Brandino foi localizado pelo Departamento de Combate à Corrupção na Capital: ele nem se deu ao trabalho de fugir para o Paraguai (Foto: Divulgação)

Dado como morto em acidente de trânsito há três anos e sete meses, o contador Tércio Moacir Brandino, 59 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (6) pelo DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado). Alvo de grandes operações da Polícia Federal e do Gaeco, como a Lama Asfáltica, o contador tem seis mandados de prisão preventiva em aberto e estava foragido há quatro anos.

Ler mais