Tag: operação dark money

Acusado por comprar “fraldas fantasmas”, ex-chefe de licitação comprou fazenda de R$ 3,1 mi

Operação Fraldas Fantasmas cumpriu mandados de busca e apreensão ontem (Foto: Divulgação)

Investigado por compra de fraldas não entregues na Prefeitura de Maracaju, o ex-chefe da comissão de licitações, Edmilson Alves Fernandes teria comprado uma fazenda de R$ 3,1 milhões em Bodoquena. As novas revelações mostram mais malfeitos na gestão de Maurílio Ferreira Azambuja, o Dr. Maurílio (MDB), investigado por desviar R$ 23 milhões do município por meio de conta fantasma.

Ler mais

Ex-prefeito e ex-secretário de Fazenda viram réus pelo desvio de R$ 23,4 milhões em Maracaju

Dr. Maurílio Azambuja, primo do governador Reinaldo Azambuja, virou réu por desvio de dinheiro da prefeitura (Foto: Arquivo)

O ex-prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja, o Dr. Maurílio (MDB), e o ex-secretário municipal de Fazenda, Lenilso Carvalho Antunes (MDB), viraram réus pelo desvio de R$ 23,479 milhões por meio de “conta fantasma” entre 2019 e 2020. A denúncia por peculato, que inclui mais sete pessoas, foi recebida pelo juiz Raul Ignatius Nogueira, da 2ª Vara Cível e Criminal de Maracaju.

Ler mais

Polícia vai investigar se há elo entre fortuna apreendida em SP e corrupção em Maracaju

Fortuna apreendida em São Paulo em carreta com placas de Maracaju (Foto: Divulgação)

O DRACCO (Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado) vai apurar se há ligação entre os desvios investigados na Operação Dark Money e os R$ 11,5 milhões apreendidos nesta quinta-feira em uma carreta em São Paulo. Desde o dia 22 do mês passado, o ex-prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, o Dr. Maurílio, e o ex-secretário municipal de Fazenda, Lenilso Carvalho Antunes, ambos do MDB, são investigados pelo desvio de R$ 23 milhões.

Ler mais

Ex-prefeito admite ter aberto conta usada para desviar R$ 23 mi e deixa cadeia de tornozeleira

Foragido por três dias, ex-prefeito vai continuar preso, mas em casa e com monitoramento eletrônico (Foto: Arquivo)

O ex-prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja, o Dr. Maurílio (MDB), admitiu, em depoimento à Polícia Civil, que abriu a conta de fachada, usada para desviar RR$ 23 milhões da prefeitura. No entanto, ele nega que sabia das falcatruas. Em decorrência da suspeita do envolvimento no esquema criminoso, a Justiça decretou a prisão preventiva do emedebista, mas permitiu que ele fique em casa mediante monitoramento eletrônico em decorrência da idade e problemas de saúde.

Ler mais

Juiz decreta preventiva de quatro e põe tornozeleira em dois por desvio de R$ 23 mi em Maracaju

Atrás das grades: Dr. Maurílio Azambuja levou 72 horas para deixar fazenda no Pantanal e chegar à delegacia de combate à corrupção na Capital (Foto: Arquivo)

A Justiça decretou a prisão preventiva de quatro dos oito envolvidos no suposto esquema criminoso que desvio R$ 23 milhões da Prefeitura Municipal de Maracaju. Preso temporariamente desde sexta-feira (24), o ex-prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, o Dr. Maurílio (MDB), pode deixar a prisão amanhã. O 8º envolvido com a organização criminosa foi preso no domingo (26), com a deflagração da 2ª fase da Operação Dark Money.

Ler mais

Foragido acusado de desviar R$ 23 mi, ex-prefeito do MDB ficou rico e pobre na prefeitura

Policiais civis recolhem produtos apreendidos em Maracaju para trazer para perícia na Capital (Foto: Divulgação)

O médico e ex-prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja (MDB), foi o único dos sete com a prisão temporária decretada pela Justiça que escapou da Operação Dark Money, deflagrada nesta quarta-feira (22) pelo DRACCO (Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado). Conforme declarações feitas à Justiça Eleitoral, ele ficou rico e pobre nos três mandatos como prefeito de Maracaju.

Ler mais

Ex-prefeito e ex-secretários têm prisão decretada por desviar R$ 23 mi da prefeitura de Maracaju

Operação Dark Money cumpriu mandado de busca e de prisão na casa de Dr. Maurílio, prefeito por três mandatos de Maracaju (Foto: Divulgação)

A Justiça decretou a prisão temporária do ex-prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja, 73 anos, e do ex-secretário municipal de Fazenda, Lenilso Carvalho Antunes, ambos do MDB. Eles são acusados de criar uma conta bancária de fachada para desviar R$ 23 milhões nos últimos dois anos da Prefeitura Municipal de Maracaju. Mais cinco pessoas tiveram a prisão temporária decretada.

Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑