Tag: marcelo salomão (page 1 of 2)

Salomão transforma Procon em “Gaeco” do consumidor e vira terror dos maus empresários

Richelieu de Carlo Pereira
Nomeado em meio a polêmica sobre nepotismo, Marcelo Salomão tornou Procon mais ativo na defesa do consumidor (Foto: Divulgação)

O Procon de Mato Grosso do Sul tem se notabilizado pelas fiscalizações constantes em estabelecimentos no Estado, com média superior a uma diligência por dia. Os agentes do órgão se tornaram o terror das empresas que descumprem os direitos do consumidor, principalmente no comércio, supermercados, postos de combustível e bancos. As operações englobam até forças-tarefas com outros órgãos de fiscalização. Uma das investigações chegou a culminar em ameaça ao superintendente do Procon-MS.

Ler mais

Após Procon e Polícia Civil, MPE pode abrir inquérito para investigar conduta de postos

Procon já notificou 118 dos 500 postos para repassar informações sobre os preços dos combustíveis (Foto: O Jacaré)

Após serem alvos de Procon e da Polícia Civil, os postos de combustíveis podem enfrentar abertura de inquérito pelo Ministério Público Estadual. Com base na constatação de que houve reajuste abusivo no preço da gasolina e o não repasse da queda do tributo sobre o etanol ao consumidor, o Governo do Estado solicitou a abertura de investigação por porte da Promotoria de Defesa do Consumidor.

Ler mais

Com ICMS maior, gasolina chega a R$ 4,87 e Reinaldo põe Procon para “minimizar maldade”

Graças ao aumento de impostos do governador, preço da gasolina dispara e chega a R$ 4,879 (Foto: O Jacaré)

O consumidor começou a sentir na pele, nesta quarta-feira (12), o aumento de 20% na alíquota do ICMS sobre a gasolina, aprovado por 15 deputados (veja os nomes no final) e sancionado por Reinaldo Azambuja (PSDB) em novembro passado. Em Campo Grande, o combustível subiu mais que R$ 0,30 previsto e o litro passou a custar até R$ 4,879.

Ler mais

Intervenção do Procon reduz em 11%, mas valor da Placa Mercosul ainda é o 2º maior no País]

MS cobra R$ 266, em média, o segundo valor mais caro do País, enquanto no MT custa R$ 120 (Foto: Arquivo)

A intervenção do Procon reduziu em 11% o preço médio da Placa Mercosul em Mato Grosso do Sul, de R$ 300 para R$ 266. No entanto, o valor continua sendo o 2º mais caro no País, só atrás do Amapá, localizado a 2,3 mil quilômetros de Campo Grande.

Ler mais

Valor da Placa Mercosul assusta até Reinaldo e Procon promete investigar suspeita de cartel

Governador não escondeu o susto com o valor da placa Mercosul e exigiu apuração do Procon após o Detran lavar as mãos (Foto: Chico Ribeiro)

O valor da Placa Mercosul em Mato Grosso do Sul, que custa de R$ 280 a R$ 320, assustou, acredite, até o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O preço é 166% mais caro em relação aos praticados nos demais estados do Centro-Oeste e mais que o dobro do valor máximo estipulado pelo Governo de São Paulo.

Ler mais

Essa é ótima! Bradesco vai pagar indenização de R$ 10 mil por deixar cliente na fila por 2h30

Bradesco é condenado a pagar indenização por humilhar cliente e deixa-la esperando das 11h15 às 13h41 para abrir conta salário (Foto: Arquivo)

Em julgamento rápido, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul condenou o banco Bradesco a pagar indenização por danos morais de R$ 10 mil a uma cliente por ter ficado na fila por duas horas e meia. A sentença da 2ª Câmara Cível representa vitória extraordinária do consumidor sul-mato-grossense e pode representar o início da era em que leis municipais e estaduais só figuram no papel.

Ler mais

Estranho e espetacular aumento de até 2.566% na conta de luz assusta consumidores de MS

Em Dourados, população até já fez protestos contra o aumento abusivo na conta de luz (Foto: O Progresso/Arquivo)

Acostumado com os tradicionais vilões de início de ano, os impostos como IPVA e IPTU, o consumidor sul-mato-grossense se deparou com um monstro: a conta de luz. A Energisa MS deu susto em muito gente com o estranho e espetacular aumento de até 2.566% na fatura de fim de ano. Ler mais

Irmã de Marquinhos, genro de secretária e derrotados ganham cargos na gestão tucana

Tetê não conseguiu se eleger deputada estadual, mas ganhou cargo com salário de R$ 9,2 mil na Secretaria de Governo (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Edição extra do Diário Oficial, publicada neste sábado com 25 páginas, define os escolhidos para integrar a equipe do segundo mandato de Reinaldo Azambuja (PSDB). O tucano priorizou nomes técnicos para o segundo escalão, mas também garantiu cargos com bons salários para ex-prefeitos, ex-vereadores e candidatos derrotados nas últimas eleições. Ler mais

Nepotismo vira “questão de Estado”, Governo pede e TJ mantém genro de secretária no Procon

Marcos André Hanson, entre o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, e o procurador do município, Marcelo Dantas: desembargador manteve o atual chefe do Procon no cargo.

A prática do nepotismo se transformou em “questão de Estado”, ou seja, política oficial da gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ele recorreu contra a determinação do juiz da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Alexandre Tsuyoshi Ito, e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul acatou o pedido para manter advogado Marcelo Monteiro Salomão, genro da secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, no cargo de coordenador do Procon. Ler mais

Juiz barra nepotismo e manda governo demitir genro de secretária da chefia do Procon

Juiz acaba com o nepotismo e determina a exoneração imediata do chefe do Procon

O juiz da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Alexandre Tsuyoshi Ito, acatou pedido do Ministério Público Estadual e determinou a imediata demissão do advogado Marcelo Monteiro Salomão do cargo de superintendente do Procon. Ele é genro da secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, o que caracteriza prática de nepotismo, proibida pela Constituição e por súmula vinculante do Suprem Tribunal Federal. Ler mais

« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑