Tag: eleições 2022 (page 1 of 7)

Democratas se unem para tirar Soraya e pôr Tereza Cristina no comando do União Brasil em MS

Barbosinha, Tereza Cristina e Zé Teixeira: unidos para não deixar a senadora do PSL assumir a presidência do União Brasil (Foto: Divulgação)

Os políticos do Democratas em Mato Grosso do Sul decidiram se unir para tirar o comando do União Brasil, sigla a ser criada a partir da fusão com o PSL, da senadora Soraya Thronicke (PSL). O grupo decidiu fazer uma espécie de chantagem: ou a ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias fica com a presidência do novo partido ou haverá debandada em bloco no Estado.

Ler mais

Além de confirmar Pacheco, Kasssab lança Marquinhos para disputar o Governo de MS

Evento no PSD no Rio de Janeiro contou com a presença do senador Nelsinho Trad e lançou Pacheco para disputar a presidência da República (Foto: Divulgação)

Em evento no Rio de Janeiro para confirmar o nome do senador Rodrigo Pacheco (DEM) para disputar a presidência da República, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, lançou o nome Marquinhos Trad para disputar o Governo do Estado em 2022. O prefeito tem até 2 de abril para tomar a decisão e renunciar ao cargo para disputar a sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB).

Ler mais

Juiz mantém condenação de Puccinelli por improbidade e a suspensão dos direitos políticos

André tem recurso negado e continua condenado por improbidade por ter coagido eleitores a votar em Giroto e vereadores em 2012 (Foto: Arquivo)

O juiz Dalton Igor Kita Conrado, em substituição na 1ª Vara Federal de Campo Grande, negou embargos de declaração e manteve incólume a sentença contra o ex-governador André Puccinelli (MDB). Com a decisão, publicada nesta terça-feira (19), o emedebista continua condenado por improbidade administrativa, que inclui a suspensão dos direitos políticos por cinco anos e ao pagamento de multa civil equivalente a dez vezes o último salário (R$ 265,8 mil).

Ler mais

Filiação de Rose ao União Brasil para disputar Governo divide eleitores nas redes sociais

Rose, ao lado de Soraya Thronicke, participou da reunião para discutir a implantação da União Brasil em MS (Foto: Divulgação)

A deputada federal Rose Modesto (PSDB) se reuniu com os integrantes da União Brasil, partido a ser criado da fusão do PSL com o DEM, e deu o primeiro passo para confirmar a intenção de disputar o Governo do Estado pela nova sigla. No entanto, os eleitores ficaram divididos sobre a “novidade” e até contestaram o projeto nas redes sociais da senadora Soraya Thronicke.

Ler mais

Ministra ensaia ficar na União Brasil e principal aliado pode desfalcar candidatura de Riedel

Sorte pode bater pela 2ª vez a porta de Soraya: depois da zebra em 2018, ela pode assumir partido com 14 prefeitos (Foto: Arquivo)

A ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, ensaia permanecer na União Brasil, resultado da fusão do DEM com o PSL, e pode reforçar o palanque da senadora Soraya Thronicke (PSL), que estuda disputar o Governo em 2022. Com a decisão, o DEM, que ganhou densidade eleitoral nas últimas eleições e é um dos principais aliados do PSDB, pode desfalcar a candidatura do secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Ler mais

Mandetta fica em 4º entre os cotados para 3ª via e já tem rejeição maior que a de Lula

Mandetta obteve índice inferior ao de Ciro, Moro e Datena como opção para ser o candidato da 3ª via (Foto: Arquivo)

Pesquisa Genial/Quaest aponta que o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) ficaria com 6% caso fosse o nome para representar a 3ª via na disputa presidencial de 2022. O percentual é o 4º entre os nove cotados para ser alternativa a polarização. Mesmo sendo desconhecido para 37% dos eleitores, o democrata já conta com rejeição de 46%, superior a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ler mais

A um ano da votação, eleição em MS tem sete dilemas e três pré-candidatos definidos

Marquinhos Trad pode deixar prefeitura nas mãos de Adriane Lopes caso decida disputar o Governo (Foto: Arquivo/Marcos Miatelo)

Faltando exatamente um ano para o primeiro turno, as eleições de 2022 contam com sete dilemas, que vão definir o futuro da política regional, e dois pré-candidatos em campanha para o Governo. Cinco decisões podem bagunçar a disputa pela sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB), que já conta com três nomes confirmados: o ex-governador André Puccinelli (MDB), o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, e o ex-vereador Vinícius Siqueira (PROS).

Ler mais

Mandetta cai de 5% para 3% e perde espaço para Leite no Centro-Oeste, diz PoderData

Ex-ministro fica com 1% contra 9% de Eduardo Leite na região Centro-Oeste. No Sul, região do governador gaúcho, eles empatam em 5% (Foto: Arquivo)

Nova pesquisa do PoderData mostra oscilação negativa do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) de 5% para 3%. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido) sobem no levantamento. No segundo cenário, a sondagem mostra que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), ganha espaço no Centro-Oeste, onde chega a 9%, contra 1% do democrata.

Ler mais

Datena reduz tamanho de Mandetta: “não tem potencial nem para ser a quarta via”

Jornalista de programa policial na Band disputa com Mandetta para ser candidato a presidente pelo partido que surgir da fusão do PSL com o DEM (Foto: Arquivo)

O apresentador do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, José Luiz Datena (PSL), reduziu o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), que tenta ser candidato a presidente da República como representante da 3ª via. Para o jornalista, o médico campo-grandense “não tem potencial para ser nem a 4ª via” na eleição presidencial de 2022.

Ler mais

Com aval de Beto, Dagoberto, Fábio e Vander, quarentena causa revolta em policiais e militares

Polêmica proposta que praticamente tira policiais, militares, juízes e promotores das eleições teve o aval de Beto Pereira, Vander, Fábio e Dagoberto (Foto: Arquivo)

Com o apoio de quatro deputados federais de Mato Grosso do Sul – Beto Pereira (PSDB), Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD) e Vander Loubet (PT) – a Câmara dos Deputados aprovou a emenda que impõe quarentena de quatro anos para candidatura de juízes, promotores, policiais e militares. A proposta causou revolta e indignação nas categorias. Atualmente, 16 policiais ocupam cargos eletivos no Estado.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑