Tag: ministério da saúde (page 1 of 2)

Pazuello diz ao STF que MS não tem seringas para campanha contra covid-19; Estado nega

Ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse ao Supremo que Mato Grosso do Sul não tem seringas suficientes para vacinação contra covid-19 (Foto: Agência Brasil)

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, informou ao Supremo Tribunal Federal que sete estados brasileiros não possuem estoque suficiente de insumos para iniciar a campanha de vacinação contra o coronavírus. Um deles seria Mato Grosso do Sul, que dispõe de apenas 162,8 mil seringas e agulhas para uma população de 2,8 milhões.

Ler mais

CGU constata superfaturamento e falhas na saúde indígena, que Mandetta prometeu mudar

Índios chegaram a fazer protesto no início da gestão de Mandetta (Foto: Arquivo)

Auditoria da CGU (Controladoria-Geral da União) constatou falhas e até superfaturamento nos contratos da saúde indígena na gestão de Luiz Henrique Mandetta. A área foi eleita como uma das prioridades do médico campo-grandense quando assumiu o comando do Ministério da Saúde no dia 2 de janeiro de 2019, logo após ser empossado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ler mais

Mandetta falou em pegar “trezoitão” e cravar em filhos de Bolsonaro, revela ex-assessor

Em livro, ex-assessor revela indignação de ex-ministro com filhos de presidente da República (Foto: Arquivo)

Mais revelações sobre a conturbada demissão do médico Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde põe mais combustível na rixa com o presidente da República. “Minha vontade é pegar um trezoitão e cravar neles. Pelo menos passava a minha raiva”, teria dito o ex-ministro, durante desabafo, sobre os filhos de Jair Bolsonaro (sem partido), o vereador Carlos Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro, do Republicanos.

Ler mais

Mandetta estima que pandemia do coronavírus causará 150 mil mortes no Brasil

Ex-ministro prevê mais três meses duros no combate ao coronavírus no Brasil (Foto: Arquivo)

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estimou, em entrevista ao jornal O Globo, que a pandemia do coronavírus causará 150 mil mortes no Brasil. Além de prever mais três meses duros, ele também voltou a criticar o protocolo para uso da cloroquina contra a Covid-19, proposto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que levou à demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich.

Ler mais

Governador do DF e dono de hospital aprovam demissão de Mandetta: “já foi tarde”

Governador do Distrito Federal diz que Mandetta errou ao ser mais político do que técnico no combate à pandemia (Foto: Arquivo)

Aprovado por 76% dos brasileiros, conforme o Datafolha, o trabalho do médico campo-grandense Luiz Henrique Mandetta, 55 anos, não foi unanimidade. O pecuarista Henrique Prata, 67 anos, administrador do Hospital do Amor, mais conhecido como Hospital do Câncer de Barretos, e o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), aprovaram a sua demissão do cargo de ministro da Saúde pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e criticaram a postura política do ex-ministro.

Ler mais

Bolsonaro não é o único: internautas minimizam pandemia e criticam sensacionalismo

Presidente da República Jair Bolsonaro, vem ignorando a pandemia: não usa máscaras nem evita aglomerações (Foto: Arquivo)

Com mais de 2 milhões de casos confirmados e 130,7 mil mortes no mundo, a pandemia do coronavírus não é minimizada apenas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Vários internautas também concordam que se trata de “gripezinha” e criticam o “sensacionalismo” em torno da Covid-19. Eles consideram histeria o isolamento social e a suspensão das atividades, principalmente, por causa dos impactos negativos na economia.

Ler mais

Máscara de pano ajuda a evitar a transmissão do coronavírus e o ideal é todos usarem proteção

Recomendação é de que todos usem máscaras para evitar propagação do vírus (Foto: Arquivo)

O Ministério da Saúde e governadores brasileiros já admitem a recomendação do uso de máscaras mesmo para quem não apresentar sintomas de covid-19. Utilizar essa forma de proteção individual como forma de prevenção em pessoas saudáveis foi inicialmente descartado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que manteve a orientação do acessório a profissionais de saúde e doentes. Para infectados, a utilização da máscara é considerada uma forma de reduzir a propagação do vírus pelas gotículas respiratórias.

Ler mais

Mandetta alerta Bolsonaro: “não é gripezinha” e “caminhões levarão corpos”, diz jornal

Após dias de silêncio, ministro teria alertado presidente da gravidade da pandemia (Foto: Arquivo)

Ministro da Saúde, o médico campo-grandense Luiz Henrique Mandetta desafiou o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), de que a Covid-19 “não é gripezinha”. Em reunião com ministros na manhã de sábado (28), ele teria alertado para o risco da pandemia causar milhares de mortes no Brasil e ainda avisou que poderá criticar o capitão em público. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Ler mais

Bolsonaro causa indignação em MS ao tentar “cancelar pandemia do coronavírus” no grito

Bolsonaro contraria orientação de ministério e critica todo mundo por isolamento social (Foto: Arquivo)

Preocupado com o provável efeito devastador do isolamento social para combater a pandemia do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) causou indignação e deixou autoridades e médicos estarrecidos com a tentativa de “cancelar o fim do mundo” no grito. Em rede nacional de rádio e televisão ontem e em entrevista hoje (25), ele condenou prefeitos e governadores pelo fechamento do comércio e suspensão das aulas.

Ler mais

Muito além do isolamento social: como a China freou a pandemia do nosso século

China fez teste em todos os pacientes e isolou doentes e quem teve contato (Foto: Arquivo)

As autoridades sanitárias dos países envolvidos na prevenção às infecções causadas pelo coronavírus não escondem a apreensão em relação aos dados registrados na Itália. Até terça-feira (24), a Covid-19 matou 18.295 pessoas, a maioria na Itália (6.820). Também são elevados dos números na Espanha (2.804), Irã (1.934) e França (1.100). Em todos esses países, as infecções levaram apenas duas semanas para ultrapassar os dois dígitos, levando o mundo a 411.242 casos identificados. Os questionamentos, contudo, estão na letalidade das contaminações porque, a despeito do elevado número de infeções, há países com baixos índices de mortes.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑