Tag: beto pereira (page 1 of 6)

Apenas Trutis não votou projeto que limita em 17% ICMS sobre combustíveis e energia

Deputado chegou a justificar porque não apoia a proposta, mas repercussão negativa fez reagir com ataques à publicação do resultado da votação na Câmara dos Deputados (Foto: Arquivo/Agência Câmara)

Somente o deputado federal Loester Trutis (PL) não votou o projeto que reduz a 17% a alíquota do ICMS sobre combustíveis, telecomunicações, energia e transporte público. Na primeira votação na Câmara, a bancada federal sul-mato-grossense havia se dividido ao meio, mas desta vez a proposta contou com a aprovação de sete dos oito deputados federais, conforme o site da Câmara dos Deputados.

Ler mais

Fábio, Dr. Ovando, Trutis e Vander assinam PEC que cobra mensalidade em universidades

Dos quatro que assinaram, Fábio diz que foi para PEC tramitar e Vander diz que assinou por engano (Foto: Arquivo)

Quatro deputados federais de Mato Grosso do Sul – Fábio Trad (PSD), Dr. Luiz Ovando (PP), Loester Trutis (PL) e Vander Loubet (PT) – assinaram a PEC 206/2019, que prevê a cobrança de mensalidade em universidades públicas. Apesar de terem endossado a apresentação da Proposta de Emenda à Constituição, Trad e Loubet afirmaram que defendem a permanência da gratuidade do ensino superior.

Ler mais

Ao comentar ameaças contra mãe de Felipe Neto, mulher de tucano diz que erro foi parir filho

Ao comentar ameaça contra youtuber, esposa de deputado Beto Pereira não se solidariza e ainda diz que mulher errou em ter filho (Foto: Arquivo)

O comentário inapropriado da esposa, Sonaira Barbosa Pereira, arrastou o vice-líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Beto Pereira, para o turbilhão envolvendo Felipe Neto, seguido por 14,5 milhões no Twitter. A mãe do youtuber vem comovendo os internautas após voltar a sofrer ameaças de morte.

Ler mais

Beto Pereira e Fábio Trad são os únicos a aprovar legalização do jogo do bicho e bingos

Beto Pereira foi o único parlamentar do PSDB a votar projeto que legaliza jogo do bicho, bingos e cassinos no Brasil (Foto: Agência Câmara dos Deputados)

Apenas dois deputados federais de Mato Grosso do Sul, Beto Pereira (PSDB) e Fábio Trad (PSD), votaram a favor do projeto de lei que legaliza o jogo do bicho e permite a retomada dos bingos e cassinos no Brasil. A proposta foi aprovada por 246 a 202 votos na sessão desta quarta-feira (23) da Câmara dos Deputados. Seis parlamentares sul-mato-grossenses foram contra o projeto.

Ler mais

Bia, Ovando e Trutis votam a favor de “pacote veneno”; quatro deputados foram contra

Médico, defensor da cloroquina e contra vacinação de crianças contra covid-19, Dr. Luiz Ovando votou a favor do projeto chamado de “pacote veneno” (Foto: Arquivo)

Três deputados federais de Mato Grosso do Sul – Bia Cavassa (PSDB), Dr. Luiz Ovando e Loester Trutis, ambos do PSL – votaram a favor do Projeto de Lei 6.299, de 2002, que flexibiliza os critérios de controle e legaliza a produção de agrotóxicos genéricos no Brasil. Quatro parlamentares foram contra o “pacote veneno”, como passou a ser chamado pelos ambientalistas e pela oposição.

Ler mais

Dagoberto, Vander e Beto derrubam veto e ressuscitam fundo eleitoral de R$ 5,7 bi

Fábio, Dr. Luiz Ovando, Loester e Rose votaram pela manutenção do veto e pelo fundo de R$ 2,1 bilhões nas eleições de 2022 (Foto: Arquivo)

Três dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul – Beto Pereira (PSDB), Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT) – ajudaram a derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) e voltaram a ressuscitar o Fundo Especial Eleitoral de R$ 5,7 bilhões para as eleições de 2022. Quatro deputados estaduais votaram pela manutenção do veto, o que significava o fundo de R$ 2,1 bilhões.

Ler mais

Turma do retrocesso: quatro deputados e Nelsinho aprovam “Orçamento Secreto”

Beto Pereira, Trutis e Dr. Luiz Ovando aprovaram o projeto do “Orçamento Secreto”, que libera gasto de R$ 16,9 bilhões e permite que deputado e senador fique oculto (Foto: Arquivo)

Sem garantir transparência dos gastos e um valor bilionário para as emendas do relator, o “Orçamento Secreto” foi aprovado pelo Congresso Nacional nesta segunda-feira (29). Da bancada sul-mato-grossense, quatro deputados – Beto Pereira e Bia Cavassa, do PSDB, Dr. Luiz Ovando e Loester Trutis, do PSL – e o senador Nelsinho Trad (PSD) votaram a favor do polêmico projeto, usado pelo parlamento para driblar o Supremo Tribunal Federal.

Ler mais

Rose e Dagoberto mudam e votam contra, mas PEC dos Precatórios é aprovada

Dagoberto e Rose mudaram de posição e votaram contra a proposta de Bolsonaro de adiar o pagamento dos precatórios para garantir o Auxílio Brasil (Foto: Arquivo/Correio do Estado)

Com o voto favorável de quatro dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul, a PEC dos Precatórios foi aprovada, na noite desta terça-feira (9), na Câmara dos Deputados. No entanto, Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB) e Vander Loubet (PT) votaram contra a proposta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que viabiliza a criação do programa Auxílio Brasil.

Ler mais

Dagoberto e mais quatro votam a favor de Bolsonaro na PEC dos Precatórios; só Fábio foi contra

Em momento raro, Dagoberto vota a favor de proposta de Bolsonaro e causa crise na campanha de Ciro Gomes (Foto: Divulgação)

Cinco deputados federais de Mato Grosso do Sul votaram a favor da PEC dos Precatórios, como ficou conhecido da Proposta de Emenda à Constituição 23/21 que viabiliza o pagamento do Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família no valor de R$ 400. A grande surpresa a favor do projeto de Jair Bolsonaro (sem partido) foi o voto de Dagoberto Nogueira (PDT), que acompanhou Bia Cavassa e Rose Modesto, do PSDB, Loester Trutis e Dr. Luiz Ovando, do PSL, sempre fiéis ao presidente.

Ler mais

Apesar do apoio de Bia, Dr. Ovando e Vander, Câmara rejeita “PEC da Vingança” contra MP

Bia Cavassa foi a única deputada do PSDB a votar a favor da PEC que ameaça a autonomia do Ministério Público (Foto: Arquivo)

O apoio de três dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul – Bia Cavassa (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PSL) e Vander Loubet (PT) – não foi suficiente para impedir a derrota da “PEC da Vingança”, como ficou conhecida a Emenda à Constituição que ampliava a interferência dos políticos no Ministério Público. Cinco parlamentares sul-mato-grossenses foram contra e ajudaram a impor uma derrota ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP).

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑