Tag: licitação

Juiz mantém contrato do governo com empresa após suspeita de ‘cartas marcadas’ em licitação

*Por Richelieu Pereira

O secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, assinou a dispensa de licitação para contratar a H2L Equipamentos e Sistemas LTDA. (Foto: Divulgação/Sejusp).

O juiz Ariovaldo Nantes Corrêa, da 1ª Vara de Direitos, Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos da Capital, negou liminar para suspender a contratação emergencial, ou seja, sem licitação, da H2L Equipamentos e Sistemas LTDA pelo Governo do Estado. O acordo foi fechado após o Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul apontar que houve direcionamento a favor da empresa em concorrência que acabou sendo suspensa. Segundo o MPE, as cláusulas e condições do certame foram feitas sob medida para beneficiar o grupo.

Ler mais

Governo é acusado de beneficiar empresa em pregão de R$ 5,3 milhões para alugar impressoras

*Por Richelieu Pereira
Impressoras vão atender demanda da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). (Foto: Divulgação)

O Ministério Público Estadual entrou com ação na Justiça para que o Governo do Estado suspenda o processo de licitação para contratar empresa especializada em prestação de serviços de locação de impressoras e softwares para atender demanda da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). De acordo com o edital, o valor estimado do contrato é de R$ 5,3 milhões, com pagamentos mensais de R$ 446 mil, durante um ano. Segundo o MPE, as cláusulas e condições do certame foram feitas sob medida para beneficiar a H2L Equipamentos e Sistemas.

Ler mais

Responsável pela casa de Giroto pode ganhar o 3º contrato milionário para concluir Aquário

Nova licitação do Aquário tem três concorrentes, inclusive a construtora que fez a casa de Giroto (Foto: Guilherme Pimentel – Ascom Seinfra)

A Construtora Maksoud Rahe, responsável pela construção da mansão cinematográfica de Edson Giroto, foi habilitada e pode ganhar a 3ª licitação para concluir as obras do Aquário do Pantanal. A empresa disputa com outras duas o contrato das instalações elétricas, com valor previsto de R$ 7,247 milhões.

Ler mais

Com MS “sem dinheiro”, Governo luta para pagar meio milhão a mais para a 2ª colocada

Apesar da falta de dinheiro para muita coisa, gestão de Reinaldo não prioriza a proposta mais vantajosa para pavimentação rodovia (Foto: Chico Ribeiro/Arquivo)

Uma briga milionária na Justiça expõe ainda mais o estilo de gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Para contratar a segunda colocada em uma licitação, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) recorreu contra liminar do Tribunal de Justiça. O problema é que isto vai custar mais de meio milhão de reais aos cofres de Mato Grosso do Sul, que está com as finanças em colapso e sem dinheiro para pagar abono e conceder reajuste salarial aos 75 mil funcionários.

Ler mais

Juiz não vê “erro” em diferença de 268% e mantém licitação do kit escolar

Marquinhos convenceu magistrado de que não há irregularidade em certame para compra de kits escolares para o próximo ano letivo (Foto: Arquivo)

A Justiça negou pedido de liminar do Ministério Público Estadual para suspender a licitação do kit escolar, que prevê gasto de R$ 7,3 milhões. Os argumentos de suposto direcionamento e sobrepreço de até 268% não convenceram o juiz Marcel Henry Batista de Arruda, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos. Ler mais

Projeto malfeito permite desvios, promotor exige licitação e mela pacto para concluir Aquário

Conclusão de Aquário do Pantanal, projetado para ser referência mundial, começa a virar miragem na Capital (Foto: Arquivo)

A Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal, concluiu que o projeto básico malfeito é a causa do estouro no orçamento e dos desvios no Aquário do Pantanal. Com base na investigação, o promotor Marcos Alex Vera de Oliveira, da 30ª Promotoria do Patrimônio Público, ingressou com ação na Justiça para obrigar a realização de nova licitação para concluir a obra, que poderá custar R$ 38,7 milhões aos cofres públicos. Ler mais

Após troca “misteriosa”, secretaria triplica valor e prevê gastar R$ 17,8 mi com uniformes

Marquinhos vai cumprir a lei e fazer licitação. No entanto, valor a ser gasto com uniformes é muito alto para uma cidade em crise (Foto: Arquivo)

A bonança voltou à Prefeitura Municipal de Campo Grande, que decretou, oficialmente, o fim das vacas magras. Pelo menos é o que se pode concluir ao verificar o valor previsto com a compra de uniformes dos estudantes da rede municipal para 2018, que triplicou em relação ao ano passado. Após a troca “misteriosa” de Ilza Mateus pela professora Elza Ortelhada, a Secretaria Municipal de Educação prevê desembolsar até R$ 17,895 milhões com a compra do vestuário dos alunos. Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑