Tag: jaime teixeira (page 1 of 2)

Para não “pedir favor”, sindicalistas entram na política para defender os trabalhadores

Professores invadiram a Assembleia em protesto, mas deputados ignoraram apelo e aprovaram a redução de 32% no salário dos não concursados proposta pelo PSDB, de Reinaldo Azambuja (Foto: Arquivo)

Cansados de pedir apoio de representantes do agronegócio, da bancada da bala, dos evangélicos, dos empresários, entre outras categorias, os sindicalistas decidiram investir na disputa de um cargo na Assembleia Legislativa ou na Câmara dos Deputados para representar os trabalhadores. Há pelo menos sete pré-candidatos nas eleições deste ano para lutar pelos professores, trabalhadores do Poder Judiciário, policiais civis e militares, dos funcionários da saúde e do Detran.

Ler mais

Fetems consegue reajuste de até 37% e garante novo piso a professores de 35 cidades

Professores de Dourados estão em greve desde o dia 13: prefeito Alan Guedes só teve dinheiro para elevar o próprio salário em 58,64%, mas só aceita dar aumento de 18,86% em três parcelas ao magistério (Foto: Arquivo)

Em meio a greve e protestos, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) já conseguiu acordo com prefeitos de aproximadamente 35 dos 79 municípios para pagar o novo piso nacional do magistério. Os reajustes variam de 6,42% a 37%. Seis prefeituras vão repassar o reajuste de 33,24%, que elevará o piso para R$ 3.845,63.

Ler mais

Professores protestam contra discriminação de convocados, que recebem 47% menos em MS

Professores protestaram na manhã de hoje contra a discriminação tucana: pagar salário 47% inferior a professor só porque ele não é concursado (Foto: Divulgação)

Centenas de professores protestaram, na manhã desta quarta-feira (2), contra o pagamento de salário 47% menor aos convocados em Mato Grosso do Sul. Desde julho de 2019, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) passou a discriminar os docentes, pagando salário maior aos concursados, mesmo tendo a mesma formação e a mesma jornada de trabalho dos temporários.

Ler mais

Além dos 10%, professores da rede estadual devem ter reajuste extra de 20% com novo piso

Professores da rede estadual deverão ter novo reajuste para cumprir a lei estadual do piso do magistério (Foto: Arquivo)

Além do reajuste linear de 10%, o Governo do Estado será obrigado por lei a conceder correção extra de 20% no salário dos cerca de 9 mil professores efetivos da rede estadual de ensino. Com o aumento de 33,24% no piso nacional do magistério, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) será obrigado a complementar.

Ler mais

Com alta de 33%, 74 cidades não cumprem piso e podem elevar salário de professor em até 100%

Professores vão aumento de 33,24% após o piso ficar congelado por dois anos consecutivos (Foto: Arquivo)

Com o reajuste de 33,24%, autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), o piso nacional do magistério vai saltar de R$ 2.886,24 para R$ 3.845,63, de acordo com o Ministério da Educação. Em Mato Grosso do Sul, apenas cinco municípios pagam valor acima do novo valor. Isso significa que 74 prefeituras vão ser obrigadas a corrigir o valor do salário e os professores poderão ter reajuste de até 100%, conforme levantamento da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação).

Ler mais

Entidades afirmam que exame toxicológico é “inconcebível, absurdo e criminaliza” professor

Presidente da Fetems, Jaime Teixeira, cutuca e diz que vereador deveria ser o primeiro a fazer exame toxicológico para detectar drogas ilícitas (Foto: Arquivo)

Entidades dos trabalhadores em educação reagiram ao projeto de lei do vereador Tiago Vargas (PSD), que obriga a realização de exame toxicológico para detectar drogas ilícitas anual nos professores da rede municipal de ensino. A proposta foi classificada como “absurda”, “inconcebível” e que “criminaliza” os docentes. “É perda de tempo e dinheiro ter um vereador fazendo projeto desse tipo”, criticou Jaime Teixeira, presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul).

Ler mais

Tradicional no 7 de Setembro, Grito dos Excluídos defende vida em protesto contra Bolsonaro

Último protesto foi realizado em 2019. Grito dos Excluídos volta às ruas para protestar contra Bolsonaro (Foto: Arquivo)

Tradicional ato no 7 de Setembro, o Grito dos Excluídos vai levar movimentos sociais, sindicatos e a população às ruas da Capital para defender a vida e protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na 27ª edição, a manifestação volta a abordar problemas gravíssimos, que voltaram a ganhar força no Brasil: a fome, o desemprego e a inflação.

Ler mais

Governo abre menos vagas de professor e Fetems fará vigilância contra reprovação recorde

Reunião com a diretoria da Fetems ocorreu com Eduardo Riedel, na Secretaria de Infraestrutura (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado anunciou a abertura de concurso público para contratar apenas 722 professores, apesar do último certame ter aprovado apenas 74 candidatos para mil vagas e da aposentadoria de 4,2 mil nos últimos anos. Para evitar a reprovação recorde do último concurso público do magistério, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) promete elevar a vigilância para garantir a correta aplicação do conteúdo das provas.

Ler mais

Candidatos a prefeito da Capital participam do primeiro e único debate nesta quarta

Fetems transmite ao vivo nas redes sociais o debate entre os candidatos a prefeito da Capital (Foto: O Jacaré)

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) promove, a partir da 17h de hoje (28), o primeiro e talvez o único debate entre os 15 candidatos a prefeito de Campo Grande. Esta será o primeiro confronto de ideias, principalmente, após a TV Morena, SBT MS, Record e Midiamax desistirem da tradição.

Ler mais

Após reduzir salário em 32%, Reinaldo exclui professores convocados da eleição de diretores

Governador colocou o professor convocado como principal alvo de medidas polêmicas (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) planeja excluir os professores temporários da eleição de diretores das escolas estaduais a partir deste ano. Em julho, o tucano já tinha reduzido em 32,5% os salários dos convocados. Esta é uma das más notícias do projeto de lei encaminhado na semana passada à Assembleia Legislativa, que deverá ser votado em regime de urgência.

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑