Tag: operação mineração de ouro (page 1 of 2)

PF investiga se Waldir Neves tinha terras no Maranhão e vendeu fazenda de R$ 17 milhões

Ex-presidente do TCE é investigado por propriedades rurais no Maranhão (Foto: Arquivo)

A Polícia Federal investiga a existência de terras do conselheiro Waldir Neves Barbosa, ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, no Maranhão, a 2.500 quilômetros de Mato Grosso do Sul. Alvo da Operação Mineração de Ouro, deflagrada com aval do Superior Tribunal de Justiça na última terça-feira (8), ele também pode ter vendido uma fazenda por R$ 17 milhões no Pará.

Ler mais

Conselheiro do TCE teve R$ 2,9 mi atípicos em 2019 e 4 empresas “faliram” após transferência

Policiais Federais permaneceram no TCE até às 10h40 de quarta-feira, dia seguinte à Operação Mineração de Ouro (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

A quebra do sigilo bancário encontrou depósitos atípicos de aproximadamente R$ 3 milhões apenas em 2019 ao ex-secretário estadual de Governo e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Osmar Domingues Jeronymo. Das 14 empresas responsáveis pelo repasses, oito tinham menos de um ano de funcionamento e quatro encerraram as atividades após realizar a transferência do dinheiro, de acordo com a Polícia Federal.

Ler mais

Fórum dos Servidores: PF no TCE deixa sensação de que em MS está “REINANDO” a corrupção

Publi O Jacaré

Em nota, o Fórum dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul repudia a corrupção no Tribunal de Contas do Estado, que “teria como função específica fiscalizar a aplicação do dinheiro do povo, principalmente pelos gestores públicos”. Para a entidade, composto por vários sindicatos, a Operação Mineração de Ouro, deflagrada pela Polícia Federal no dia 8 deste mês, deixa a sensação no imaginário popular “de que em MS está ‘REINANDO’ a corrupção”.

Ler mais

Após entrar no TCE, Waldir recebeu três fazendas avaliadas em R$ 6,3 mi de agropecuária

Ex-presidente do TCE diz que recebeu fazendas como pagamento de créditos de empresa que deixou a sociedade em 2009 (Foto: Arquivo)

O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Waldir Neves Barbosa, recebeu três propriedades rurais, avaliadas em R$ 6,3 milhões, da Agropecuária Água Viva. No entanto, ele alega que deixou a empresa em julho de 2009, quando foi nomeado para integrar a corte fiscal pelo governador André Puccinelli (MDB). A Polícia Federal suspeita que o ex-deputado mantém vínculo com a agropecuária.

Ler mais

Entidades apontam “vícios” no TCE e pedem afastamento dos três conselheiros investigados

Associações de auditores querem o afastamento de Osmar Jeronymo, Ronaldo Chadid e Waldir Neves e abertura de procedimento administrativo contra conselheiros investigados pela PF (Foto: Arquivo)

Entidades dos auditores cobraram o afastamento dos três conselheiros do Tribunal de Contas do Estado – Osmar Domingues Jeronymo, Ronaldo Chadid e Waldir Neves Barbosa – investigados na Operação Mineração de Ouro, deflagrada ontem (8) pela Polícia Federal. Em nota, elas voltaram a alertar para três vícios cometidos pela corte fiscal, que dificulta o combate à corrupção e a transparência.

Ler mais

PF apura negócios milionários de Osmar Jeronymo com sócio de Beira-mar e preso por tráfico

Indicado ao TCE por André Puccinelli e salário base de R$ 39 mil, Osmar Jeronymo é um dos principais alvos da Operação Mineração de Ouro (Foto: Arquivo)

Ex-secretário estadual de Governo e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Osmar Domingues Jeronymo, é investigado pela Polícia Federal por usar envolvidos com o tráfico internacional de drogas para lavar dinheiro supostamente proveniente de corrupção. De acordo com despacho do ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça, em transação imobiliária com o braço direito do narcotraficante Fernandinho Beira-mar, ele teria ganho 81,06% em quatro meses.

Ler mais

TCE pagou R$ 80,7 milhões a empresa que contratou parentes de conselheiros e de políticos

Corte fiscal contratou de capataz de fazenda a advogado com bons salários para atuar como administrador de redes e analistas de informática (Foto: Arquivo

A empresa Dataeasy Consultoria e Informática Ltda, que recebeu R$ 80,743 milhões do Tribunal de Contas do Estado entre 2018 e 2020, está no centro das investigações da Operação Mineração de Ouro, deflagrada nesta terça-feira (8) pela Polícia Federal. Ela é acusada de contratar parentes de conselheiros e políticos e até de abrigar funcionários fantasmas, conforme despacho do ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça.

Ler mais

Advogado perde R$ 7,7 milhões ao não explorar mina comprada de sobrinho de conselheiro

Operação Mineração de Ouro cumpriu 20 mandados de busca e apreensão nesta terça (Foto: Divulgação)

Um dos principais alvos da Operação Mineração de Ouro, deflagrada nesta terça-feira (8) pela Polícia Federal, é advogado Félix Jayme Nunes da Cunha. Conforme a PF, assessor do conselheiro Osmar Domingues Jeronymo, ele pagou R$ 7,7 milhões em uma mineradora de cobre em Bela Vista, mas acabou perdendo o investimento ao deixar vencer o alvará sem explorar a atividade.

Ler mais

Operação Mineração de Ouro apreende R$ 1,6 milhão em dois endereços ligados a conselheiros

Neste local, PF usou máquina de contar dinheiro: R$ 955,3 mil em dinheiro de vários países (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal contabilizou a apreensão de R$ 1,6 milhão em dois endereços ligados aos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira (8), a Operação Mineração de Ouro cumpriu 20 mandados de busca e apreensão autorizados pelo Superior Tribunal de Justiça. Três conselheiros são alvos da investigação dos crimes de corrupção, desvio de recursos públicos e fraudes em licitação.

Ler mais

Ministro do STJ quebra sigilos bancário e fiscal de 20 envolvidos em esquema do TCE

Operação da PF combate organização criminosa que seria integrada pro três conselheiros do TCE (Foto: Divulgação)

O ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça, determinou a quebra dos sigilos bancários e fiscal de 20 pessoas envolvidas no esquema de desvios de recursos públicos investigados na Operação Mineração de Ouro. Entre os investigados, estão três conselheiros do Tribunal de Contas do Estado: Ronaldo Chadid, Waldir Neves e Osmar Domingues Jeronymo.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑