Tag: gaeco ms (page 1 of 7)

Juiz das condenações que foram fulminadas, Odilon diz que rei da fronteira acertou ao se entregar

Juiz Odilon condenou Fahd Jamil em 2005 e agora defende PF acusado de proteger clã do Rei da Fronteira. (Foto: Arquivo)

“Foi absolvido, pelo TRF 3 [Tribunal Regional Federal da 3ª Região] e pelo STJ [Superior Tribunal de Justiça], em todas as condenações minhas. É primário. Como advogado e com longa vivência na esfera criminal, posso afirmar que a defesa dele agiu corretamente. Foi correta a decisão para se apresentar ”.

Ler mais

Alvo de grandes operações, contador é preso três anos após simular a própria morte

Brandino foi localizado pelo Departamento de Combate à Corrupção na Capital: ele nem se deu ao trabalho de fugir para o Paraguai (Foto: Divulgação)

Dado como morto em acidente de trânsito há três anos e sete meses, o contador Tércio Moacir Brandino, 59 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (6) pelo DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado). Alvo de grandes operações da Polícia Federal e do Gaeco, como a Lama Asfáltica, o contador tem seis mandados de prisão preventiva em aberto e estava foragido há quatro anos.

Ler mais

Justiça sequestra casa que escondeu arsenal da Omertà e bastidores de extorsão

Localizado no Bairro São Bento, imóvel escondeu arsenal e crime de extorsão. (Foto: Arquivo)

A Justiça sequestrou a casa onde foi apreendido o arsenal da Operação Omertà. Localizado no Bairro São Bento, o imóvel também revelou os bastidores de extorsão, em que o ex-proprietário denunciou, aos prantos, que foi obrigado a transferir o imóvel para Jamil Name e, amedrontado, fugiu de Mato Grosso do Sul.

Ler mais

Com testemunha secreta, Gaeco denuncia conselheiro do TCE e advogados obstruir investigação

Jerson Domingos foi denunciado pela 2ª vez pelo Gaeco (Foto: Arquivo)

O Ministério Público Estadual denunciou oito pessoas, inclusive o conselheiro Jerson Domingos, do Tribunal de Contas, e dois advogados por impedimento e embaraçar investigação de organização criminosa. Conforme a denúncia apresentada na segunda-feira (1º), o plano previa atentado contra autoridades, como o delegado Fábio Peró, do Garras, e oferecimento de dinheiro para mudar depoimento de testemunhas para livrar Jamil Name.

Ler mais

TJ acata decisão da Assembleia e livra deputado Jamilson de tornozeleira eletrônica

Deputado ficou um mês com tornozeleira e nega integrar esquema criminoso (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul acatou, na tarde desta terça-feira (2), decisão da Assembleia Legislativa e determinou a retirada de tornozeleira eletrônica do deputado estadual Jamilson Lopes Name (sem partido). Réu por supostamente integrar organização criminosa armada e lavar dinheiro do jogo do bicho, ele estava sob monitoramento eletrônico há um mês.

Ler mais

Ex-diretor do TJ vira réu por “escolher juiz” para julgar ação criminal da Coffee Break

Manipulação permitiu que ação penal fosse distribuída para juiz da 5ª Vara Criminal (Foto: Arquivo)

O ex-diretor do Departamento de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Edvaldo de Lira Simões, virou réu por improbidade administrativa por manipular o sorteio de processos e escolher a dedo o juiz para julgar a ação criminal da Operação Coffee Break. Ele pressionou servidores e aproveitou “falhas no sistema” para direcionar o processo, que tem como réus o ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (sem partido), o ex-governador André Puccinelli (MDB) e o senador Nelsinho Trad (PSD), entre outros.

Ler mais

Gaeco pede colocação imediata de tornozeleira eletrônica no deputado Jamilson Name

Deputado corre o risco de frequentar o legislativo com tornozeleira (Foto: Arquivo)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) pediu, na tarde desta quarta-feira (27), a colocação imediata de tornozeleira eletrônica no deputado estadual Jamilson Name (sem partido). Ele é acusado de ser um dos líderes da suposta organização criminosa ao lado do pai e do irmão, respectivamente, Jamil Name e Jamil Name Filho, presos desde 27 de setembro do ano passado.

Ler mais

Ex-segurança do governador vira réu por improbidade por receber propina da Máfia do Cigarro

Preso desde outubro, ex-motorista de tucano vira réu por improbidade administrativa (Foto: Arquivo)

O sargento da reserva da Polícia Militar, Ricardo Campos Figueiredo, virou réu por improbidade administrativa por receber propina da Máfia do Cigarro. A denúncia contra o ex-segurança do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi recebida pelo juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos. O militar já está preso para cumprir a  pena de dois décadas em que foi na área criminal.

Ler mais

Arca de Noé: Gaeco é contra devolução de R$ 112 mil porque deputado não provou origem

Operação Arca de Noé apreendeu dinheiro na casa de deputado, que ele tenta obter restituição na Justiça (Foto: Arquivo)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) manifestou-se contra a devolução do dinheiro apreendido na Operação Arca de Noé, denominação da 7ª fase da Omertà, a Jamilson Name (sem partido). Em parecer encaminhado à juíza Eucelia Moreira Cassal, da 3ª Vara Criminal, quatro promotores alegam que o deputado estadual não provou a origem lícita dos R$ 112 mil, sendo R$ 109,5 mil e mais US$ 500.

Ler mais

Falência de unidade de dona da Pantanal Cap deixa 16 mil sem aposentadoria no RS

Falência da Aplub Prev não comprometeu a Aplub Capitalização (Foto: Arquivo)

A falência da Aplub Prev, empresa previdenciária da dona da Pantanal Cap, em setembro deste ano causou comoção no Rio Grande do Sul, porque deixou 16 mil pessoas sem aposentadoria. No entanto, a queda não atinge a Aplub Capitalização, responsável pela emissão do título de capitalização com prêmios semanais em Mato Grosso do Sul.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑