Réus tentam tirar da Justiça Federal e suspender julgamento sobre desvio milionáriono HR (Foto: Arquivo)

Depois das anulações da Lama Asfáltica, o cardiologista Mércule Pedro Paulista Cavalcante quer suspender o julgamento e tirar da 3ª Vara Federal a ação penal pelo suposto desvio de R$ 3,494 milhões do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian. Por enquanto, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região negou o pedido de liminar em habeas corpus e manteve a audiência de instrução e julgamento, que deverá ser concluída em 17 de agosto com o interrogatório dos réus.

Ler mais