Tag: dr. luiz ovando (page 1 of 5)

Apenas Trutis não votou projeto que limita em 17% ICMS sobre combustíveis e energia

Deputado chegou a justificar porque não apoia a proposta, mas repercussão negativa fez reagir com ataques à publicação do resultado da votação na Câmara dos Deputados (Foto: Arquivo/Agência Câmara)

Somente o deputado federal Loester Trutis (PL) não votou o projeto que reduz a 17% a alíquota do ICMS sobre combustíveis, telecomunicações, energia e transporte público. Na primeira votação na Câmara, a bancada federal sul-mato-grossense havia se dividido ao meio, mas desta vez a proposta contou com a aprovação de sete dos oito deputados federais, conforme o site da Câmara dos Deputados.

Ler mais

Fábio, Dr. Ovando, Trutis e Vander assinam PEC que cobra mensalidade em universidades

Dos quatro que assinaram, Fábio diz que foi para PEC tramitar e Vander diz que assinou por engano (Foto: Arquivo)

Quatro deputados federais de Mato Grosso do Sul – Fábio Trad (PSD), Dr. Luiz Ovando (PP), Loester Trutis (PL) e Vander Loubet (PT) – assinaram a PEC 206/2019, que prevê a cobrança de mensalidade em universidades públicas. Apesar de terem endossado a apresentação da Proposta de Emenda à Constituição, Trad e Loubet afirmaram que defendem a permanência da gratuidade do ensino superior.

Ler mais

Tereza, Trutis, Beto e Ovando não votam projeto que reduz ICMS sobre combustíveis e energia

Candidata a senadora, ex-ministra não votou o projeto que reduz para 17% ICMS sobre os combustíveis e energia. Proposta poderia reduzir gasolina em até R$ 0,75 (Foto: Arquivo)

Quatro deputados federais de Mato Grosso do Sul – Tereza Cristina (PP) e Dr. Luiz Ovando, do PP, Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PL) – não participaram da votação do projeto que reduz o ICMS sobre combustíveis, comunicações e energia. A proposta os considera como produtos essenciais e limita a alíquota em 17%, o que poderia reduzir o preço da energia elétrica, que chega a pagar até 25%, e da gasolina, com 30%.

Ler mais

Ato contra STF e de apoio a Bolsonaro perde força e leva 850 carros e motos às ruas da Capital

Cerca de 350 motociclistas, segundo a Guarda, e 500, de acordo com os organizadores, participaram de evento hoje (Foto: Divulgação)

A manifestação de 1º de maio de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e contra o Supremo Tribunal Federal levou cerca de 500 veículos e 350 motos às ruas de Campo Grande neste domingo, conforme estimativa da Guarda Municipal Civil Metropolitana. A mobilização perdeu força em relação a 7 de setembro do ano passado, quando 11,6 mil veículos participaram de protesto em Campo Grande.

Ler mais

Aliados de Bolsonaro exaltam “liberdade” com perdão, Simone e Fábio acusam “golpe”

Presidente concedeu perdão a deputado e o livrou da condenação de oito anos e nove meses imposta pelo STF (Foto: Arquivo)

Os aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) ficaram eufóricos e classificaram como vitória da “liberdade de expressão” a graça concedida ao deputado federal Daniel Silveira (PTB), do Rio de Janeiro, condenado a oito anos e nove meses pelo Supremo Tribunal Federal por atentado contra a democracia. A presidenciável Simone Tebet (MDB) e o deputado federal Fábio Trad (PSD) acusaram “golpe” a democracia.

Ler mais

Ovando e Trutis criticam STF por condenar deputado bolsonarista a oito anos de prisão

Trutis afirmou que estava triste com condenação de deputado carioca pelo Supremo (Foto: Arquivo)

Dois deputados federais de Mato Grosso do Sul, Loester Trutis (PL) e Dr. Luiz Ovando (PP), criticaram o Supremo Tribunal Federal pela condenação de Daniel Silveira (PTB), do Rio de Janeiro, a oito anos e nove meses de prisão em regime fechado e a perda do mandato na Câmara dos Deputados. Apesar da punição ter contado até com o voto do ministro André Mendonça, indicado por Jair Bolsonaro (PL), eles miraram o relator, Alexandre de Moraes.

Ler mais

Trutis vira o candidato de Bolsonaro em MS e ganha fôlego ao virar prioridade do PL

Trutis vira o representante da bancada mais fiel a Bolsonaro no Estado e ganha um “up” na disputa das eleições deste ano (Foto: Arquivo)

Acusado de simular um atentado para ganhar musculatura política nas eleições de 2020, o deputado federal Loester Trutis trocou o União Brasil pelo PL e ganhou fôlego ao ser definido como o representante do “time” da bancada leal a Jair Bolsonaro (PL) em Mato Grosso do Sul. O deputado conseguiu apoio mais explícito que outro fiel escudeiro, Dr. Luiz Ovando, que não acompanhou o presidente e vai se filiar ao Partido Progressistas.

Ler mais

Beto Pereira e Fábio Trad são os únicos a aprovar legalização do jogo do bicho e bingos

Beto Pereira foi o único parlamentar do PSDB a votar projeto que legaliza jogo do bicho, bingos e cassinos no Brasil (Foto: Agência Câmara dos Deputados)

Apenas dois deputados federais de Mato Grosso do Sul, Beto Pereira (PSDB) e Fábio Trad (PSD), votaram a favor do projeto de lei que legaliza o jogo do bicho e permite a retomada dos bingos e cassinos no Brasil. A proposta foi aprovada por 246 a 202 votos na sessão desta quarta-feira (23) da Câmara dos Deputados. Seis parlamentares sul-mato-grossenses foram contra o projeto.

Ler mais

Bia, Ovando e Trutis votam a favor de “pacote veneno”; quatro deputados foram contra

Médico, defensor da cloroquina e contra vacinação de crianças contra covid-19, Dr. Luiz Ovando votou a favor do projeto chamado de “pacote veneno” (Foto: Arquivo)

Três deputados federais de Mato Grosso do Sul – Bia Cavassa (PSDB), Dr. Luiz Ovando e Loester Trutis, ambos do PSL – votaram a favor do Projeto de Lei 6.299, de 2002, que flexibiliza os critérios de controle e legaliza a produção de agrotóxicos genéricos no Brasil. Quatro parlamentares foram contra o “pacote veneno”, como passou a ser chamado pelos ambientalistas e pela oposição.

Ler mais

Mudança pode sepultar mais 15 ações e livrar de vereador a juiz de devolver dinheiro público

Dr. Jamal pode se beneficiar de afrouxamento nas regras de combate ao desvio do dinheiro público (Foto: Arquivo)

As mudanças na Lei de Improbidade Administrativa, aprovada por seis deputados federais e um senador de Mato Grosso do Sul e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), podem levar a extinção de mais 15 denúncias. O afrouxamento das regras de combate à corrupção deve livrar de vereador, ex-secretário municipal, policiais militares e juiz de ressarcirem os cofres públicos do dinheiro desviado.

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑