Tag: operação sangue frio

Após sete anos, ação que cobra R$ 102,7 milhões da Máfia do Câncer volta à Justiça Estadual

Adalberto Siufi conseguiu convencer TRF3 de que competência para julgar ação por improbidade é da Justiça Estadual (Foto: Arquivo)

Ação de improbidade administrativa com ressarcimento contra os supostos integrantes da Máfia do Câncer voltou para a 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos. Protocolada há quase sete anos pelo Ministério Público Estadual e Federal, a denúncia cobra R$ 102,7 milhões dos ex-administradores do Hospital do Câncer Alfredo Abrão, como os médicos Adalberto Abrão Siufi e Issamir Farias Saffar.

Ler mais

Filha de Siufi usou nota falsa de pintura para tirar R$ 10 mil do Hospital do Câncer, diz MPF

Betina Siufi pegou R$ 10 mil ao simular serviço de pintura que não existiu, segundo procuradoria (Foto: Arquivo)

A ex-administradora do Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Betina Moraes Siufi Hilgert, usou nota fiscal frisa para desviar R$ 10 mil da instituição em 2013. Esta é uma das denúncias decorrente da Operação Sangue Frio, deflagrada há oito anos, e que acabou sendo transferida após cinco anos da 5ª Vara Federal para a Justiça estadual.

Ler mais

Juíza inocenta ex-diretor do HU e mais 3 por licitação fictícia em contrato de R$ 10 milhões

Médico Wilson Canteiro foi declarado inocente em denúncia feita pelo MPF em 2018 (Foto: Arquivo)

Sentença da 3ª Vara Federal de Campo Grande inocentou o médico Wilson de Barros Cantero, ex-diretor técnico do Hospital Universitário, e mais três pessoas de denúncia na Operação Sangue Frio. Eles foram acusados pelo Ministério Público Federal de simular licitação para legalizar contrato de R$ 10,057 milhões com a H. Strattner e de atestar o pagamento de R$ 429,8 mil por serviços não realizados.

Ler mais

Tribunal absolve médica e dá pito em promotor por denúncia contra filha de Adalberto Siufi

Desembargador Dorival Renato Pavan diz que não há indício de improbidade nem enriquecimento ilícito contra médica Rafaela Moraes Siufi Silva (Foto: Arquivo)

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul determinou o arquivamento da ação de improbidade administrativa contra a médica Rafaela Moraes Siufi Silva, acusada de receber da prefeitura da Capital para prestar serviço pela própria empresa no Hospital do Câncer Alfredo Abraão. Além de absolve-la, o desembargador Dorival Renato Pavan, relator, deu “pito” no Ministério Público pela denúncia contra a filha do médico Adalberto Siufi, alvo da Operação Sangue Frio, da Polícia Federal no início de 2013.

Ler mais

Prescrição “salva” 4 servidores e um é demitido cerca de seis anos após a Sangue Frio

Polícia Federal descobriu a Máfia do Câncer em 19 de março de 2013, mas quase seis anos depois, ninguém foi punido pela Justiça Federal em MS (Foto: Arquivo)

Quase seis anos depois da Operação Sangue Frio, que apurou desvios e superfaturamento no Hospital Universitário, o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União concluiu o procedimento administrativo contra seis servidores. A prescrição livrou quatro funcionários da punição e apenas um acabou demitido por improbidade administrativa. Ler mais

Farra na saúde! Médica recebia do município para trabalhar na própria empresa

Filha de Adalberto Siufi tinha cargo na prefeitura, mas era cedida para prestar serviço pela própria empresa ao Hospital do Câncer: duas horas semanais e R$ 12 mil por mês (Foto: Arquivo)

Mais um caso da farra sem limites nos gastos com o dinheiro da saúde. A pediatra Rafaela Moraes Siufi, 38 anos, filha do médico Adalberto Siufi, virou ré por receber salários sem trabalhar para o município de Campo Grande. O pior, ela recebia para prestar serviço no Hospital do Câncer Alfredo Abrão pela própria empresa, a Blue Med Serviços Médicos. Ler mais

Ex-diretor do HU vira réu por licitação fictícia para legalizar contrato de R$ 10 milhões

Operação Sangue Frio: mais um médico se torna réu por suposto desvio de recursos públicos do Hospital Universitário (Foto: Arquivo)

O médico Wilson de Barros Cantero, 56 anos, ex-diretor técnico do Hospital Universitário, virou réu na Operação Sangue Frio. Conforme denúncia do MPF (Ministério Público Federal), ele simulou licitação para legalizar o contrato de R$ 10,057 milhões com a H. Strattner e atestou o pagamento de R$ 429,8 mil por serviços não realizados. Ler mais

Vítima de morte misteriosa em sauna, ex-diretor do HU era réu em nove ações na Sangue Frio

Dorsa morreu após passar mal em sauna. Por ser médico conceituado, morte levanta teorias da conspiração sobre queima de arquivo (Foto: Arquivo)

Um dos principais alvos da Máfia do Câncer, investigada há cinco anos na Operação Sangue Frio, o ex-diretor geral do Hospital Universitário, o médico José Carlos Dorsa Vieira Pontes, 51 anos, morreu, de forma misteriosa, ontem à noite em uma sauna no Jardim dos Estados. Com os bens bloqueados, ele era réu em nove ações, sendo quatro penais e cinco por improbidade administrativa. Ler mais

Dinheiro desviado por “máfia” poderia concluir hospital e melhorar tratamento do câncer

Siufi luta na Justiça para não devolver dinheiro supostamente desviado de hospital (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Há quatro anos, o MPF (Ministério Público Federal) tenta reaver na Justiça a fortuna desviada por uma organização criminosa do Hospital do Câncer Alfredo Abrão, em Campo Grande. Conclusão da Operação “Sangue Frio” apontou que foram desviados R$ 27 milhões da instituição, dinheiro suficiente para concluir  a obra de ampliação da unidade, orçada em R$ 28 milhões. Ler mais

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑