Operação Clean cumpriu mandados de busca e apreensão em escritório de empresa que tem entre os sócios, advogada de Carlos Alberto de Assis (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

Alvo da Operação Clean, a Max Limp – Produtos para Limpeza recebeu R$ 4,282 milhões do Governo do Estado entre 2015 e 2019, de acordo com o Portal da Transparência. Uma das sócias da empresa, Magali Aparecida da Silva Brandão, aparece como advogada do ex-secretário estadual de Administração e Desburocratização e atual presidente da Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos), Carlos Alberto de Assis.

Ler mais