Tag: ministro dias toffoli (page 1 of 2)

Trutis tem nova derrota no STF e volta a bombardear trabalho da PF para se livrar de inquérito

O deputado federal Loester Trutis (PSL) sofreu nova derrota no Supremo Tribunal Federal ao ter pedido de habeas corpus negado pelo ministro Dias Toffoli. No esforço para se livrar do inquérito 4.857, em que é investigador por falsa comunicação de crime e simular um atentado contra si, o parlamentar voltou a bombardear o trabalho da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul.

Ler mais

Presidente do STF nega 2º pedido de Trutis para suspender investigação da PF

Deputado alega ter foro especial para não ser investigado pela PF de MS (Foto: Arquivo)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, negou, na quarta-feira (6), pedido de habeas corpus do deputado federal Loester Trutis (PSL) para trancar o inquérito 4.857. O parlamentar recorreu ao foro especial para tentar impedir a Polícia Federal de concluir a investigação de que ele simulou o atentado a bala em fevereiro do ano passado.

Ler mais

Em dia de derrotas, Jamil Name continua em Mossoró e volta a MS será decidida em agosto

Jamil Name tem aval do Ministério da Justiça para continuar em Mossoró (Foto: Arquivo)

Acusado de chefiar grupo de extermínio e planejar o assassinato de autoridades em Mato Grosso do Sul, o empresário Jamil Name, 81 anos, teve dia de derrotas nesta sexta-feira (26). Além de continuar no sistema RDD (Regime Disciplinar Diferenciado) na Penitenciária Federal de Mossoró (RN), o retorno a Mato Grosso do Sul só poderá ocorrer na segunda quinzena de agosto, já que pedido de transferência vai ser analisado no julgamento virtual da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal de 7 a 13 daquele mês.

Ler mais

Em vídeo gravado, Jamil Name oferece até R$ 600 milhões a ministro em troca de liberdade

Empresário é gravado pedindo para juiz levar recado a “amigo lá de cima” para tirá-lo da cadeia em troca de uma fortuna (Foto: Arquivo)

Acusado de chefiar um grupo de extermínio na Capital e réu em quatro ações criminais, o empresário Jamil Name, 81 anos, ofereceu de R$ 100 milhões a R$ 600 milhões em troca da liberdade a um “ministro”. A proposta está gravada em vídeo durante audiência presidida pelo juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, sobre a apreensão do arsenal de armas de guerra em poder do guarda municipal Marcelo Rios.

Ler mais

Dias Toffoli nega pedido para mudar de relator e Marco Aurélio decide transferência de Name

Toffoli sinaliza que Marco Aurélio continuar como relator do habeas corpus de Jamil Name (Foto: Rosinei Coutinho/STF)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, negou pedido do Ministério Público Federal para mudar o relator do habeas corpus do empresário Jamil Name, 81 anos, acusado de chefiar grupo de extermínio. Com a decisão, a volta do octogenário a Mato Grosso do Sul vai continuar nas mãos do ministro Marco Aurélio de Mello, que já ignorou as graves acusações e os supostos planos para matar autoridades.

Ler mais

Presidente do STF decidirá se houve erro em HC e volta de Jamil Name a MS pode ser suspensa

Dias Toffoli, presidente do STF, poderá suspender transferência de Jamil Name (Foto: Rosinei Coutinho/STF)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, vai decidir se houve erro na distribuição do habeas corpus e o retorno do poderoso empresário Jamil Name a Mato Grosso do Sul pode ser suspenso. Após ser alertado duas vezes pelo Ministério Público Federal, o ministro Marco Aurélio, que concedeu a liminar, admitiu a possibilidade de que o relator do pedido deveria ser o ministro Luiz Fux.

Ler mais

Supremo nega habeas corpus e Jamil Name passa festas longe dos “amigos poderosos”

Idade avançada e doenças não sensibilizaram presidente do STF para conceder prisão domiciliar a empresário, que está a 3,2 mil km longe da esposa (Foto: Arquivo)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, negou, nesta segunda-feira (30), habeas corpus a Jamil Name, 80 anos, preso desde 27 de setembro deste ano na Operação Omertà. Esta será a primeira vez que o empresário, acusado de chefiar grupo de extermínio, vai passar as festas de fim de ano sem a badalação de “amigos poderosos”, como autoridades, políticos, magistrados, delegados e socialites.

Ler mais

Toffoli nega liminar para adiar julgamento de Vander até realização de perícia judicial

Ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo, negou pedido para suspender processo contra deputado do PT (Foto: Nelson Jr./STF)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, negou, na véspera de Natal, a concessão de liminar para adiar o julgamento do deputado federal Vander Loubet (PT) até a realização de perícia judicial. O petista deve ser julgado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo suposto recebimento de propina de R$ 1,028 milhão em esquema na BR Distribuidora.

Ler mais

Mais alto no País, salário de juiz estadual de MS é 76% maior que o pago a ministro do STJ

TJMS paga o maior salário de juiz e desembargador do País, diz CNJ (Foto: Arquivo)

O salário dos 210 juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul continua sendo o mais alto do País. O valor médio de R$ 85.745 é 76,6% maior que o pago aos ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e bate com folga a média salarial dos magistrados federais e da Justiça do Trabalho.

Ler mais

Réus usam Toffoli para dar 2º golpe na Lama Asfáltica, mas juiz rechaça estratégia

Decisão do presidente STF, ministro Dias Toffoli, virou a nova arma de investigados para suspender ações na Lama Asfáltica (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

Seis réus usaram a polêmica liminar do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, para dar o segundo golpe na Operação Lama Asfáltica, que apura o maior esquema de corrupção de Mato Grosso do Sul. No entanto, o juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal de Campo Grande, rechaçou, de forma contundente, a estratégia para postergar a segunda sentença.

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑