Tag: ECONOMIA (page 2 of 4)

Taxar em 20% o lucro dividido entre sócios é o grande acerto de Guedes, afirma economista

No artigo “Taxação de dividendos e a usura das elites brasileiras”, o economista e ensaísta Albertino Ribeiro elogia a proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, de taxar em 20% o lucro dividido entre os sócios das empresas. Estima-se que a arrecadação pode chegar a R$ 59,7 bilhões por ano.

Ler mais

Psicologia pode revolucionar e elevar produção da agricultura familiar, conta economista

No artigo “Agricultura familiar no divã da Psicologia Econômica”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro fala da experiência de três vencedores do Prêmio Nobel que vem revolucionando a vida de pequenos produtores rurais em países subdesenvolvidos. A estratégia foi mudar a forma de pensar para garantir o investimento a longo prazo e não apenas viver de impulso só no presente.

Ler mais

Marketing atual transforma o consumidor de majestade em bobo da corte, alerta economista

No artigo “A falsa liberdade do consumidor”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro alerta o consumidor para sair do piloto automático na hora das compras. Geralmente, com base na neurociência, o marketing acaba convencendo a pessoa, inconscientemente, a comprar o que está à venda e não do que realmente precisa.

Ler mais

Ensaísta fala da necessidade do empurrãozinho para fazer a coisa certa, como tomar vacina

No artigo “Vacinas e cutucadas contra a nossa irracionalidade”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro fala sobre a necessidade de “empurrãozinho”, como sorteios de prêmios ou punições, para fazer a coisa certa, mesmo que isso signifique salvar a própria vida, como tomar a vacina contra a covid-19.

Ler mais

Guedes quer destruir o Estado com reforma administrativa movida a ódio, diz economista

Poder360 Ideias – Paulo Guedes, jantar no Piantas. Brasilia, 05-02-2019. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

No artigo “(Des) reforma administrativa e impulso de morte de Paulo Guedes”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro faz dura crítica à proposta de reforma administrativa do serviço público do Governo federal. Na sua opinião, o ministro da Economia quer destruir o Estado brasileiro.

Ler mais

Atacada pela capitã Cloroquina, Fiocruz salvou a vida de milhares de brasileiros, diz ensaísta

No artigo “A grandeza da Fiocruz e a peste manqueira que assola Brasília”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro resgata a história da instituição criada em 1900 e que salvou a vida de milhares de brasileiros, de todas as classes sociais, com a descobertas de vacinas e tratamento para as mais diferentes doenças. Ele cita a varíola, meningite, poliomielite, sarampo e febre amarela.

Ler mais

Comandada pelo PSOL, cidade terá fábrica de R$ 14,7 bi e dobrará número de empregos

Ribas do Rio Pardo deve entrar na era da industrialização e deixar o apelido de “capital do boi” no passado (Foto: Divulgação)

Único município de Mato Grosso do Sul administrado pelo PSOL, Ribas do Rio Pardo, a 100 quilômetros de Campo Grande, vai investimento de R$ 14,7 bilhões da Suzano. O grupo vai construir a fábrica de celulose com capacidade para produzir 2,3 milhões de toneladas por ano e gerar 3 mil empregos diretos e indiretos. O empreendimento vai dobrar o número de trabalhadores, de 3,7 mil para 6,7 mil, e a receita da prefeitura, de R$ 120 milhões para R$ 250 milhões por ano.

Ler mais

Brasil deveria se espelhar na Coreia para ser muito mais do que “agro é pop”, diz economista

No artigo “Coreia: do arroz ao protagonismo tecnológico. E o Brasil?”, o economista Albertino Ribeiro, critica a política de destruição da indústria brasileira, enquanto se comemora o sucesso do agronegócio. A participação do segundo setor no PIB brasileiro despencou de 24% em 1956 para 11,3% hoje.

Ler mais

Com política tributária de Reinaldo, MS cobra o 4º maior ICMS sobre a gasolina no País

Em Aparecida do Taboado, gasolina está custando R$ 6 (Foto: Gustavo Achilles)

O contribuinte sul-mato-grossense paga R$ 1,45 de tributo estadual sobre cada litro de gasolina, o 4º valor mais caro do País, conforme levantamento da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes). O encarecimento do combustível reflete a política do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que elevou a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de 25% para 30% no início do ano passado.

Ler mais

Com gasolina custando até R$ 5,50, receita do Governo com combustíveis bate recorde

Posto já vende a aditivada a R$ 5,499 (Foto: O Jacaré)

Enquanto o contribuinte paga até R$ 5,50 pelo litro da gasolina em Campo Grande, o Governo do Estado faz festa para celebrar o recorde na arrecadação. Enquanto a receita com combustíveis teve queda de 26,16% no País, Mato Grosso do Sul vai na contramão e comemora aumento de 10,98% no início de 2021, conforme levantamento do Confaz (Conselho Nacional da Política Fazendária).

Ler mais
« Older posts Newer posts »

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑