Tag: estelionato

Três crimes prescrevem e juiz extingue ação contra Jamilson por sustar cheque de R$ 200 mil

Deputado do PSDB acabou sendo absolvido de denúncia por golpe com cheque de R$ 200 mil (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

Graças a demora da Justiça em aceitar a denúncia, nove anos após o último fato, os crimes prescreveram e o deputado estadual Jamilson Lopes Name (PSDB) acabou se livrando da ação penal. O juiz Olivar Augusto Roberti Coneglian, da 2ª Vara Criminal, determinou a extinção da denúncia pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e denunciação caluniosa contra o tucano.

Ler mais

Contador preso depois de “morto” é condenado por golpe na compra de máquinas pesadas

O contador Tércio Moacir Brandino, 60 anos, que foi preso três anos após simular a própria morte, foi condenado mais uma vez. Desta vez, o juiz Waldir Peixoto Barbosa, da 5ª Vara Criminal de Campo Grande, condenou-o a seis anos, oito meses e 26 dias de prisão em regime fechado por ajudar uma organização criminosa a dar o golpe na compra e aluguel de máquinas pesadas.

Ler mais

Deputado vira réu por estelionato e denúncia falsa após sustar cheque de R$ 200 mil

Deputado vira réu por emitir cheque e negar assinatura no final de 2011 (Foto: Arquivo)

O deputado estadual Jamilson Lopes Name (sem partido) virou réu em mais uma ação penal na Justiça. O juiz Márcio Alexandre Wust, da 6ª Vara Criminal de Campo Grande, aceitou a denúncia por estelionato mediante frustração de pagamento, falsidade ideológica e denunciação caluniosa referente aos supostos crimes cometidos entre os anos de 2011 e 2013.

Ler mais

Empresário é condenado apenas a cinco anos por dar golpe em 762 e causar prejuízo de R$ 66,9 mi

Empresa atraiu centenas de vítimas ao prometer retorno extraordinário de investimento (Foto: Arquivo)

Sete anos depois do escândalo, a 3ª Vara Federal de Campo Grande condenou o empresário João Batista Medeiros, dono da Capital Mercantil, apenas a cinco anos e seis meses de prisão. Entre novembro de 2005 e outubro de 2011, conforme denúncia do Ministério Público Federal, por dar golpe em 762 pessoas e empresas e causar prejuízo de R$ 66,9 milhões em São Gabriel do Oeste.

Ler mais

Bolsonaro exonera “pupilo” de Pedro Chaves da Sudeco após denúncia de estelionato

Marcos Derzi tentou se aproximar de Bolsonaro, mas estratégia para continuar no cargo não deu certo (Foto: Arquivo)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) exonerou, nesta terça-feira (18), o empresário Marcos Henrique Derzi Wasilweski do cargo de superintendente de Desenvolvimento do Centro-Oeste. Indicado pelo ex-senador Pedro Chaves, atual chefe do escritório regional do Governo do Estado em Brasília, ele caiu após nova denúncia de estelionato.

Ler mais

Mulher de juiz acusada de dar golpe milionário vai usar tornozeleira por mais 180 dias

Advogada foi presa em julho do ano passado e agora vai continuar monitorada por meio de tornozeleira eletrônica até setembro (Foto: Arquivo)

A advogada Emmanuelle Alves Ferreira da Silva, esposa de um magistrado e acusada de dar golpe milionário em um aposentado, vai continuar usando tornozeleira por mais seis meses. A determinação é da juíza Eucélia Moreira Cassal, da 3ª Vara Criminal, e foi publicada no Diário da Justiça desta segunda-feira (1º).

Ler mais

Mulher de juiz, advogada é presa acusada de dar golpe de R$ 5,3 milhões em aposentado

Justiça da Capital decreta a prisão de advogada envolvida em golpe milionário. Ela é esposa de um juiz (Foto: Arquivo)

Mais um escândalo expõe o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. Uma advogada, casada com um juiz da Capital, foi presa nesta segunda-feira acusada de dar golpe de R$ 5,3 milhões em um aposentado do Rio de Janeiro. Junto com mais três homens, presos há mais de 10 dias, ela teria falsificado a assinatura do idoso de 72 anos para cobrar na Justiça. Ler mais

Ex-piloto e pai, que se converteram após falência e aplicar golpes, são condenados pela Justiça

Natural de Anastácio e morando em Campo Grande desde 1976, Siqueira chegou a ser preso por dar golpes após empresa falir. Agora, é testemunha de igreja (Foto: Reprodução)

A ex-piloto de automobilismo e publicitária Fábia Siqueira, e o pai, Gernival Siqueira da Silva, foram presos em 2010 acusados de aplicar golpes nos consumidores, deixando de pagar o valor real dos veículos e emitir cheques sem fundos. A empresa da família, a Siqueira Automóveis, famosa garagem de revenda de veículos por três décadas, faliu. Após sete anos, eles foram condenados pela Justiça. Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑