Tag: GOVERNO

Juiz mantém contrato do governo com empresa após suspeita de ‘cartas marcadas’ em licitação

*Por Richelieu Pereira

O secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, assinou a dispensa de licitação para contratar a H2L Equipamentos e Sistemas LTDA. (Foto: Divulgação/Sejusp).

O juiz Ariovaldo Nantes Corrêa, da 1ª Vara de Direitos, Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos da Capital, negou liminar para suspender a contratação emergencial, ou seja, sem licitação, da H2L Equipamentos e Sistemas LTDA pelo Governo do Estado. O acordo foi fechado após o Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul apontar que houve direcionamento a favor da empresa em concorrência que acabou sendo suspensa. Segundo o MPE, as cláusulas e condições do certame foram feitas sob medida para beneficiar o grupo.

Ler mais

Preso desde maio, engenheiro tem salário de R$ 21 mil e ganha promoção com mais três réus

Beto Mariano recebe salário de R$ 21,4 mil, mesmo estando preso há três meses (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax/Arquivo)

Preso desde 8 de maio deste na Operação Lama Asfáltica, o engenheiro e ex-deputado Wilson Roberto Mariano de Oliveira, o Beto Mariano, ganha salário mensal de R$ 21,4 mil. Nesta sexta-feira, ele foi promovido por antiguidade. Outros três chefes de obra, também réus na Justiça, foram promovidos no mesmo decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ler mais

Roubos disparam, população se apavora e Reinaldo põe “batalhão” da PM na Governadoria

Reinaldo e Rose têm a segurança garantida pela Casa Militar (Foto: Divulgação/Arquivo)

É assustador o crescimento da violência em Mato Grosso do Sul nos últimos quatro anos. A cada nova história de terror imposto aos bandidos, a população fica mais apavorada. Estatísticas oficiais comprovam que o número de roubos dobrou nos últimos quatro anos.

Parece que o assunto também preocupa Reinaldo Azambuja (PSDB), que definiu a estrutura da Casa Militar, o órgão responsável pela segurança do governador e da vice-governadora do Estado. Decreto, publicado ontem no Diário Oficial, prevê quase um batalhão de policiais militares, que serão retirados das ruas, para garantir a segurança dos dois. Ler mais

Juiz Odilon deve surpreender para o Governo e Rose é favorita ao Senado

Pesquisa para o Senado foi divulgada hoje pelo Correio do Estado (Foto: Reprodução)

Pesquisa sobre a disputa para o Senado, divulgada hoje, a um ano e sete meses para as eleições de 2018, revela dois favoritos. O juiz federal Odilon de Oliveira deve ganhar força para ser a terceira via e reúne condições para disputar o Governo como favorito. A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) deve garantir uma das duas vagas do Senado que estarão na disputa. Ler mais

Sem desmentir vídeo-bomba, Reinaldo para gestão e mostra-se sem rumo

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reinventará o seu Governo com a reforma administrativa, apresentada na manhã desta segunda-feira. Dois pontos fundamentais a serem observados: ele não desmentiu a existência de vídeo bomba envolvendo o poderoso secretário Sérgio de Paula, chefe da Casa Civil, e vai paralisar a administração para reiniciar no novo modelo.

Reinaldo: Navio sem rumo?

Ler mais

EXCLUSIVO – Diárias, horas extras e denúncia na TV: os bastidores da queda na Agepen

Diárias e devoluções de dinheiro motivaram queda de diretor da Agepen

 

Pagamento de horas extras, devolução de dinheiro e ameaças a servidores motivaram a operação do Gaeco que investigou a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) no mês de janeiro. Os fatos culminaram na demissão do diretor-presidente do órgão, o juiz aposentado Ailton Stropa.

A investigação teve início após denúncia anônima enviada para a DECO (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) em 20 de junho de 2016, que citava o pagamento de hora extra aos servidores da Agepen. Eles teriam realizado o curso, mas os diretores estavam cobrando a devolução do dinheiro para “cobrir as despesas” do evento. No e-mail, o denunciante diz que tem medo de devolver o valor e ter de explicar a razão do pagamento, já que deveria devolver em dinheiro vivo a um dos diretores. O valor cobrado era de R$ 522 de cada aluno. Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑