Breno é condenado pela primeira vez pela Justiça (Foto: Arquivo)

O empresário Breno Fernando Solon Borges, 39 anos, foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por organização criminosa e lavagem de dinheiro. Esta é a primeira sentença condenatória do filho da presidente afastada do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges. Ele ainda responde por mais duas ações criminais e deverá continuar preso no Presídio de Segurança Média de Três Lagoas. Ler mais