Nenhum ministro votou pela anulação da reeleição antecipada em um ano e meio da Mesa Diretora da Câmara de Campo Grande (Foto: Arquivo)

O plenário do Supremo Tribunal Federal negou o pedido do Partido Verde para anular a reeleição antecipada do atual presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB). No entanto, oito ministros acompanharam o voto da relatora, Cármem Lúcia, que limitou a apenas uma reeleição, apesar da Constituição permitir apenas um mandato por legislatura.

Ler mais