Tag: bitto pereira

Mulheres lutam para deixarem de ser coadjuvante e acusações de fake news marcam eleição

Rachel Magrini lamentou uso de fake news durante a campanha eleitoral (Foto: Divulgação)

Duas advogadas – Rachel Magrini, da chapa “Um Novo Tempo para a OAB/MS”, e Giselle Marques, da “OAB 4.0 – Mudança de Verdade” – lutam para fazer história e quebrar o paradigma da mulher sempre ser coadjuvante na OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). Na eleição marcada por troca de acusações de fake news, 10.538 eleitores vão às urnas e podem decidir por Bitto Pereira, da Chapa “Mais OAB”, onde restou somente o espaço de vice à mulher, a advogada Camila Bastos, filha do desembargador Alexandre Bastos, do Tribunal de Justiça.

Ler mais

Troca de farpas, Felipe Santa Cruz, apoio do Governo e custas judiciais marcam debate da OAB

Giselle Marques, Bitto Pereira e Rachel Magrini participaram do primeiro e único debate das eleições da OAB/MS que foi promovido pela CBN (Foto: Reprodução)

Primeiro e único debate entre as duas candidatas e o candidato a presidente da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) foi marcado pela troca de farpas, críticas ao alto custo das taxas judiciais e cartorárias. O candidato da situação, Bitto Pereira, foi criticado pelo apoio do Governo e por não ter lutado para melhorar o atendimento dos advogados. Rachel Magrini e Giselle Marques defenderam alternância do poder e uma gestão que não seja subserviente a um poder.

Ler mais

Governo de Reinaldo trabalha pela eleição de Bitto Pereira para presidente da OAB/MS

Vice-presidente da OAB, Gervásio Oliveira, diz que Governo trabalha pela eleição do candidato da situação (Foto: Thiago Mendes/Campo Grande News/Arquivo

O Governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) está trabalhando em peso pela eleição do advogado Luís Cláudio Alves Pereira, o Bitto Pereira, para presidente da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). O tucano vem se mobilizando para impedir a eleição histórica de uma mulher no comando da entidade após três décadas. Em 42 anos, apenas uma advogada presidiu a entidade e foi no final dos anos 80.

Ler mais

Nova pesquisa aponta disputa acirrada pela OAB: Rachel tem 49,06% contra 44,94% de Bitto

Giselle Marques está com 5,99%, segundo IPR (Foto: Divulgação)

Nova pesquisa do IPR (Instituto de Pesquisa de Resultado) aponta disputa acirradíssima pelo comando da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). A candidata de oposição, Rachel Magrini, da chapa “Um novo Tempo para a OAB/MS), segue na frente, com 49,06%, contra 44, 94% do candidato da situação, Bitto Pereira, da chapa “Mais OAB”.

Ler mais

Debandada: dirigentes defendem mudança e reforçam oposição com críticas à gestão da OAB

Wander Medeiros diz que Rachel tem competência, altivez e autonomia para representar os advogados (Foto: Divulgação)

Debandada de integrantes da atual administração da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) marcou o início oficial das eleições da entidade. Dirigentes defendem a alternância de poder e a mudança na gestão da Ordem, que estaria se afastando das reais necessidades dos 15 mil advogados inscritos no Estado. A maioria decidiu trocar o candidato Bitto Pereira, da situação, por Rachel Magrini, de oposição.

Ler mais

Juíza federal nega liminar para inadimplente votar e ser votado nas eleições da OAB/MS

Juíza negou liminar para que inadimplentes votem na eleição da OAB, apesar de considerar veto ilegal (Foto: Arquivo)

A juíza Janete Lima Miguel, da 2ª Vara Federal de Campo Grande, negou liminar para profissional inadimplente ser candidato e votar nas eleições da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). No entanto, a magistrada abriu brecha para mandados de segurança individuais, porque pontuou que é ilegal impedir advogado que não pagou a anuidade ou multa de participar do pleito.

Ler mais

Candidata de oposição pede que advogados inadimplentes votem na eleição da OAB/MS

Giselle Marques ingressou com mandado de segurança para que advogados e advogadas inadimplentes tenham direito a voto na eleição da OAB/MS (Foto: Divulgação)

A advogada Giselle Marques, da chapa “OAB 4.0 – Mudança de Verdade”, ingressou com mandado de segurança para que os advogados inadimplentes votem na eleição da entidade, prevista para o dia 19 de novembro deste ano. Atualmente, dos 15 mil advogados sul-mato-grossense, cerca de 5 mil não deverão participar do pleito deste ano, disputado por três chapas.

Ler mais

Em disputa embolada pela OAB: Rachel cresce 10,91% e Bitto sobe 4,86%, segundo Ipems

Em 30 dias, segundo Ipems, Rachel subiu 7,4 pontos percentuais, contra 2,39% de Bitto (Foto: Arquivo)

Pesquisa do Ipems mostra disputa acirrada pela presidência da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). Bitto Pereira, lidera com 42,33%, contra 36,81% de Rachel Magrini. Como a margem de erro é de 4,31%, eles estão empatados tecnicamente. A candidata de oposição cresceu 10,91 pontos percentuais em cinco meses, enquanto o representante da situação subiu 4,86% no mesmo período.

Ler mais

Rachel Magrini sobe e chega a 40% na disputa pela OAB, contra 34% do candidato da situação

Rachel Magrini pode quebrar um tabu de três décadas já que nenhuma mulher ganhou a eleição da OAB desde 1990 (Foto: Divulgação)

A advogada Rachel Magrini, candidata da oposição, cresceu nove pontos percentuais e manteve a liderança na disputa da presidência da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). Ela tem 40%, contra 34,25% do candidato da situação, Luís Cláudio Alves Pereira, o Bitto. A advogada Giselle Marques segue como opção da 3ª via e aparece com 2,5%.

Ler mais

Rachel Magrini lidera pesquisa e pode ser a 2ª mulher a assumir OAB/MS, diz Itop

Rachel Magrini, Bitto e Giselle estão na disputa da OAB/MS (Foto: Arquivo)

Levantamento do Itop (Instituto TopMídia de Pesquisa) aponta que a candidata de oposição, Rachel Magrini, lidera a corrida pela sucessão da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul), com 33%. O candidato da situação, Luís Cláudio Alves Pereira, o Bitto, tem 31%.

Ler mais

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑