Tag: juiz wilson leite corrêa

Ação milionária que pede para anular licença prêmio de juízes vira “abacaxi” para a Justiça

TJMS pagou licença prêmio retroativo a juízes e desembargadores (Foto: Arquivo)

Uma ação popular, que cobra a suspensão do pagamento e a devolução aos cofres públicos da licença-prêmio paga a juízes e desembargadores de Mato Grosso do Sul, transformou-se em “abacaxi” para a Justiça. Desde agosto do ano passado, o processo vem passando de mão em mão sem a análise do pedido de liminar, que pode levar a devolução de aproximadamente R$ 100 milhões.

Ler mais

Juiz nega apreensão de CNH de senador, mas libera R$ 13 mil bloqueado para pagar R$ 2,8 mi

Senador Nelsinho Trad (PSD-MS) escapou de bloqueio de cartões e CNH, porque juiz considerou atentado contra a dignidade humana (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado(

O juiz Wilson Leite Corrêa, da 5ª Vara Cível de Campo Grande, negou o pedido para bloquear os cartões de crédito e da carteira de motorista e apreender o passaporte do senador Nelsinho Trad (PSD), por considera-las medidas humilhantes. Por outro lado, ele determinou o levantamento de R$ 13 mil bloqueados para pagar a dívida de R$ 2,817 milhões com a VCA Produções.

Ler mais

Nelsinho não quita dívida e produtora pede 30% do salário de senador e suspensão de CNH

Além de perder o Governo em 2014, Nelsinho ainda pode ter salário bloqueado para pagar dívida de campanha, que soma R$ 2,8 milhões (Foto: Arquivo)

Nelsinho Trad (PSD) não quitou a dívida de campanha a governador em 2014 e a VCA Produções pediu o bloqueio de 30% do salário de senador para quitar o débito de R$ 2,817 milhões. Além de retenção do pagamento feito pelo Senado, a empresa pediu, conforme pedido protocolado na segunda-feira (8), a suspensão do passaporte e da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Ler mais

Sem condições de pagar dívida, Nelsinho tem nome inscrito no SPC e Serasa

Novo senador de Mato Grosso do Sul, Nelsinho não paga dívida de R$ 2,5 milhões e tem nome inscrito em órgãos de proteção ao crédito (Foto: Arquivo)

Com contas bancárias e bens bloqueados em decorrência de ações por suspeita de fraude e improbidade administrativa, o senador eleito Nelsinho Trad (PTB) não conseguiu cumprir ordem judicial para pagar dívida de R$ 2,5 milhões e teve o nome inscrito em órgãos de proteção ao crédito. O ex-prefeito da Capital foi inscrito no Serasa e no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Ler mais

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑