Tag: crime organizado (page 1 of 5)

Jamilson sofre nova derrota: juiz manda bloquear R$ 18,2 mi de administradora da Pantanal Cap

Juiz manda bloquear contas de gestora da Pantanal Cap após defesa pedir autorização para usar quase R$ 1 milhão (Foto: Arquivo)

A Justiça impôs mais uma derrota ao deputado estadual Jamilson Name (sem partido), réu por chefiar organização criminosa na Operação Omertà. Nesta segunda-feira (1º), o juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, determinou o bloqueio de até R$ 18,250 milhões da Fena Consultoria e Assessoria Empresarial, administradora da Pantanal Cap.

Ler mais

“Prata da casa”, novo chefe da PF é esperança de retomada no combate à corrupção em MS

Novo superintendente da PF, delegado Marcelo Correia Botelho retorna ao Estado, de onde saiu em 2018 (Foto: Arquivo)

Nomeado nesta quinta-feira (3) para assumir a Superintendência Regional da Polícia Federal, o delegado Marcelo Correia Botelho, 47 anos, reacende a esperança de que o combate à corrupção volte a ser prioridade em Mato Grosso do Sul. Considerado “prata da casa”, já que atuou 11 dos 13 anos como delegado no Estado, ele assume a vaga de Cleo Mazzotti, promovido a coordenador geral da Polícia Fazendária da Diretoria de Investigação contra o Crime Organizado, em Brasília.

Ler mais

Megaoperações da PF bloqueiam R$ 552 milhões e minam “coração financeiro” do PCC

Duas megaoperações da Polícia Federal levaram ao bloqueio de R$ 552 milhões em contas bancárias e podem ser o início da maior ofensiva para minar o PCC (Primeiro Comando da Capital), poderosa organização criminosa que surgiu há exatos 27 anos nos presídios de São Paulo. Aliás, com a deflagração da Caixa Forte 2, considerada a maior de todas as operações da sua história, a corporação quer sufocar o grupo ao mirar o “coração financeiro”.

Ler mais

Juiz aceita denúncia e André vira réu, de novo, por propina milionária paga pela JBS

Ex-governador virou réu, agora na Justiça estadual, pelo suposto pagamento de propina pela JBS (Foto: Arquivo)

O ex-governador André Puccinelli (MDB) virou réu, de novo, pela suposta propina milionária paga pela JBS em troca de benefícios fiscais concedidos pelo Estado de Matoa Grosso do Sul entre 2007 e 2016. Desta vez, a denúncia foi aceita pelo juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, que cita o pagamento de R$ 90 milhões ao emedebista, conforme despacho publicado nesta terça-feira (25).

Ler mais

MS retira policiais de operação que vinha causando estragos e incomodando o crime organizado

Governador não gostou da queda nos repasses feitos para segurança por parte de Bolsonaro (Foto: Arquivo)

Mato Grosso do Sul vai suspender, a partir de setembro deste ano, a participação de policiais civis e militares para apoiar a Operação Hórus, que vinha causando prejuízos milionários e incomodando as organizações criminosas. Instituído em maio do ano passado pelo então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o programa foi fundamental para as polícias sul-mato-grossenses baterem recorde na apreensão de drogas, cigarros e veículos.

Ler mais

Doze deputados blindam Reinaldo e negam pedido de provas dos três crimes ao STJ

Zé Teixeira e Lucas de Lima se ausentaram na hora da votação (Foto: Reprodução)

Doze deputados estaduais blindaram o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e negaram, na sessão desta quarta-feira (17), o requerimento solicitando o compartilhamento ao Superior Tribunal de Justiça. Sete parlamentares não compareceram à sessão. Apenas quatro – Capitão Contar (PSL), João Henrique (PL), Pedro Kemp e Cabo Almi, ambos do PT – votaram a favor da investigação do tucano, indiciado pela Polícia Federal pelo recebimento de R$ 67,791 milhões em propinas da JBS.

Ler mais

TJ nega habeas corpus e filho de desembargadora deve voltar a presídio para cumprir pena

Breno ganhou novo prazo, 72h, para retornar ao presídio em Três Lagoas (Foto: Arquivo)

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou habeas corpus para suspender a decisão o juiz Albino Coimbra Neto, em substituição na Vara de Execuções Penais do Interior, e o empresário Breno Fernando Solon Borges deverá voltar ao Presídio Semiaberto em Três Lagoas. Condenado a 21 anos de prisão, o filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges só ganhou prazo maior para se reapresentar na cadeia, 72 horas.

Ler mais

Avalanche só atingiu a base da montanha, falta atingir o pico, defende coronel da PM

Operação Avalanche prendeu comandantes de batalhões na Capital e no interior (Foto: Divulgação)

A Operação Avalanche, denominação da 3ª fase da Oiketicus, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado), atingiu “a base da montanha”, mas falta “chacoalhar o pico”. A opinião é do coronel Cláudio Ayres, o mais antigo da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Ele defende a exoneração das cúpulas da corporação e da Secretaria de Justiça e Segurança Pública para que a corporação recomece do zero e livre de ligações com o crime organizado.

Ler mais

Preso e condenado a 21 anos, ex-segurança de Reinaldo é aposentado como 2º sargento

Ricardo obteve aposentadoria proporcional aos 43 anos (Foto: Arquivo)

Condenado a 21 anos, três meses e 26 dias por corrupção e dar apoio à Máfia do Cigarro, Ricardo Campos Figueiredo, 43 anos, obteve aposentadoria proporcional e paritária. Ele foi preso na Operação Oiketicus, em 16 de maio de 2018, quando atuava como motorista do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e era lotado como assessor especial na Secretaria Estadual de Governo.

Ler mais

Ações contra Jamil Name na Omertà saem das mãos das mulheres e devem ficar na 1ª Vara

Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal, vai julgar as ações decorrentes da Operação Omertà (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decidiu que todas as ações contra o empresário Jamil Name, decorrente da Operação Omertà, vão ser centralizadas na 1ª Vara Criminal de Campo Grande. Com a decisão, os processos contra o empresário deixam as varas criminais comandadas por mulheres e vão ser julgados pelo juiz Roberto Ferreira Filho, que já julga as ações da Operação Lama Asfáltica.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑