contratou o 15º advogado, Renato Cardoso de Almeida Andrade, do Paraná e defensor de réu na Operação Lava Jato.

Ler mais

Omertà: apoio de 18 deputados não livra Jamilson Name de usar tornozeleira eletrônica

Jamilson se tornou o primeiro deputado a frequentar a Assembleia com tornozeleira eletrônica (Foto: Arquivo)

O apoio de 18 deputados estaduais não livrou o deputado estadual Jamilson Name (sem partido), réu por organização criminosa armada e lavagem de dinheiro do jogo do bicho, de usar tornozeleira eletrônica. A decisão da Assembleia Legislativa só afastou uma medida cautelar definida pela Justiça, o recolhimento noturno, que comprometeria o exercício do mandato.

Ler mais

Gaeco pede colocação imediata de tornozeleira eletrônica no deputado Jamilson Name

Deputado corre o risco de frequentar o legislativo com tornozeleira (Foto: Arquivo)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) pediu, na tarde desta quarta-feira (27), a colocação imediata de tornozeleira eletrônica no deputado estadual Jamilson Name (sem partido). Ele é acusado de ser um dos líderes da suposta organização criminosa ao lado do pai e do irmão, respectivamente, Jamil Name e Jamil Name Filho, presos desde 27 de setembro do ano passado.

Ler mais

Juiz proíbe Jamilson de ter contato com 100 e dá 24h para legislativo livrá-lo de tornozeleira

Deputado está proibido de deixar o País e manter contato com 100 réus e testemunhas na Operação Omertà (Foto: Arquivo)

A Justiça impôs uma série de medidas cautelares ao deputado estadual Jamilson Name (sem partido), como entrega do passaporte e proibição de manter contato com 100 réus e testemunhas na Operação Omertà. A situação do parlamentar, acusado de chefiar organização criminosa ao lado do pai e do irmão, pode ficar pior, caso o legislativo não o livre da tornozeleira eletrônica. A Assembleia tem 24 horas para tomar a decisão.

Ler mais

MPF é contra desmembrar denúncia contra Reinaldo por se tratar de organização criminosa

Subprocuradora-geral da República diz que tucano chefia organização criminosa e quer manter ação contra todos os 24 no STJ, inclusive o prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra (PSDB) (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Federal é contra o desmembramento da Ação Penal 980, que denunciou o pagamento de R$ 67,791 milhões em propinas a Reinaldo Azambuja (PSDB). Em parecer protocolado no dia 18 de dezembro do ano passado, a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, ressalta que se trata de uma única organização criminosa – integrada por pecuaristas, empresários e políticos – e comandada pelo governador de Mato Grosso do Sul.

Ler mais

STJ impõe mais uma derrota a Reinaldo e nega pedido para pôr propina da JBS em sigilo

Em dia de desfecho favorável no STJ, Reinaldo participou da posse do presidente do TCE, conselheiro Iran Coelho das Neves (Foto: Chico Ribeiro)

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça impôs, na tarde desta quarta-feira (16), mais uma derrota ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e negou, de novo, pedido para decretar sigilo na denúncia de pagamento de R$ 67,791 milhões em propina da JBS. A decisão repetiu o julgamento de 14 de março do ano passado, quando o tucano já mostrava incomodo com a publicidade do escândalo.

Ler mais

Foragido há 6 meses e respirando com ajuda de oxigênio, Fahd Jamil insiste na prisão domiciliar

Fahd Jamil alega que precisa de ajuda para respirar à noite para não fazer companhia ao afilhado e ao compadre na prisão (Foto: Arquivo)

Foragido há quase seis meses, o poderosíssimo empresário Fahd Jamil, 79 anos, citou, em novo pedido de habeas corpus, que necessita de ajuda de oxigênio para respirar à noite. Réu por chefiar organização criminosa, corrupção, tráfico de armas e pela execução do chefe da segurança Assembleia Legislativa, Ilson Martins Figueiredo, ele insistiu na substituição da prisão preventiva pela domiciliar.

Ler mais

Reinaldo apela de novo para atrasar julgamento no STJ e Zé Teixeira pede restituição de bens

Futuro de Reinaldo nas mãos dos ministros Humberto Martins e Felix Fischer, respectivamente, presidente do STJ e relator (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ingressou com mais um recurso para postergar o julgamento da denúncia do suposto pagamento de R$ 67,791 milhões em propinas pela JBS em troca de incentivos fiscais. Já o primeiro secretário da Assembleia, Zé Teixeira (DEM) ingressou com pedido de restituição dos bens apreendidos na Operação Vosto, quando chegou a ser preso, em 12 de setembro de 2018.

Ler mais

Fux nega pedido de Reinaldo e habeas corpus para trancar denúncia no STJ fica com Fachin

Reinaldo Azambuja vai ter pedido de habeas corpus julgado por Fachin, que tem fama de linha dura e já negou pedidos do tucano (Foto: Divulgação)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, negou pedido do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para sortear novo relator para julgar o habeas corpus para trancar a ação penal 980 no Superior Tribunal de Justiça. Com a decisão, o futuro do tucano volta a ficar nas mãos do ministro Edson Fachin, que tem fama de não ser muito tolerante com políticos envolvidos em suspeitas de corrupção.

Ler mais

Juiz manda soltar policial federal acusado de integrar dois grupos de extermínio

Defendido pelo juiz Odilon de Oliveira e pelo filho, o vereador Odilon Júnior (PSD), Everaldo Monteiro vai deixar a prisão após um ano e um mês (Foto: Arquivo)

O juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal, revogou, nesta terça-feira (27), a prisão preventiva do policial federal Everaldo Monteiro de Assis, acusado de integrar os grupos de extermínio chefiados por Jamil Name, 81 anos, e Fahd Jamil, 79. Ele estava preso desde 27 de setembro do ano passado, quando foi deflagrada a primeira fase da Operação Omertà.

Ler mais
« Older posts Newer posts »

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑