Obra do corredor segue a pleno vapor nas avenidas Marechal Deodoro e Gunter Hans (Foto: O Jacaré)

Devido ao risco da Prefeitura de Campo Grande perder o financiamento de R$ 120 milhões, o juiz Ariovaldo Nantes Corrêa, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, negou liminar para suspender as obras do corredor do transporte coletivo. Além de dar mais velocidade nos ônibus urbanos, o projeto prevê o recapeamento das principais vias de acesso na Capital.

Ler mais